NAGUISA: Programa Arukokai realiza caminhada em Guararema

O grupo de caminhada do Programa Arukokai Naguisa (PAN) realizou no dia 28 de setembro, uma caminhada entre a Estação Luís Carlos até a cidade de Guararema (distante cerca de 90 km da Capital). O percurso, de aproximadamente de 9 km, foi feito inteiramente ao longo dos trilhos de trem que liga as duas localidades.

 

A praça da cidade, com a igreja de São Lourenço. Foto: Jorge Mori

 

De acordo com os pareticipantes a caminhada é fácil, pela trilha existente, ao lado da linha férrea, num percurso plano e distância relativamente curta, passando no meio da mata.

 

A entrada do Parque da Pedra Montada em Guararema. Foto: Jorge Mori

 

Luíz Carlos é um distrito de Guararema e pode-se dizer que é um lugar cinematográfico, depois que passou por uma restauração, concluída em 2012.

 

Estação de Luís Carlos (a partir da esq) Isaura, Mitsuru e Clara. Foto: Jorge Mori

 

Antes um lugar abandonado e construções depredadas, hoje é um local turístico, com muitas opções de gastronomia e comércio e tem ainda uma outra atração: a Maria Fumaça que faz um passeio de Guararema até Luís Carlos, nos fins de semana.

 

A locomotiva 353, chamada também de “A Velha Senhora”. Foto: Jorge Mori

 

As casas pintadas de várias cores, as ruas limpas e calçadas com paralelepípedos, preservando as características originais da vila, é difícil não se encantar com a visão que a localidade oferece.

 

Tatsuo, Ines, Rosinha, Mieko, Julia, Isaura, Clara e Mitsuru. Foto: Jorge Mori

 

Luís Carlos vem do nome de Luís Carlos da Fonseca Monteiro de Barros, antigo chefe da Estação da Central do Brasil e escritor.

 

Andando ao longo dos trilhos. Foto: Jorge Mori

 

A vila serviu de cenário para filmes de Mazaroppi e novela da Globo.

 

O tubarão de pedra, no Parque da Pedra Montada. Foto: Jorge Mori

 

Guararema é uma cidade que também oferece atrações como o Parque da Pedra Montada e Ilha Grande, além de muitas opções gastronômicas, como o Mirante do Paraíba que fica às margens do Rio Paraíba, com mesas num deck e frutos do mar. Existe até um lugar com quiosques para a fila de espera. Segundo os participantes, o lugar é muito agradável e a comida boa e variada.

 

Sentados à beira da estrada de ferro: Inês, Rosinha, Tatsuo, Isaura, Júlia, Mieko, Clara e Miotsuru. Foto: Jorge Mori

 

Um agradável almoço no Restaurante Mirante do Paraíba. Foto: Jorge Mori

 

Related Post

REGISTRO/ESPECIAL: Em sua 60ª edição, Tooro Nagash... No ano em que completa 60 anos de existência, o Tooro Nagashi de Registro, o mais tradicional do país, volta suas atenções para suas raízes. Pelo meno...
LITERATURA: Prêmio Literário Nikkei 2014 terá home... A Comissão de Atividades Literárias do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) realizado no sábado (22),  a Cerimôni...
AKIMATSURI: Jovem de Poá é eleita a ‘Miss Akimatsu... A jovem estudante Carolina Rodrigues Mutou, de 16 anos, moradora de Poá, no Alto Tietê, é a “Miss Akimatsuri 2016”. O título foi concedido na noite do...
RIO DE JANEIRO: 15ª Festa do Japão divulga cultura... Desde ano passado inserida no calendário oficial da cidade, a 15ª Festa do Japão RJ foi realizada este ano nos dias 27 e 28 de agosto, no Parque do Fl...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *