MODA INCLUSIVA: Estudante de moda nikkei fica em 3º em concurso

 

Os estudantes de moda João Paulo da Silva e Carolina Inoue, de São Paulo, conquistaram o segundo e terceiro lugar, respectivamente, da 4ª edição do Concurso Moda Inclusiva. João Paulo apresentou trabalhos voltados às crianças com mobilidade reduzida com peças inspiradas na cultura Geek, gíria que define pessoas obcecadas por jogos e tecnologia.

 

O Concurso Moda Inclusiva é uma iniciativa da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (foto: divulgação)

 

Os dois looks apresentados por João são compostos por óculos com armações grossas, gravatas borboletas, suéteres, suspensórios, cardigãs, All Star, calça slim e capuz. As roupas foram produzidas de formas funcionais com elástico na cintura e botões e velcro para facilitar na hora de se vestir e despir.

Já a estudante Carolina Inoue participou do desfile com dois looks inspirados na escultura grega “Vitória de Samotrácia”. O vestido criado para cadeirantes conta com um sistema na saia interna que facilita o vestir e é sobreposto por lenços de chifon, que também compõem a parte superior drapeada. Já o segundo modelo, produzido para pessoas com os membros superiores amputados, é um macacão frente única fácil de vestir sem o auxílio das mãos, é maleável e ajusta-se bem ao corpo.

 

A estudante Carolina Inoue participou do desfile com dois looks inspirados na escultura grega “Vitória de Samotrácia” (foto: divulgação)

 

O Concurso Moda Inclusiva é uma iniciativa da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e recebeu inscrições de diversos estados. Os trabalhos foram desenvolvidos por estudantes e profissionais de moda de todo o país. O desfile e a premiação aconteceram no Museu Brasileiro da Escultura, na capital paulista.

Para mais informações, acesse o site http://modainclusiva.sedpcd.sp.gov.br.

O Brasil tem hoje cerca de 45 milhões de pessoas com deficiência. Somente no Estado de São Paulo, esse contingente ultrapassa 9 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Há um mercado potencial enorme de produtos e serviços para atender as demandas específicas desse segmento.

 

 

 

 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

CULTURA: 10º Okinawa Festival supera expectativas ...   Dança Folclórica de Okinawa (foto: Aldo Shiguti)   A décima edição do Okinawa, realizada neste sábado e domingo (15 e 16), no Cl...
JOJOSCOPE: Tatewaki Nio: Um novo olhar abaixo do c...   Acima Só o Céu é o título da nova exposição de fotografias de Tatewaki Nio. De fato, o olhar de Nio se concentra na Terra, mais especificament...
MEMAI: MANABU MABE EM COLEÇÃO DA FOLHA   Capa da edição Manabu Mabe da Coleção Folha . Imagem: divulgação. O pintor Manabu Mabe é o tema da edição 13 da Coleção Folha Grande Pin...
CULTURA: SABERES DO JAPÃO LEVA CULTURA JAPONESA À ... Aprender a fazer origami (dobraduras em papel e tecido), pintar o sete com tinta sumi, técnica milenar japonesa, e aprender as técnicas do caratê no e...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *