MEMAI: GASTRONOMIA | LÁ TAMBÉM TEM BOLO

 

por Lu Noguchi

 

Foto: http://www.rakuten.ne.jp

Pensei nos últimos dias sobre as receitas publicadas aqui no MEMAI  e verifiquei a inexistência de uma receita de bolo. Uma heresia desta chef patissier. Para sanar esta lacuna, e festejar meu otanjoubi, hoje conto um pouco mais sobre estas deliciosas massas. No Japão e no Brasil apreciar um bom bolo remete a ideia de aconchego tanto do estômago como da alma. Quem não tem recordações doces e cheirosas dos bolos de avós, mães e esposas perfumando a casa?

Poderia listar aqui, no mínimo, três receitas que fazem minhas papilas gustativas entrarem em ação.  Na passagem pelo Japão,  verifiquei um padrão interessante na confecção dos bolos – todos que provei, sem exceção, eram fofíssimos, extremamente macios e aerados, porém firmes, os chamados “chiffon cakes”( シフォンケーキ).  A estrutura destes bolos é diferente de outros,  pelo uso do óleo vegetal e não da manteiga e a ausência do fermento. A massa fica mais leve e saudável sem as coberturas e recheios. É um bolo para o dia a dia e cai bem com um infinidade de acompanhamentos.

 

Foto: http://www.e-nagasaki.com

Os japoneses apreciam muito a degustação dos bolos e outros itens da confeitaria internacional. Mais ao sul da ilha, especificadamente em Nagasaki, existe o Kasutera (カステラケーキ), um bolo muito parecido em sabor e textura ao pão de ló e é de inspiração portuguesa. Nagasaki recebeu imigrantes portugueses, comerciantes, no século XVI e este bolo é uma marca deste estrangeiros na cidade.

Enfim, estas delícias aconchegantes são perfeitas para a transição do outono para o rigoroso inverno japonês, acompanhadas de chá verde (緑茶). E perfeitos para reuniões em torno da mesa no verão brasileiro. E apaixonada por bolos e para a transição das estações, quero compartilhar uma receita do cupcake mais oriental que assei até hoje: Bolo de Gengibre ouShoogaa no Keeki. Não é um chiffon cake, minha especialidade são os cupcakes americanos, mas é tão macio e saboroso quanto o bolo japonês. Apreciem o shooga no keekii, de fácil preparo e sabor surpreendente!

Itadakimasu (いただきます)!

 

 

 

Lu Noguchi é é chef patissier da Lu Noguchi Cakes. Nutre desde a infância a paixão pela cultura e a gastronomia japonesas. Quando não está cozinhando, é pesquisadora na área de educação e políticas educacionais brasileiras

 

 

 

 

RECEITA: SHOOGAA NO KEEKI (ジンジャー の ケーキ)

 

Foto: Lu Noguchi

Ingredientes

  • 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 ½ xícara (chá) de açúcar
  • 1 gengibre médio moído(*)
  • 3 ovos
  • 1 xícara de óleo vegetal (milho, canola,girassol)
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 24 formas de papel para cupcake (tamanho padrão)
  • açúcar de confeiteiro para polvilhar
  • gengibre desidratado doce

Preparo

Inicie a receita processando o gengibre com um pouco do óleo (2 colheres de sopa) para que ele fique bem moído. Coloque em um liquidificador os ovos, o gengibre moído e o óleo. Bata por 5 minutos. Em uma travessa peneire a farinha de trigo e o açúcar, adicione aos poucos a mistura líquida e mexa bem até formar uma massa homogênea. Acrescente o fermento e incorpore bem, um segredo para a massa ficar fofa é a quantidade de bolhas após a incorporação do fermento. Se tiver poucas bolhas mexa mais um pouco. Pré aquecer o forno em temperatura média (180ºC) por 10 minutos.

Neste tempo disponha as formas para cupcakes em uma forma com furos própria para assar estes bolinhos (metal ou silicone). Coloque em cada forminha uma colher de sopa cheia da massa. Não ultrapasse a metade para a massa não transbordar das forminhas. Asse em forno médio por 20 minutos ou até a superfície estar dourada.

Retire da forma de metal/ silicone e deixe esfriar. Polvilhe o açúcar de confeiteiro sobre a superfície do cupcake e decore com o gengibre desidratado.

(*)Sugiro a utilização de gengibres novos para o preparo do bolo, as raízes mais velhas são fibrosas e quando moídas não se desfazem deixando uma sensação desagradável no paladar. É possível adicionar mais gengibre sem alterar o resultado final, porém o sabor picante ficará mais pronunciado na massa.

Rendimento: 24 cupcakes

 

fonte: 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

SÃO PAULO: Barraca Kyoto vence concurso do melhor ...   A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Coordenação das Subprefeituras, promoveu nesta segunda-feira (27), na Praça C...
BENEFICENTE: Sukiyaki do Bem chega a sua 10ª ediçã... Um dos mais renomados eventos, o jantar beneficente, “Sukiyaki do Bem - 2016”, chega a sua 10ª edição no próximo dia 9, a partir das 20h, no Tivoli Sã...
GASTRONOMIA: SHUNDI KOBAYASHI COMANDA COZINHA DO D... Além de ser um restaurante japonês inovador, com serviço diferenciado, o Restaurante Djapa ganha um reforço de peso, o renomado sushiman Shundi Kobaya...
CULINÁRIA JAPONESA: ABGJ busca preservar as raízes... Com o objetivo de “preservar as raízes da milenar culinária japonesa, evitando assim a descaracterização de suas origens e consequentemente a perda de...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *