MUSICA: Versátil, Mariana Suzuke lança CD em japonês e mira novo projeto

 

 

Aos 20 anos, Mariana Suzuke Pimenta dos Res, ou simplesmente Mariana Suzuke, acaba de lançar seu primeiro CD com músicas japonesas. “Taiki Bansei”, o seu álbum de estreia, traz sete composições em que Mariana passeia por ritmos como o enka, romântico e pop. Todas conhecidas pelo grande público: “For You”, “Jonkara Onna Bushi”; “Kanshajou”; “Mukashi”; “Musumeni”; “Omatsuri Mambo”; e “Taiki Bansei”.

“São melodias que cantava desde pequena e que fizeram parte da minha trajetória até aqui”, explica Mariana, que será uma das atrações do 17º Festival do Japão, que acontece neste fim de semana (4, 5 e 6), no Imigrantes Exhibition & Convention Center (ex-Centro de Exposição Imigrantes), na zona Sul de São Paulo.

 

Mariana lança CD com músicas japonesas e mira novo projeto (foto: divulgação)

 

Mariana Suzuke se apresentará no palco principal do evento no domingo (6), por volta das 12h50, no Kizuna Project – projeto musical nipo-brasileiro que reúne 12 cantores nikkeis. Idealizado por Rosa Matsushita e coordenado por Ricardo Nakase, o projeto conta com os cantores Bruno Maessaka, Edson Saito, Elio Fujita, Joe Hirata, Kaori Kanegawa, Karen Ito, Karen Taira, Mariana Suzuke, Ricardo Nakase, Ryu Murakami (Jackson), Takeshi Nishimura e Teddy Shigueyama. Juntos, eles interpretarão uma canção japonesa – “Sekai ni kitotsu dake no hana”, do grupo Smap, e “O que é, o que é” (Gonzaguinha).

Às 13h40, Mariana Suzuke se apresentará no Palco Cultural, com banda, e às 15h15, retorna ao Palco Principal do Festival do Japão para uma apresentação solo. A cantora, que vem colecionando uma legião cada vez maior de admiradores, promete surpreender o público que estiver no Palco Cultural. Com a mesma desenvoltura que interpreta músicas japonesas, Mariana Suzuke pretende mostrar um repertório genuinamente brasileiro, composto de MPB, de Lenine e Gonzaguinha, além de sambas autorais.

“Cantar samba é meu projeto mais ambicioso”, diz Mariana, cuja carreira está sendo cuidadosamente trabalhada por seu produtor, Beto Silva, que já trabalhou com outro cantor nikkei, Mauricio Miya.

Segundo Silva, a “transição” da música japonesa para a brasileira será gradual e “não significa, de forma alguma, uma ruptura”. “Até porque o retorno tem sido bastante positivo”, conta o produtor, lembrando que o CD estará sendo vendido no Festival do Japão.

Natural de Dourados (MS), Mariana explica que a música brasileira sempre esteve presente em seu repertório. “Cantar música brasileira exige uma técnica diferente já que a música japonesa exige mais vibração”, compara a cantora, que é fã da cantora japonesa Aya Shimazu e entre as intérpretes brasileiras admira Elis Regina, Sandra de Sá e Maria Rita.

 

Apoio – Em São Paulo há cinco anos, onde veio aprimorar sua técnica e “ter mais oportunidade”, Mariana espera repetir o mesmo sucesso que teve no início de sua carreira. Apesar de sua pouca idade, coleciona títulos como o de campeã brasileira na categoria tibiko “A” na 23ª edição do Concurso Brasileiro de Canção Japonesa realizado pela Abrac (Associação Brasileira de Canção) em Campo Grande (MS), em 2008, ano das comemorações do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil.

Dona de uma beleza típica de cruzamentos abençoados por esta terra – no caso dela de italianos e japoneses – Mariana Suzuke ganhou um apoio importante. Sua mãe, Márcia, faz questão de acompanhar de perto a carreira da filha. E não se incomoda em dividir seu tempo entre Dourados e São Paulo. No último final de semana por exemplo, Márcia podia ser vista vencendo CDs da filha ao lado do palco do 18º Festival das Cerejeiras Bunkyos, em São Roque, enquanto Mariana cantava. “Eu sempre a incentivei, desde que ela era pequena”, conta Márcia, garantindo que nunca se aventurou cantar, nem mesmo em karaokês.

(Aldo Shiguti)

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

SAA HAJIMEYOU”: CANTORA MARIKO NAKAHIRA COORDENA E... As palavras de ordem são “união de todos” e “preservação do legado da cultura japonesa”. E foram elas que inspiraram a cantora Mariko Nakahira, que ne...
ESPETÁCULO: ‘En’ reúne apresentações tradicionais ... O Instituto Enlaço promove no próximo dia 30, no Teatro Fecap, no bairro da Liberdade, em São Paulo, o espetáculo “En – laços de amizade”, com a parti...
VISITA – No último dia 16, o deputado estadual Ped... VISITA – No último dia 16, o deputado estadual Pedro Kaká (PTN) fez uma visita de cortesia ao cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae. Al...
SUZANO: Prefeito Rodrigo Ashiuchi proíbe soltar pi... O prefeito de Suzano(SP), Rodrigo Ashiuchi, determinou no último dia 26, a proibição do manuseio de pipas no Parque Municipal “Max Feffer”.  A ação fo...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *