NEGÓCIOS: Governador do AP se reúne com empresários japoneses em SP

O governador do Amapá (AP), Waldez Góes (PDT), esteve em São Paulo no último dia 18 com a missão de apresentar a empresários e industriais novos negócios a possíveis investidores sobre os recentes avanços do Estado, suas riquezas em recursos naturais e as novas oportunidades de investimento na Zona Franca Verde cuja regulamentação foi aprovada no final 2015.

 

O governador do Amapá (ao lado do cônsul Takahiro Nakamae) no almço na Câmara de Comércio. Foto: Jiro Mochizuki.

O governador do Amapá (ao lado do cônsul Takahiro Nakamae) no almço na Câmara de Comércio. Foto: Jiro Mochizuki.

 

Em visita à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), e no encontro com 150 empresários japoneses durante almoço de confraternização da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil, o governador tratou de assuntos de extrema importância para o Amapá, como a possibilidade de industrialização dos produtos com matéria-prima oriunda da biodiversidade amapaense e a localização privilegiada do estado para escoamento de produtos, para tanto a conclusão das obras do porto, linhas férreas e ativação da ponte que liga o estado por cima do rio Oiapoque à Guiana Francesa são fundamentais. Com essa ação, o governo prepara terreno para a chegada de grandes empreendimentos, que devem aquecer a economia do Amapá e da região Norte do país.

Entre os anos de 2010 e 2013 o Amapá teve um crescimento, considerável, de 18,3%. Neste mesmo período, o estado ficou em segundo no registro de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). “Queremos associar o desenvolvimento com o compromisso ambiental, que é uma marca nossa. Antes da implantação da Área de Livre Comércio no Amapá nosso PIB era, pouco mais, de R$ 2 bilhões. Depois da implantação da Área de Livre Comércio nosso PIB passou para R$ 12,7 bilhões. Agora temos um novo marco giratório que é a Zona Franca Verde”, disse o governador, que esteve acompanhado pela primeira-dama do Estado e deputada estadual, Marília Góes, e pelo senador de AP, Randolfe Rodrigues.

 

Waldez Góes e a primeira-dama do Amapá, Marília Góes. Foto: Jiro Mochizuki.

Waldez Góes e a primeira-dama do Amapá, Marília Góes. Foto: Jiro Mochizuki.

 

Obras – Além de empresários e executivos japoneses, participaram do encontro na CCIJB o presidente da entidade, Toshifumi Murata, e o cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae.

Waldez Góes governa o Amapá pela terceira vez e tem sua administração marcada pela realização de obras conectando o estado de Norte a Sul, com cerca de 250 quilômetros da BR-156 recém-asfaltados e 30 novas pontes em concreto, além de estar também revitalizando o Aeroporto Internacional.

 

 

 

 

Related Post

BUNKYO: Comissão deve indicar candidato da situaçã... Por Aldo Shiguti   A reunião convocada pelo presidente do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Kihati...
COMUNIDADE: Entidades nipo-brasileiras promovem ce...   As entidades nipo-brasileiras promovem, no próximo dia 24 de setembro, segunda-feira, a partir das 19h30, a cerimônia de boas-vindas ao novo...
PARÁ: Governador do Pará recebe vice-ministro japo... O diferimento do ICMS para o setor mineral de alumínio e as comemorações pelos 120 anos do Tratado de Amizade, Navegação e Comércio entre Brasil e Jap...
LITERATURA: Lançamento de ‘Os Japoneses e seus Leg... Acontece na próxima quinta-feira (11), a partir das 19h30, no Centro Brasileiro de Língua Japonesa, na Vila Mariana (zona Sul de São Paulo), o lan...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *