MOGI DAS CRUZES: 4ª edição do Bunkyo Rural aconteceu na sede da Associação dos Agricultores de Cocuera

 

Em dois dias de evento, a 4ª edição do Bunkyo Rural aconteceu na sede da Associação dos Agricultores de Cocuera (Estrada Mogi-Salesópolis, Km 9,5 – Bairro Cocuera) em Mogi das Cruzes, interior paulista, organizado pela Sociedade Brasileira da Cultura Japonesa e de Assistência Social, Associação Cultural de Mogi das Cruzes e Associação dos Bolsistas da JICA – ABJICA/São Paulo, com o apoio da Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes e do Sindicato Rural de Mogi das Cruzes. Os engenheiros agrônomos Isidoro Yamanaka, que atuou no Ministério da Agricultura, abordaram as questões referentes a Associativismo; Hélio Nishimoto, consultor técnico de frutas, legumes e verduras no Grupo Pão de Açúcar, falou sobre a Comercialização de Produtos e Carlos Henrique Augusto, professor na Fatec Shunji Nishimura, apresentou uma nova visão em gestão agrícola com a Agricultura de Precisão.

 

4ª edição do Bunkyo Rural (foto: Luci Judice Yizima)

 

No novo Código Florestal (APP, Reserva Legal e Cadastramento Ambiental Rural), apresentado pelo biólogo Renato Nunes, diretor do Núcleo Regional da Região Metropolitana da Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais – Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, e o deputado Junji Abe, membro da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural na Câmara dos Deputados também foi um dos palestrantes.

Para engenheiro agrônomo Isidoro Yamanaka defende a ideia de que o associativismo pode e deve ajudar o agricultor. “Sozinho, o pequeno agricultor não tem poder de negociação e nem será atendido pelas autoridades, mas em grupo, a força é bem maior”, explica. “Atualmente, o agricultor investe e cultiva, e depois, vai tentar vender, só que muitas vezes, o preço acaba não compensando. Seria melhor se ele não tivesse plantado aquele determinado produto. Esse modelo de negócio é arriscado demais para o produtor. Primeiro, deveria procurar o comprador, saber o quanto ele precisa de um produto, firmar o quanto ele pagará, e aí ver o quanto precisa ser produzido”, destaca Isidoro.

O engenheiro agrônomo Kunio Nagai explica sobre a produção de alimentos saudáveis. “A missão do agricultor é o de produzir alimentos saudáveis, seguros e saborosos”, afirma. “Atualmente, a agricultura atravessa uma situação bastante difícil, provocando grande êxodo rural, e como conseqüência graves problemas sociais nos grandes centros urbanos. Há necessidade de se reverem os fundamentos da agricultura, pois o sistema atual causa problemas de difícil solução aos produtores, tornando esta atividade insustentável economicamente, além de comprometer o meio ambiente e a saúde do consumidor”, adverte o especialista Kunio Nagai.

 

 

 

Visitas técnicas

O agrônomo Takanoli Tokunaga que orientou sobre a cultura de atemóia (foto: Luci Judice Yizima)

 

Na ocasião foi proporcionado aos participantes da 4ª edição do Bunkyo Rural visitas a um produtor que trabalha com uma grande variedade de hortaliças e que comercializa diretamente para os feirantes. A visita a um produtor que produz tomate-cereja e hortaliças, e fornece diretamente para supermercados. Também a visita a um produtor de nêspera e atemóia. Esse grupo teve o acompanhamento do agrônomo Takanoli Tokunaga que orientou sobre a cultura de atemóia. O destaque foi a visita ao fungicultor que produz Shimeji, Eryngui, Shiitake, Portobello, Champignon, Nemko e Enoki. O Grupo Urakami é o maior produtor de Shimeji da América Latina, além de fornecer outras seis variedades de cogumelos comestíveis ao mercado brasileiro. O grupo produz cerca de 55 toneladas por mês.

 

 

(Luci Judice Yizima)

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

COMUNIDADE: Aos 60 anos, Associação Okinawa Vila C... A Associação Okinawa Vila Carrão comemorou seu 60º aniversário de fundação em grande estilo. A cerimônia, realizada no último dia 20, em sua sede, na ...
ESPETÁCULO: Maestro João Carlos Martins e Camerata... O concerto, uma homenagem a Heitor Villa-Lobos, acontece no dia 02 de dezembro, no Teatro FECAP O maestro João Carlos Martins, um dos nomes mais resp...
RIO DE JANEIRO: Boas Vindas ao embaixador do Japão...   O embaixador do Japão Kunio Umeda foi saudado com fortes aplausos pela comunidade do Estado do Rio de Janeiro à sua chegada na sede da Assoc...
109 ANOS DA IMIGRAÇÃO/ESPECIAL: Sessão Solene na C... Como acontece desde 2013, políticos nikkeis se unem mais uma vez para celebrar os 109 Anos da Imigração Japonesa no Brasil. Realizado em conjunto pelo...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *