MATO GROSSO: 80 mil pessoas visitaram a 3ª Edição do Festival do Japão MT

 

A terceira edição do Festival do Japão MT se encerrou com sucesso de público e atrações. No último dia, domingo (08.09), por volta das 19h, era difícil circular entre as barracas tamanha quantidade de pessoas comprando objetos orientais e aproveitando para degustar a culinária japonesa. Enquanto isso, no palco, artistas de diversos estados do país apresentavam para a plateia – de maioria não oriental – um pouco sobre música, dança e artes marciais japonesa.

 

Terceira edição do Festival do Japão MT (foto: divulgação)

 

De acordo com o organizador do evento, Yuji Izawa, a estimativa de 80 mil pessoas durante os três dias do evento foi alcançada. Para ele, isso se deve ao apoio dos parceiros, como o Governo de Mato Grosso e mais de 100 patrocinadores que ajudaram a consolidar o evento no Estado. “Este ano tivemos mais oficinas e atrações culturais de todo o país. A cada edição aumentamos o número e a diversidade de barracas. Este ano trouxemos barraca de Okonomiyake, um prato tipicamente japonês, pouco conhecido no Brasil”, destacou Izawa.

 

A estimativa de 80 mil pessoas durante os três dias do evento foi alcançada, diz Yuji Izawa. (foto: divulgação)

 

Até quem estava de passagem por Cuiabá aproveitou o domingo para conferir o festival. Foi o caso de Rosana Dutra, 49, de Manaus, que se surpreendeu com o tamanho do evento. “Achei que fosse um evento mais restrito, mais voltado para a culinária japonesa. Não imaginei que atraísse tanta gente, com barracas de comida, vestuário e arte. É muito organizado”, comentou a manauara.

Atrações – A escolha da Miss Nikkey Mato Grosso 2014 foi uma das atrações mais esperadas do festival. No sábado (07), 13 meninas de descendência japonesa subiram ao palco para disputar o título, que ficou com a cuiabana Danielly Katsue Ito, 20, estudante de Direito. Para Yuji Izawa, organizador do festival, o fato da Miss 2013, Patricia Nagata, ter vencido o Miss Nikkey Brasil estimulou ainda mais a participação. “Foram aproximadamente 30 garotas inscritas. Tivemos que fazer uma seletiva para escolher as 13 candidatas”, explicou Izawa.

 

Bon Odori não poderia faltar no 3º Festival do Japão MT (foto: divulgação)

 

Karen Taira é outra menina que foi sucesso durante todo o Festival do Japão. Com apenas 11 anos, ela chamou a atenção do público tanto pelo potencial de sua voz quanto por seu currículo. A garota, que já passou por vários shows de calouros, começou a cantar em japonês com pouco mais de dois anos e agora faz apresentações por todo o país, principalmente em festivais do Japão. Em sua primeira passagem por Cuiabá, divertiu a plateia com músicas em japonês, português e inglês – especialmente de sua cantora favorita, Katy Perry.

Nos três dias de evento, os irmãos Mônica, 25, e Maurício, 27, Somenzari, cosplayers brasileiros, também atraíram os olhares curiosos do público pelas suas caracterizações. Ambos se inspiram em personagens de games e são bicampeões (2006 e 2011) no World Cosplay Summit, evento que escolhe os melhores cosplayers do mundo. Os irmãos apresentam o mundo do Cosplay em eventos de diversos estados, mas esta foi a primeira vez que passaram por Cuiabá. “Gostei muito do festival, o público foi muito receptivo”, avaliou Mônica.

 

Organização do evento (foto: divulgação)

 

‘Tanabata Matsuri’

O Terceiro Festival do Japão de Mato Grosso ‘Tanabata Matsuri’, aconteceu nos dias 6, 7 e 8 de setembro, no estacionamento do Pantanal Shopping,em Cuiabá. Aentrada sugerida pela organização foi a doação de um quilo de alimento não perecível e era solidária, ou seja, não obrigatória e a SETAS – Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social arrecadou junto com parceiros aproximadamente 15 toneladas de alimentos.

 

A programação contou também com as oficinas: Furoshiki (que ensina a técnica artesanal de embrulhar), Kirigami (permite a construção de recortar papéis), Animê (relata as histórias em quadrinhos japonesas), Oshibana (envolve a técnica de secagem de flores e folhas) e Washie (ensina a montar desenhos utilizando o papel artesanal japonês). As oficinas de tradição japonesa acontecem simultaneamente e as inscrições devem ser feitas no local durante todo o evento. Já nas oficinas gastronômicas coordenadas pelo SEBRAE-MT, os visitantes tiveram a oportunidade de aprender diversos pratos e técnicas da cultura oriental com peixes nativos.

O evento é uma realização do Governo do Estado de Mato Grosso e Prefeitura de Cuiabá, em parceria com a Associação Nipo Centro-Oeste do Brasil.

 

 

 Fotos: Impar Studio Fotografico

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

Cidades/Rio de Janeiro: Mostra “Japão: Um ano dep... A exposição “Japão: um ano depois do terremoto” continua em cartaz no Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro até 16 de maio. Co-realizada pelo Con...
COMUNIDADE: Nikkey Matsuri celebra 10 anos em novo... Considerado um dos principais eventos da comunidade nipo-brasileira na capital paulista, o Nikkey Matsuri comemora seu 10º aniversário em 2015. E a da...
CIDADES/MOGI DAS CRUZES: 27º Akimatsuri recebe cer... Realizado pela Associação Cultural de Mogi das Cruzes (Bunkyo), nos dias 13, 14 e 15, em seu Centro Esportivo, no bairro Porteira Preta, em Mogi das C...
COMUNIDADE: 5ª edição do JapanSul diversifica atra...   A União das Associações Culturais de Santo Amaro – entidade que reúne a Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Santo Amaro, Asso...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *