MEIRY KAMIA: Empregabilidade em tempos de crise

 

Você chega exausto de um dia de trabalho, liga a televisão e as notícias são péssimas: inflação subindo, juros altos, desemprego chegando a 8%, empresas enxugando gastos, você com menor poder de compra, enfim, com tantas más notícias, é natural que o medo do desemprego comece a assombrar.

No idioma chinês, a palavra “Crise” é formada pelos ideogramas “perigo” e “oportunidade”. A sabedoria oriental aponta bem a dualidade de momentos como esses. Algumas pessoas conseguem enxergar esses momentos caóticos como sendo boas oportunidades para investir em si mesmas e crescerem, aproveitando as brechas do mercado, tornando-se cada vez mais desejáveis às empresas.

Empregabilidade, segundo Renato Lena, é a capacidade que o trabalhador tem de “conseguir novas oportunidades de trabalho, manter-se empregado e conseguir promoções, por meio de seus conhecimentos, habilidades e atitudes”. Aumentar a sua empregabilidade é garantir o melhor lugar mesmo em cenários negativos. Veja os oito passos para aumentar sua empregabilidade em tempos de crise:

  1. Mantenha a calma e planeje: em momentos de crise, o desespero só atrapalha, pois não te permite pensar e planejar. Pensamentos catastróficos causam ansiedade que, por sua vez, causam estresse. Foque no planejamento e nas oportunidades de crescimento e não nas más notícias que ouve na TV e nos corredores do seu trabalho. Não se permita contaminar com negativismos.
  2. Esteja disposto a cortar gastos: saber economizar e até mesmo cortar despesas supérfluas é algo lógico, mas não simples de se fazer. Algumas pessoas se acostumam tanto com um determinado padrão de vida que, quando precisam renunciar a alguns hábitos de consumo, sentem-se atingidos diretamente na autoestima. Não saber lidar com essa questão pode ser uma armadilha. Lembre-se que o seu valor não está no que possui e sim no que você é.
  3. Conheça a si mesmo: pergunte-se: se estivesse disputando uma vaga de emprego, quais seriam as qualidades que te diferenciariam dos demais concorrentes?; Se você fosse o dono da empresa, contrataria uma pessoa como você?; Sua trajetória profissional é interessante?; Você costuma entregar soluções ou tende a reclamar das situações?; quais pontos negativos precisam ser melhorados?
  4. Mantenha-se atualizado em relação ao seu mercado: o seu mercado de atuação está em expansão ou declínio? Consegue enxergar áreas pouco exploradas? Como estão suas competências para essas áreas promissoras? Invista em um segundo ou terceiro idioma.
  5. Seja multifuncional: as empresas necessitam profissionais que sejam especialistas e generalistas, ou seja, que entendam profundamente de uma área, mas que também consigam atuar em áreas diferentes.
  6. Mantenha bons relacionamentos: sorrir, ser educado, saber negociar, dialogar, comunicar ideias, são habilidades imprescindíveis para a empregabilidade, pois além de melhorar o rendimento do trabalho individual e o desempenho da equipe, pesquisas mostram que 70 a 80% das recolocações são realizadas por indicação. Portanto, use as habilidades sociais para manter a sua rede de relacionamentos sempre ativa. Cuidado para não procurar as pessoas apenas quando precisa delas.
  7. Marketing Pessoal: assim como qualquer produto, nós, enquanto profissionais, também temos que cuidar da “embalagem”, ou aparência, que envolve não só a roupa, como também a postura, o linguajar, o tom de voz, o sorriso, e outros aspectos que impactam na formação da imagem que as pessoas fazem de nós. Sem perceber vendemos a nós mesmos e as pessoas saem por aí fazendo a nossa “propaganda”, ou seja, falando “sobre nós”. Pergunte-se: o que as pessoas falam de você quando você não está presente? Você é uma pessoa confiável? Você efetivamente faz o que promete? Quais comportamentos de iniciativa você emite por dia? Quantas sugestões de melhoria você leva para sua empresa? Quantas vezes você se antecipa para solucionar algum problema?
  8. Seja adaptável: quanto mais rápido você conseguir se adaptar aos novos ambientes, situações e pessoas, maior será o seu grau de empregabilidade e menor será o seu estresse. Procure enxergar o lado positivo das situações, e ser menos crítico com as pessoas, isso o ajudará a se adaptar mais rapidamente.

 

resized_cabecalho_mmkt-reduzidomp

MEIRY KAMIA

MEIRY KAMIA

Palestrante, Psicóloga, Mestre em Administração de Empresas, Consultora Organizacional. Autora do livro “MOTIVAÇÃO SEM TRUQUES”. Também é ilusionista, premiada como melhor mágica feminina da América Latina, pela Federação Latino-Americana de Sociedades Mágicas. Desenvolve palestras motivacionais e treinamentos diferenciados, aliando Arte Mágica, Teatro e Psicologia.

Contatos: www.meirykamia.com; atendimento@meirykamia.com
MEIRY KAMIA

Últimos posts por MEIRY KAMIA (exibir todos)

    Related Post

    AKIRA SAITO: Acreditar em si mesmo   “O poder existe naquele que acredita em sua existência”     Muitas pessoas estão em suas vidas como peças coadjuvantes e sent...
    MUNDO VIRTUAL: O aplicativo Uber, os táxis e a dem... Embora em oportunidade recente eu já tenha abordado o debate envolvendo o aplicativo Uber, volto ao assunto em decorrência do projeto de lei 349/14, a...
    JORGE NAGAO: London Piadas   “O importante não é vencer, é ganhar a medalha de ouro”. (Michael Phelps)   Atletismo- corre, corre, e como sua. Vai lá que a medalha...
    ARTIGO: Por um mundo de inovações *Walter Ihoshi   O deputado federal Walter Ihoshi esteve em missão oficial aos EUA (Foto: divulgação) Entre o final de março e início d...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *