NIPPAK PESCA: Cachaça de alambique ou artesanal

Etapas necessárias para ter um produto final de qualidade

Por Mauro Yoshiaki Novalo

 

Muitos leitores, sejam pescadores ou não, apreciam uma boa cachaça, uma bebida 100% nacional e que representa muito bem o nosso país no exterior. Então vamos conhecer alguns passos para se ter uma boa caninha ou amarelinha de alambique.

 

 

 

Matéria prima

Primordial avaliar características de cada planta para escolher a adequada para região com bom teor de açúcar e facilidade de fermentação. Na produção da cachaça artesanal a colheita é manual, e a cana não é queimada pois isto apressa sua deterioração.

Depois de colhida, limpa e cortada, deve passar pela moagem no máximo em 36 horas. É o momento de separar o caldo do bagaço (este último pode ser utilizado como combustível para queimar nas fornalhas do alambique). Decantado, o caldo é filtrado e vai para fermentação.

 

 

Fermentação

Realizada pelos microrganismos provenientes da cana-de-açúcar é a grosso modo a transformação do açúcar em álcool e onde se inicia o ajuste do aroma do produto. A cachaça artesanal não permite adicionar aditivos químicos então podem ser utilizados água potável, fubá de milho e farelo de arroz para atuarem como catalisadores. Recomenda-se que a sala de fermentação seja arejada, com temperatura na casa dos 25º. A mistura é armazenada em dornas (feitas de madeira, aço inox, plástico ou cimento) por aproximadamente 24 horas.

 

 

Destilação

O garapa resultante da fermentação é rico em componentes nocivos à saúde e ainda com baixa concentração alcoólica. Para atender a concentração fixada por lei de 38 a 54GL, é preciso elevar o teor de álcool. A solução é ferver o caldo no alambique de cobre, produzindo vapores que condensados por resfriamento tem como resultado álcool etílico.

Na fase inicial da destilação se tem a cachaça de cabeça, algo em torno de 5 a 10% do total, rica em substâncias mais voláteis do que o etanol e não recomendadas para o consumo, sendo portanto separada.

A segunda fração – coração – é a cachaça propriamente dita e corresponde de 75 a 85% do total, e no final, a terceira parte – cauda ou água fraca – com maior teor de substâncias menos voláteis e indesejáveis, que junto com a cabeça são armazenadas em locais seguros até atingirem volume suficiente para serem redestiladas em empresas licenciadas para produção de álcool combustível.

Após a destilação é filtrar para corrigir defeitos de qualidade, propiciar maior limpidez, transparência e brilho e preparar para a próxima etapa.

 

 

Envelhecimento

Para a cachaça estar pronta para o consumo é preciso passar um tempo armazenado, perder alguns componentes, e onde alguns outros vão reagir para aprimorar o sabor e aroma. A estocagem é preferencialmente em barris de madeira como o amendoim, freijó e jequitibá (neutras) que não afetam a cor ou aroma da bebida. Já as de bálsamo, cedro, carvalho e umburana conferem um tom amarelado e modificam o aroma, cada uma deixa o seu toque especial, finalizando numa cachaça mais ou menos suave, adocicada ou perfumada, dependendo do tempo armazenado.

Depois disso, a cachaça está pronta para ser engarrafada.

 

 

Tipos de cachaça

Cachaça Adoçada ou Adocicada: quando contém açúcares em quantidade superior a 6g por litro e inferior a 30g por litro, expressos em sacarose.

Brancas: importante destacar que a cachaça não pode ter nenhuma alteração de cor. Nesse caso, o produtor poderá adicionar as expressões Clássica, Tradicional ou Prata. A cachaça que não passa por madeira é, depois da destilação, guardada em aço inox para ser padronizada e posteriormente engarrafada. A bebida apresenta aroma e paladar mais próximos da cana. Armazenadas em madeiras que não soltam coloração continuam sendo brancas.

Amarelas: armazenada ou envelhecida em madeira que apresenta alteração na sua coloração. Nesse caso o produtor adicionará a expressão Ouro, Envelhecida, Premium, Extra Premium.

 

 

Armazenada ou envelhecida

Armazenada: a cachaça fica acondicionada por (2 meses, 5 meses, 1 ano, 3 anos) em tonéis de madeira sem distinção de tamanho. Isto resulta no amaciamento da bebida, com pequena alteração no aroma e paladar conforme a madeira.

Envelhecida: quando pelo menos 50% do produto é armazenado pelo tempo mínimo de 1 ano em tonéis de no máximo 700 litros. O tamanho menor do tonel e tempo maior, vão resultar em alterações mais significativas na cor, aroma e paladar. Podem ser divididas em Premium ou Extra Premium

Premium:  devem ser 100% de cachaça ou aguardente de cana envelhecida em recipiente de madeira apropriado, com capacidade máxima de 700 litros, por pelo menos 1 ano.

Extra Premium: devem ser 100% de cachaça ou aguardente de cana envelhecida em recipiente de madeira apropriado, com capacidade máxima de 700 litros, por pelo menos 3 anos.

 

 

Cachaça Coluninha

 

 

A Cachaça Coluninha iniciou o processo de fabricação em 1988 na cidade de Coluna, nordeste de Minas Gerais, localizada à 360 km de Belo Horizonte. É prática da empresa a busca constante pela excelência na produção da cachaça de alambique, objetivando satisfazer plenamente seus clientes com a fabricação de um produto artesanal de qualidade.

A fazenda conta com lagoas naturais, verdes pastagens, canaviais, horta e pomar com diversas frutas. Nas matas virgens, vivem diversos animais em extinção, exemplo do lobo guará, que deu origem ao nome da fazenda (Tabocal Guará) ou simplesmente Fazenda Tabocal.

 

 

O produto destaca-se no mercado pelo sabor, aroma e suavidade e é fabricada de modo artesanal, desde a plantação da cana-de-açúcar até o engarrafamento. Totalmente isenta de aditivos químicos tem o Selo de Certificação Orgânica – IMA.

Os alambiques confeccionados em cobre, metal apropriado para fornecer o “bouquet” característico da cachaça mineira, tem capacidade para 1670 litros. O teor do cobre na bebida é controlado por métodos de higienização e análises laboratoriais, para atender os índices permitidos pelo Ministério da Saúde.

Para o envelhecimento, é armazenada em dornas de carvalho, amburana, jequitibá e jatobá, ficando no mínimo por dois anos. No engarrafamento, a embalagem final tem variados formatos, inclusive garrafas de cerâmica e de vidro revestidas com couro.

Atende todos os requisitos internacionais para exportação, sendo comercializada nos Estados Unidos, Portugal e Alemanha. Sempre destaque nos festivais que participa, foi premiada com 1º lugar no Concurso Campeão dos Campeões de Coquetéis feitos com Cachaça (BH/MG – 1999) e Cachaça Gourmet (Festival BH/MG em 2011, 2012 e 2014), 3º lugar no Festival de Qualidade de Cachaça (BH/MG – 1996).

 

 

É encontrada nos tradicionais supermercados, bares, restaurantes e “delicatessen”. Se o estabelecimento perto da sua casa não tiver, peça para contatar no site www.coluninha.com.br telefone (31)3422 0309 e-mail: comercial@coluninha.com.br

Se for dirigir não beba, e se beber não dirija. Beba com responsabilidade. Ótima degustação!!!

 

 

Apoio:

Alto da Serra Pescarias   www.altodaserrapescarias.com.br

Cachaça Coluninha   www.coluninha.com.br

Caiaques Lontras    www.caiaquelontras.com.br

Maré Iscas    www.mareiscas.com.br

Moro e Deconto   www.morodeconto.com.br

Mustad    www.mustad.com.br

Piscicultura Chang   www.pisciculturachang.com.br

SPOTcOmSAT   www.spotcomsat.com.br

Top Fishing Tur    www.topfishingtur.br

União Pesca   www.uniaopesca.com.br

 

 


 

 

CURTAS

 

 

Cachaça Coluninha – A verdadeira Cachaça Mineira

 

 

A Fazenda Tabocal, no município de Coluna-MG, é auto-suficiente na produção de cana-de-açúcar. A garapa obtida é depositada em dornas de inox, protegidas por telas contendo fermento natural (extraido da própria cana de açúcar misturada com fubá ou canjiquinha de milho) totalmente isento de aditivos químicos. Após alambicagem/destilagem a cachaça Coluninha é depositada em tonéis de carvalho, amburana, castanheira do pará, jequitibá e jatobá e totalmente fechados, por um período mínimo de 3 anos. Tem participação em vários festivais tais como ExpoCachaça, Campeão dos Campeões (pela ABM – Associação Mineira de Barman), e Cachaça Gourmet, onde foi premiada em 1°Lugar em 2011,2012 e 2014. É exportada para países da Europa, Usa e Mercosul. Informações no site: www.coluninha.com.br fone: (31) 3422 0309  e-mail: coluninha@coluninha.com.br

 


 

 

Camarão articulado – Maré Iscas

 

articulado3

 

O camarão articulado da Maré tem as seguintes características: não derrete ao sol, flexível e com imitação de ovas. Idealizado para capturas de peixes em água salgada, salobra (mangues) ou água doce como: robalo, corvina, pampo, xaréu, badejo, olho de cão, garoupa, guaivira, peixe-galo, dourado, pescada, linguado, pirauna, caranha, cioba, xerelete, tarpon, ubarana, tucunaré e outros. Em 22 cores diferentes e 3 tamanhos. Procure nas melhores lojas de pesca. Informações no site www.mareiscas.com.br e www.facebook.com/iscas.mare

 

 


 

 

Livro – JAPONESES IMIGRANTES…  E ELES FICARAM RICOS NO BRASIL?

 

あなたはどうして1941年に日本がアメリカ合衆国を攻撃したかを知っていますか。この本で真実の物語を読んでください。(Você sabe por que o Japão atacou os Estados Unidos em 1941? Leia neste livro a verdadeira história)

 

jose-carlos 

 

Apresentação do livro pelo saudoso psiquiatra e educador Dr. Içami Tiba: “… como psiquiatra e educador, agradeço ao Ferreira por ser um “gaijin” que fala sobre “nihonjin”. Principalmente porque pela tradição japonesa, não se fala bem de si mesmo…” O leitor vai encontrar relatos da história da imigração japonesa, ilustrados por casos de amizade, de amor, de incompreensão, de perseverança, de determinação, de sofrimento, mas finalmente, de sucesso. Poderá ler também as trapalhadas da contra espionagem do serviço secreto americano, cujos elementos terminavam frustrados diante das tolices que inventavam. Nippak Pesca assinala que conhecer o seu passado é primordial para consolidar no presente as diretrizes do futuro!  José Carlos Ferreira, advogado aposentado, escreveu este romance para revelar fatos omitidos na História oficial. Contate o autor no email: jcferr@terra.com.br À venda pela internet nas Livrarias Asabeça, Cultura e Martins Fontes. Informações no link www.scortecci.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=4955&friurl=_-JAPONESES-IMIGRANTESE-ELES-FICARAM-RICOS-NO-BRASIL–Jose-Carlos-Ferreira-

 

 


 

 

Massa para pesca – União Pesca

 

 

 

Março ainda continua quente e o sol nos inspira a pescar, é ter sempre a isca certa para aumentar ainda mais suas chances de sucesso na pescaria. Com esta massa, basta acrescentar água e estará pronto para lhe propiciar a fisgada certeira. Sabores: goiaba, doce de leite, cereais, batata, leite, pão, pêssego, queijo, mandioca, morango, erva-doce, goiaba, banana, milho verde, mel, bichinho da laranja, carnívora, amendoim, natural vermelha e natural amarela, em embalagem de 500g. Procure nas melhores lojas de pesca. Suas pescarias com sossego, tranquilidade e segurança! Informações e compras no tel: (42) 3524 4505 ou 3524 3748 site: www.uniaopesca.com.br e facebook.com/uniaopesca

 

 


 

 

SPOT Gen3 – Rastreador pessoal via satélite

 

rastreador2

 

 

Rastreador pessoal via satélite resistente a água, umidade, maresia, temperaturas adversas e com bateria de longa duração. Quando suas aventuras exigem segurança o SPOT Gen3 permite que sua família e amigos saibam que você está bem e envia mensagens de emergência com sua localização GPS, isto tudo apertando um único botão. Informações e compra no site www.spotcomsat.com.br (11)98343 1521 ou email: empreendedorismonautico@gmail.com  Nippak Pesca recomenda o site que tem a nossa confiança e, é qualificado para oferecer com responsabilidade equipamentos de tamanha importância.

 

 


 

 

PSICULTURA CHANG

 

 

 

Tudo em produtos para quem aquarismo e pesca. O local indicado para você encontrar o que precisa. Veja no site como comprar e, para você que é lojista condições especiais. Iscas, linhas, acessórios e equipamentos para sua pescaria. Bombas, plantas, ração e tudo o mais para o seu aquário. Em breve, tudo para aeromodelismo. Qualidade, confiança e preço. Visite, para mais informações www.pisciculturachang.com.br ou consulte fone (11) 3375 7265 email: contato@pisciculturachang.com.br

 

 

 

 

 

NIPPAK PESCA

NIPPAK PESCA

Texto:Mauro Yoshiaki Novalo
Revisão: Aldo Shiguti
Publicidade
nippak@nippak.com.br
Tel. (11) 3208-4863
NIPPAK PESCA

Últimos posts por NIPPAK PESCA (exibir todos)

     

    Related Post

    KOBUDO: Niten comemora Dia do Samurai com ‘Guardiã...     O Instituto Niten celebrou o Dia do Samurai – comemorado oficialmente no dia 24 de abril, data de aniversário do fundador do Niten...
    TÊNIS DE MESA: Décima etapa da Liga reúne mais de ...   Mantendo a regularidade de todas as etapas de 2012, a Liga Nipo-Brasileira de Tênis de Mesa se prepara para encerrar a temporada e comemora ...
    TÓQUIO 2020: Capacitação para os Jogos Olímpicos d... ICBJ abre inscrições para novas turmas de língua e história japonesas; aulas iniciam em janeiro de 2017     O Instituto Cultural ...
    TÊNIS DE MESA: CAMPEONATO UNIVERSITÁRIO Nos países desenvolvidos como os EUA e Japão, o esporte universitário é muito valorizado. Desde janeiro de 2017, Jeff Yamada trocou o Brasil pelos ...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *