MUSICA: A cantora Sabrina Helsh retorna ao Brasil para turnê

 

A brasileira Sabrina Hellshmeister Shikasho de 33 anos, mais conhecida como Sabrina Hellsh retorna ao Brasil para uma turnê. A cantora ganhou um carro e percorreu toda a ilha do Sol Nascente com repertório bem diversificado, entre MPB, samba e música internacional. Participou de vários festivais viajando pelas províncias japonesas, como Hokkaido, Kobi e Okinawa.

 

Sabrina Hellsh retorna ao Brasil para uma turnê (FOTO: Luci Judice Yizima)

 

A interprete Sabrina Helsh conta as participações nos festivais musicais no Japão. “O meu grande diferencial dos outros participantes brasileiros, é que eu falo fluentemente japonês. A maior curiosidade dos japoneses era saber como era o Brasil fora da televisão e desmistificar os estereótipos”, diz. “Participei do Earth Celebration onde cantei World Music e musicas japonesas no estilo kayoukyoku. Também fiz uma participação no Bossa Aoyama, foi muito interessante”, confessa Helsh.

“Em Okinawa conheceu um grupo de percussão de Taiwan. Em Miyakojima (pequena ilha em Okinawa) conheceu Damião Gomes de Souza, um músico brasileiro muito conceituado na ilha, com quem fez show”, completa Sabrina.

 

Sabrina Helsh percorreu toda a ilha do Sol Nascente com repertório bem diversificado, entre MPB, samba e música internacional (foto: Luci Judice Yizima)

 

Para finalizar, a cantora revela que ficou conhecida no Japão como “Sabutchan” pela dificuldade dos japoneses em pronunciar seu nome. Na província de Kobi onde fez um ‘pocket show’ com mostras fotográficas dos lugares onde passeou pelo Japão.  Agora a cantora pretende ficar um ano e meio no Brasil. Quem tiver interesse em contratar a cantora pode ligar no celular (11) 95464-5264 (Operadora Tim) ou e-mail sabrina.hellsh@gmail.com.

 (Luci Júdice Yizima)

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

MOSTRA DE CINEMA NAGISA OSHIMA A mostra traz uma seleção panorâmica da obra do controverso cineasta japonês: seus primeiros filmes da década dos anos 1950 e 60, grandes clássicos co...
COPA DO MUNDO: Para Lopes, seleção japonesa jogou ...   Não adiantou a torcida. A seleção japonesa se despediu da Copa do Mundo de forma melancólica. A goleada por4 a1 diante da Colômbia apenas co...
COMUNIDADE: Cafelândia celebra 100 anos da Colônia... A Associação Cultural Agrícola e Esportiva Hirano comemora neste domingo (2) o Centenário da Colônia Hirano em sua sede, em Cafelândia, no interior pa...
BEISEBOL: Atibaia, Mogi e GECEBS garantem vaga nas... Nippon Blue Jays se classifica se vencer seu jogo na última rodada da fase de classificação Faltando uma rodada para o encerramento da fase de classi...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *