LITERATURA: NO CAMINHO DE SHIKOKU

 

‘O livro é uma contribuição para a comunidade, diz Paulo Kaneko

 

O Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil, localizado no nono andar do prédio do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), abriu suas portas na noite desta quinta-feira (24) para um público diferente. No caso, os visitantes eram os amigos do nikkei Paulo Kaneko, que estava lançando seu primeiro livro, “No Caminho de Shikoku”.

 

Autor Paulo Kaneko com a filha Paula Kaneko e com Rosa Yukiko Rocha. (foto: Aldo Shiguti)

 

Em noite de autografos, a fila saiu do nono e foi parar no oitavo andar do prédio do Bunkyo (foto: Aldo Shiguti)

A Noite de Autógrafos acabou se tornando num dos mais concorridos eventos já realizados na entidade. Para se ter uma ideia da quantidade de pessoas, a fila saiu da sala de exposições no nono andar, desceu as escadarias e foi parar no oitavo andar. E aguardavam com a mesma paciência que o autor autografava os livros – que às vezes vinham cinco de uma tacada só.

 

 

Até para quem está acostumado a cobrir eventos no Bunkyo, foi um acontecimento, no mínimo, diferente. Das pessoas “conhecidas”, que frequentam o local nessas ocasiões, estava o cônsul Tsuyoshi Narita (diretor geral do Departamento Consular de São Paulo) e representantes das entidades beneficiadas com a venda dos livros: Yassuragui Home (Jun Suzaki), Assistência Social Dom José Gaspar Ikoi-no-Sono (Reimei Yoshioka), Instituto Brasil-Japão de Integração Cultural e Social (Roberto Nishio), Associação Pró-Excepcionais Kodomo-no-Sono (Jose Taniguti) e Sociedade Beneficente Casa da Esperança “Kibô-no-Iê” (Tério Uehara), além de parceiros como o próprio Bunkyo e o Instituto Paulo Kobayashi, representado pelo fundador e presidente do Conselho, Victor Kobayashi.

 

O autor durante breve discurso, com as autoridades presentes (foto: Aldo Shiguti)

 

De resto, amigos, muitos amigos do autor. Dos tempos de bancário e de peregrinações. Entre os que foram levar seu abraço, estavam Geraldo e Alice – grandes responsáveis para que o projeto se concretizasse.

 

Kaneko com os amigos Geraldo e Alice (foto: Aldo Shiguti)

 

Em um rápido discurso, Paulo Kaneko lembrou os motivos que o encorajaram a levar o projeto adiante, como o fato de não encontrar quase nenhum material em português sobre a mística e milenar trilha dos 88 templo budistas, e  a vontade de deixar uma contribuição não só para a comunidade nikkei como também para a sociedade.

“Foram 54 dias de caminhada e cinco anos para escrever o livro”, resumiu o peregrino, destacando, porém, que “encontrar tantos amigos já teria valido a pena”.

 

“Foram 54 dias de caminhada e cinco anos para escrever o livro”, resumiu o peregrino (foto: Aldo Shiguti)

 

CBN – Paulo Kaneko e sua parcerira de caminhada, Marlene Mendonça, estiveram nos estúdios da CBN gravando uma entrevista com a Fabiola Cidral e Petria Chaves. O programa Caminhos Alternativos irá ao ar no sábado, dia 26/10, entre 9h às 11h.

 

 

Onde adquirir – Interessados em adquirir o livro No Caminho de Shikoku pode encontrar em contato com qualquer uma das cinco entidades beneficiadas:

Instituto Brasil-Japão de Integração Cultural e Social: Tel.: 11/3277-2208

Associação Pró-Excepcionais Kodomo-no-Sono: Tel.: 11/3208-3949

Sociedade Beneficente Casa da Esperança “Kibô-no-Iê: Tel.: 11/5904-0160

Yassuragui Home: Tel.: 11/2480-1788

Assistência Social Dom José Gaspar: Tel.: 3208-7248

 

(Aldo Shiguti)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

EXPOSIÇÃO: Artista Plástico Carlos Kubo faz aprese...   Londrina acaba de ganhar um ilustre e eminente morador: Carlos Kubo, artista plástico reconhecido e premiado internacionalmente. Após 52...
TÊNIS DE MESA: 2ª etapa da Taça Cidade Registro de...   2ª etapa da Taça Cidade Registro de Tênis de Mesa será dia 17 (foto: divulgação)   A Associação Registrense de Tênis de Mesa (Ar...
EVENTOS: 11ª edição do Nagui-Chá da Naguisa reúne ... A Associação Naguisa realizou no dia 27 de julho, o seu já tradicional chá beneficente, o Nagui-Chá, com a presença de cerca de 130 pessoas. A organiz...
COMUNIDADE/ELEIÇÕES 2014: Bunkyo e Gaimusho destac... Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) e Associação de Ex-Bolsistas do Gaimusho decidiram unir forças para a realiz...

5 Comments

  1. Parabéns amigo por mais essa conquista. Sinto não estar presente. Porém, vejo que o acontecimento foi marcante,com a presença de muitas pessoas e um discurso emocionante! Guarde um exemplar do livro para mim. Um abraço, Mirian

  2. Parabéns Sr. Paulo, espero que o sucesso da noite de autográfos se repita na venda de todos os exemplares publicados e que venham 2ª, 3ª, 4ª, etc, edições,
    Grande Abraço,

  3. Olá Bento, obrigado pela força…
    Um grande abraço.

  4. Jeronimo Jorge Cavalcante Silva says:

    Prezado Paulo Kaneko

    Como faço para adquirir seu livro.
    Sou do Brasil. Mais, no momento, moro na Espanha
    Estou querendo fazer o caminho de Shikoku

    Grande abraço ]
    Jeronimo Silva
    Meu email: jorgeazul53@gmail.com

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *