MÚSICA: Mariana Suzuke quer conquistar seu espaço no cenário musical

 

Mariana quer seguir carreira como cantora (foto: Arquivo Pessoal)

Quem vê Mariana Suzuke (assim, como “e”, mesmo), dificilmente poderia imaginar que aquela jovem de aparência angelical é dona de um tremendo vozeirão. Foi assim que ela encantou a plateia que compareceu à 35ª Festa do Verde “Kibô-No-Iê”, realizada em setembro, em Itaquaquecetuba (SP), em sua última mais recente apresentação em eventos da comunidade nipo-brasileira.

E é com essa mistura que essa descendente de italianos e japoneses quer conquistar seu espaço no concorrido mercado fonográfico. Para isso, se aliou ao produtor musical Beto Silva, que já trabalhou com o cantor nikkei Mauricio Miya.

“A ideia é lançarmos um material de trabalho no início do próximo ano”, antecipa Beto Silva, revelando que o repertório terá músicas japonesas, muita MPB e também umas pitadas de black music.

“Exceto sertanejo”, apressa-seem dizer Mariana, que nasceu em Dourados (MS) e desde 2011 mora na capital paulista com o irmão mais velho. E não é só o repertório que a bela pretende ampliar.

(foto: Arquivo Pessoal)

Aos 19 anos, Mariana acha que é o momento de alçar voo também fora da comunidade nikkei, mas sem esquecer suas raízes. “Meu sonho é conhecer o Japão, me profissionalizar, mas para isso tenho que seguir outros caminhos”, conta a jovem, que, na música japonesa prefere o estilo enka e se diz fã da cantora Shimazu Aya e também aprendeu a gostar de Misora Hibari. Entre as intérpretes brasileiras, admira Elis Regina, Maria Rita e Sandra de Sá.

Segundo ela, a paixão pela música teve início aos oito anos de idade. “Aprendi a cantar antes de começar a ler”, diz Mariana, que teve aulas com o professor Isao Fusazaki, de Marília, mas que todos os meses ia para Dourados.

Na sua terra natal, Mariana tornou-se uma espécie de “representante oficial” de Dourados nos concursos promovidos pela Abrac (Associação Brasileira de Canção). O início foi nos taikais regionais. Depois vieram os estaduais e finalmente os nacionais. Na categoria Tibiko, foi campeã brasileira e conquistou ainda um segundo lugar e um terceiro. Em 2008, ano das comemorações do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, Mariana ficou em primeiro lugar na categoria Tibiko “A” na 23ª edição do Concurso Brasileiro de Canção Japonesa realizado pela Abracem Campo Grande.

 

Mariana Suzuke na 35ª Festa do Verde Kibo-No-Iê (foto: Aldo Shiguti)

 

Prêmio – “Participei dos concursos da Abrac até 2009”, lembra Mariana, explicando que parou justamente porque tinha que esperar um ano para poder fazer o que mais gosta. Veio para a capital paulista para concluir os estudos e também tentar se aprimorar. Formou-se em balé e entrou para o Conservatório Souza Lima. Começou a cantar em eventos, como a Festa das Cerejeiras e agora espera uma oportunidade para poder brilhar. “Meu objetivo, agora, é seguir a carreira de cantora”, diz Mariana, que recentemente foi homenageada pela Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul com a entrega da “Medalha Tom do Pantanal – Arara Azul”, numa iniciativa da deputada estadual Dione Hashioka aos músicos sul-mato-grossenses que se destacaram pelo talento e divulgação do Estado não só no Brasil como também no Exterior.

Mais informações sobre Mariana Suzuke podem ser obtidas com Beto Silva Produções pelo telefone: 11/9 8923-0558.

 

==================================================================================

 

RAIO-X

 

Nome completo: Mariana Suzuke Pimenta dos Reis

Idade: 19 anos

Local de nascimento: Dourados (MS)

Pais: Airton e Marcia

Formação: Estudando música

Fala outros idiomas? Quais? Inglês e curso espanhol

Hobby: Comprar DVDs musicais e ir ao cinema

Comida: Temaki

Programa de televisão: Seriado “The Mentalist”

Filme inesquecível: Intocáveis

Ator ou atriz: Meryl Streep

País que gostaria de conhecer: Espanha

Uma música: Dream a little dream of me, Ella Fitzgerald e Louis Armstrong

Um cantor: Stevie Wonder

Uma cantora: Maria Rita

Ídolo: Beyoncé

Viagem inesquecível: Londres

Um sonho: Construir uma carreira musical sólida

Música japonesa ou brasileira?: Atualmente trabalhando em uma direção voltada à música popular brasileira

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

INFORME PUBLICITÁRIO: Hatiro Shimomoto com o imper... A maior honra na vida do ex-deputado estadual, Hatiro Shimomoto, foi ter sido homenageado pelo Governo de Wakayama. Além de ter sido recepcionado como...
VISITA DE SHINZO ABE AO BRASIL: Primeiro-ministro ...   A partir desta sexta-feira (25), o primeiro-ministro Shinzo Abe realiza sua primeira visita oficial à América Latina, envolvendo cinco paíse...
ESPETÁCULO DE DANÇAS DE RYUKYU – CAMPO GRANDE/MS... Campo Grande sediará uma apresentação inédita com 18 artistas vindos diretamente do Japão, em comemoração aos 120 anos do Tratado de Amizade Brasil-Ja...
FOTOS: Onitsuka Tiger promove ateliê artístico no ... Oficinas artísticas serão ministradas pelos artistas Luisa Matsushita, Atsuo Nakagawa, Felipe Suzuki e Titi Freak na comunidade no final de julho S...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *