MAUÁ: Iwao Nakajima é homenageado com exposições

A cidade de Mauá, SP, faz uma dupla homenagem ao artista japonês Iwao Nakajima (1934/2011), que viveu por muitos anos em Embu das Artes e colaborou para que a cidade se tornasse conhecida como centro de cultura e arte. As pinturas em tela de Iwao Nakajima estão em exposição Modos de Ver, no Museu Barão de Mauá (Rua Dr. Getúlio Vargas, 276, Vila Guarani) e sua Arte Naif no Teatro Municipal (Rua Gabriel Marques, 353,Vila Noêmia).

A primeira mostra, no Museu, é uma retrospectiva de Iwao Nakajima e vai até 30/6, com visitação de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, e no sábado, das 9h às 15h. Já a segunda exposição, também até 30/6, pode ser visitada das 9 às 18h, de segunda a domingo. A entrada é gratuita.

 

Abertura das exposições em Mauá (foto: divulgação)

 

O artista – Iwao Nakajima nasceu em Guma, Japão, em 1934, Nakajima estudou pintura e desenho no Instituto de Pesquisa de Cerâmica e Porcelana de Nagoya, Japão. Em1956, chegou ao Brasil como técnico de pintura sobre esmalte, iniciando seu trabalho na fábrica de porcelana Monte Alegre, em São Caetano do Sul, onde permaneceu até 1958, fechamento da fábrica. Em 1961, visitou Mauá, onde comprou um terreno no bairro Feital para construir seu ateliê de pintura. Casou-se com Sumiko, entrou com suas pinturas sobre tela nos salões de arte de São Paulo, ganhou prêmios.

Só em 1975, Nakajima conheceu Embu das Artes, onde passou a mora em 1977. Neste período, viajou pelo País. A pintura naif é uma tradição em Embu das Artes e Iwao Nakajima, uma de suas principais expressões. Participou das últimas exposições Nikkei de Arte e Craft, do Festival da Cultura Japonesa, e neste ano será o artista homenageado dessa mostra.

Nakajima representou Embu das Artes na 10° Bienal Naifs do Brasil, em Piracicaba, em 2010. Recebeu em junho, da Câmara Municipal embuense, a Comenda de MéritoLegislativo Padre Belchior de Pontes, “pelos relevantes serviços prestados à comunidade embuence”. Em 2004, ele recebeu diversos prêmios, no 55º Salão da Paisagem, em São Paulo, no 63º Salão Livre da Associação Paulista de Belas Artes (APBA).Também foi premiado no Salão Comemorativo dos 450 anos de São Paulo e 44º Salão de Belas Artes, além de exposições em Nova York, nos Estados Unidos.

 

Abertura – A abertura das exposições de Nakajima em Mauá contaram com a presença da secretária de Cultura de Mauá, Eliana Henrique da Silva, da diretora do Museu Barão de Mauá, Luciana Sinhorelli Lopes, entre outros. De Embu das Artes estavam presentes vários artistas: Erica, Hiromi, Mario C. Ramos, Paulo Joia, Jaime Mendoza, Sílvia Maia, Rosely Tamashiro, Paulo Dud e o empresário Sadao Nagata. A viúva, Sumiko, doou o quadro Corpus Christi de Nakajima para o museu, no qual ele havia manifestado intenção de expor a sua arte, segundo Paulo Dud.

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

NOTÍCIAS DE LINS: NIKKEYS NA ACADEMIA LINENSE DE L... Na celebração dos cinco anos de sua existência, três nikkeys que fazem parte da instituição puderam se reunir. Um deles, Toshio Arimori, à dir...
ANIME: TV Cultura exibe essa semana animação japon...   A TV Cultura  tem apresentado de segunda a sexta-feira, às 17h30, desenhos animados infantis e educativos de diversos lugares do mundo. A em...
50º Festival de Música e Dança Folclórica Japonesa... Tradicional evento que reúne escolas, professores e seus alunos (individual ou em grupo) com a apresentação de diferentes atrações da chamada “arte de...
MANAUS: Exposição leva Cultura Pop Japonesa a Mana...   A mostra é aberta ao público e acontece no Palácio da Justiça do Amazonas   Depois de percorrer São Paulo, Curitiba e Recife, a exp...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *