MEMAI: Mostra da Nikkatsu em Curitiba

 

Em 1912, quatro grandes empresas do setor cinematográfico do Japão de então se uniram para formar a “Nihon Katsudou Syashin Kabushi Kaisha”, a empresa de produção e divulgação de filmes mais antiga do Japão, conhecida como “Nikkatsu” em abreviação.

 

Cena de Kokoro, de Kon Ichikawa

 

A Nikkatsu sobreviveu a épocas conturbadas como o Grande Terremoto de Kanto, a Guerra do Pacífico (a segunda guerra mundial) e o pós-guerra. Em um século produziu mais de 7000 filmes, lançou atores e diretores que tiveram seus nomes marcados para sempre na história do cinema japonês.

A Nikkatsu realizou poucos filmes sobre samurai e dramas épicos, mas em 1960 decidiu investir seus recursos para produzir dramas urbanos  envolvendo jovens, comédias, filmes de ação e de gângsters. De  1950 a 1971 eram reconhecidos pelos grandes orçamentos para filmes de ação planejados para o público jovem.   A produtora foi a responsável pelo lançamento dos diretores da nouvelle vague japonesa : Shohei Imamura, Ko Nakahira e Seijin Suzuki.  Empregou astros como  Yujiro Ishihara, Akira Kobayashi, Joe Shishido, Tetsuya Watari, Ruriko Asaoka, Chieko Matsubara,  Meiko Kaji e  Tatsuya Fuji.

 

PROGRAMAÇÃO

01/03 sexta-feira

16:00h   Megane (Óculos)  – Diretor / Roteiro: Naoko Ogigami

19 :00h  Arashi wo Yobu Otoko (O homem que chama tempestades) – Diretor: Umetsugu Inoue

 

02/03 sábado

16:00h   Nihon Retto (Ilhas do Japão) – Diretor: Kei Kumai

19:00h   Ashita no Watashi no Tsukuri Kata (Como me tornar eu mesma) – Diretor: Jun Ichikawa

 

03/03 domingo

16:00h   Gaityu (Inseto)- Diretor: Akihiko Shiota

19:00h   Taiheiyo Hitori Bocchi (Sozinho no Oceano) – Diretor: Kon Ichikawa

 

04/03 segunda-feira

16 :00h   Jibun no Ana no Naka de (Dentro do seu próprio buraco) – Diretor: Tomu Uchida

19:00h   Hyakuman Yen to Nigamushi Onna (A garota de 1 milhão de Ienes) – Diretor / Roteiro: Yuki Tanada

 

05/03 terça-feira

16:00h   Ketto Takadanobaba( Duelo em Takadanobaba) – Hiroshi Inagaki e Masahiro Makino

19:00h   Kokoro (Coração) – Diretor: Kon Ichikawa

 

06/03 quarta-feira

16:00h   Nihon Retto ( Ilhas do Japão) – Diretor: Kei Kumai

19:00h   Gaityu (Inseto) – Diretor: Akihiko Shiota

 

07/03 quinta-feira

16:00h   Ashita no Watashi no Tsukuri Kata (Como me tornar eu mesma) – Diretor: Jun Ichikawa

19:00h   Arashi wo Yobu Otoko (O homem que chama tempestades)- Diretor: Umetsugu Inoue

 

08/03 sexta-feira

16:00h   Taiheiyo Hitori Bocchi (Sozinho no Oceano ) –  Diretor: Kon Ichikawa

19:00h   Jibun no Ana no Naka de (Dentro do seu próprio buraco)  – Diretor: Tomu Uchida

 

09/03 sábado

16:00h   Kokoro (Coração)- Diretor: Kon Ichikawa

19:00h   Megane (Óculos) – Diretor / Roteiro: Naoko Ogigami

 

10/03 domingo

16:00h   Hyakuman Yen to Nigamushi Onna (A garota de 1 milhão de Ienes)

19:00h   Ketto Takadanobaba (Duelo em Takadanobaba)

 

Sinopses dos filmes disponível aqui.

 

SERVIÇO

MOSTRA DE CINEMA JAPONÊS 100 anos Produtora Nikkatsu

Quando: De 1 a 10 de março de 2013

Onde: Cinemateca de Curitiba

Rua Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco

(41) 3321-3252 / (41) 3321-3270

Todos os filmes serão exibidos em japonês com legendas em português.

 

 

Fonte: 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

CANTO DO BACURI – Mari Satake: I wish   Por aqui, O que eu mais desejo. É o mais novo filme de Hirokazu Kore-eda em cartaz na cidade, desde a última sexta-feira. O filme con...
JORGE NAGAO: Yudi dançou no Rock in Rio   O Rock in Rio, apesar do enorme sucesso, virou piada mundial quando se transferiu para Lisboa e depois Madri. Imagina um Rock in Rio Tóquio?...
SILVIO SANO: AH!. OS ROLEZINHOS… E NÓS!   Pois é caro leitor, demorei, mas não me esqueci, não, até porque os rolezinhos, assim como a farra geral neste país continuará firme e forte...
TAIKÔ: Matsuri Daiko de Vila Carrão promove o 2º M... O Ryukyu Koku Matsuri Daiko, grupo de taiko do estilo de Okinawa, realizará o segundo Matsuri Day, festa em prol às festividades em comemoração aos 18...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *