NIPPAK PESCA: Equipamentos – Parte 1 – Carretilhas

A modernidade dos dias atuais sugere facilidade no acesso para as mais variadas informações de produtos e técnicas seja qual área for o interesse do pesquisador.

Por: Mauro Yoshiaki Novalo

 

 

Saber garimpar as informações corretas e aplica-las vai depender de um critério apurado e nem sempre isso é possível, se considerar que não se tenha conhecimento básico sobre o tema. Aliás, é comum imaginar que só de visualizar vídeos ou explicações na telinha do computador já se está apto para executar o proposto. Todos sabemos que não é bem assim, muitos macetes estão escondidos no caminho. Claro que existem pessoas que absorvem a informação e conseguem imediatamente por em pratica de maneira correta.

O pescador não foge a regra, conhecidos como pescadores virtuais é algo até que comum vê-los na beira dágua ou nos barcos a realizar algumas manobras no mínimo curiosas para não dizer outra coisa. Claro que dependendo da situação pode até significar risco ou dano mais sério a si mesmo ou outra pessoa, então sempre é bom ter cuidado.

Vamos falar um pouco sobre a tralha de bait, seja sua pescaria com iscas naturais ou artificiais, seguem algumas indicações básicas sobre carretilhas e molinetes.

 

 

Carretilhas

Colocação da linha na carretilha

Para conseguir um perfeito armazenamento da linha em sua carretilha, é necessário estar atento para algumas coisas como:

– dar o nó pra que fique seguro e firme, centralizado no meio do carretel

– o ideal é transferir a linha no mesmo sentido que está armazenado no carretel para não gerar torção

– abastecer sem exagero mas lembrar que pouca linha dificulta os arremessos e a mesma deve ser abastecida com certa pressão para evitar que uma parte não se entranhe no restante (o que vai resultar em cabeleira).

Observar a orientação do fabricante sobre a capacidade e bitola de linha adequada para o modelo.

 

 

Botão de sintonia fina

– regula a tensão sobre o carretel, deixando-o mais preso ou solto. Para que não haja *cabeleiras, devemos regular o botão da seguinte forma:

*cabeleira=uma parte da linha se enrola sobrepondo outra parte, travando o carretel da carretilha, impossibilitando recolher ou lançar, o que só será possível depois de desfazer todo o embaraço.

Depois de montada sua vara (com a isca + chumbos e etc) girar este botão de maneira a fechá-lo completamente. Isto feito, destravar a carretilha para o arremesso. Você notará que a isca não irá descer, precisando liberar um pouco o botão de regulagem citado e dar curtos toques de ponta de vara. Quando a isca descer lentamente e ao tocar o chão a bobina da carretilha parar (é a situação ideal).

 

 

Freio magnético ou centrífugo

Auxilia no momento do arremesso, pois ele faz com que o carretel não gire mais rápido do que a velocidade da isca arremessada (se isto acontecer resulta em cabeleira). Para regulá-lo, basta girar o botão do lado oposto da manivela e mantê-lo numa graduação entre 5 e 6. Caso continue embaraçando, aumente para 9 ou 10. Seu arremesso terá alcance mais curto, mas evitará cabeleiras. Alguns modelos apresentam este freio com buchas, que devem ser liberadas. Como no modelo que tem graduação, inicie seu treinamento com metade das buchas travadas.

Nos dois casos conforme sua experiência, você vai trabalhar de início com mais pressão no carretel e liberar aos poucos até que sinta confiança para trabalhar com menos ação deste freio.

 

 

Arremesso

Empunhe a vara, deixando as costas das mãos viradas para cima. Se estiver usando uma carretilha para destros, a manivela vai ficar voltada para cima. Com rápido movimento do pulso o arremesso sairá direto à frente.

Conheça os arremessos principais para carretilha e treine-os. Utilizar o peso específico para treinamento ou então uma isca artificial sem garatéias. Isto é essencial para quem depois vai estar em cima de um barco e, com companheiro a bordo.

 

 

Tecnica

Acionar o botão flipping para liberar (destravar) a carretilha e, em seguida pressionar o carretel com o polegar. Mirar aonde você quer lançar a isca, e empunhar como descrito anteriormente. Deixe uns 5cm a 10cm de linha solta. Assegure-se de que não tem ninguém ao alcance da sua vara, nem atrás de você.

Com um rápido movimento do pulso e cotovelo, maneje a ponta da vara direto para cima e depois para baixo. A vara se curva em direção ao alvo, sem esforço. A força deve ser aplicada quando a vara está atrás, que é o momento onde se acumula mais potência.

O peso da isca faz a vara se curvar. Então, quando a vara é puxada para baixo, solta-se o carretel que estava preso pelo polegar. O carretel está livre. O momento exato de liberar o carretel é no ponto mais alto do arremesso, ou no ângulo de 45°.

 

 

Com a isca sendo arremessada e no seu campo visual (a linha está sendo liberada) é o momento de dar um leve toque no carretel com o polegar, para frear a linha. Antes da isca atingir a água, faça com que o carretel pare completamente de girar, pressionando o carretel com o polegar. Para que o arremesso alcance a distância desejada, é treinar, ajustando o tempo e a força empregada.

O mais importante é arremessar verticalmente, sem desvios laterais. A mão deve estar com as costas viradas para cima e esta posição mantida até o final do arremesso.

 

 

Dicas

Depois de treinar e conhecer bem o seu equipamento, poderá aos poucos trabalhar com a fricção cada vez mais solta o que ajudará bastante para conseguir arremessos mais longos. Cuidado com vento de frente, que além de diminuir a distância dos arremessos pode causar cabeleireiras indesejáveis.

Na pescaria, ver se a linha está com folga na armazenagem, caso positivo efetuar lançamentos e recolher até verificar que está enrolado corretamente.

A vara para carretilha tem diferenças para o de molinete mas isto é matéria para outras edições.

Ótimas pescarias!!!

 

 

 

Apoio:

Cachaça Coluninha   www.coluninha.com.br

Caiaques Lontras    www.caiaquelontras.com.br

Maré Iscas    www.mareiscas.com.br

Moro e Deconto    www.morodeconto.com.br

Mustad    www.mustad.com.br

Piscicultura Chang www.pisciculturachang.com.br

SPOTcOmSAT   www.spotcomsat.com.br

União Pesca   www.uniaopesca.com.br

 

 


 

 

CURTAS

 

 

Cachaça Coluninha – A verdadeira Cachaça Mineira

 

 

 

A Coluninha Golden 7 armazenada em carvalho e amburana foi agraciada com a Medalha de Ouro no Concurso Mundial de Bruxelas 2017 ! A Fazenda Tabocal, no município de Coluna-MG, é auto-suficiente na produção de cana-de-açúcar, sendo a garapa obtida após a moagem depositada em dornas de inox, protegidas por telas contendo fermento natural (extraido da própria cana de açúcar misturada com fubá ou canjiquinha de milho) totalmente isento de aditivos químicos. Após alambicagem/destilagem a cachaça Coluninha vai para tonéis de carvalho, amburana, castanheira do pará, jequitibá e jatobá, ficando armazenado por um período mínimo de 2 anos. Participou em vários festivais: ExpoCachaça, Campeão dos Campeões (pela ABM – Associação Mineira de Barman) e Cachaça Gourmet, onde foi premiada em 1°Lugar em 2011,2012 e 2014. É exportada para países da Europa, USA e Mercosul. Informações www.coluninha.com.br fone: (31) 3422 0309  e-mail: coluninha@coluninha.com.br  Beba com moderação e se for dirigir não beba!

 


 
A menor lancha de fibra do Brasil – Xspeed 120

 

 

 

 

Vantagens de uma XSPEED: preço igual ou menor que um Jet, leva até 4 passageiros, som, áreas secas para guardar pertences, espaço para cooler, é leve e fácil de transportar pesando apenas 220kg o conjunto. O custo de manutenção é baixíssimo, você pode guardar em casa numa vaga de carro eliminando custo de marina e seu consumo de combustível é de apenas 8 litros/hora. Seja equipado motor Suzuki 30HP ou Yamaha 40HP é uma lancha ágil, econômica e muito versátil. Navega perfeitamente com até 4 pessoas, absolutamente estável e segura. Também com ambos motores você puxa esqui ou Wake board, seja no mar, rio, lagoas ou represas. Informações com Carlos Sohck Ferreira email: carlos.s.ferreira@spotcomsat.com.br (11) 9.8343.1521 Conheça mais sobre o estaleiro www.muranoyachts.com.br e neste link, vídeo da XSPEED em ação https://youtu.be/bD6mNhERvAA  Visite-nos na Let´s boat 2017

 

 


 

 

Livro – JAPONESES IMIGRANTES…  E ELES FICARAM RICOS NO BRASIL?

 

あなたはどうして1941年に日本がアメリカ合衆国を攻撃したかを知っていますか。この本で真実の物語を読んでください。(Você sabe por que o Japão atacou os Estados Unidos em 1941? Leia neste livro a verdadeira história)

 

jose-carlos 

 

Apresentação do livro pelo saudoso psiquiatra e educador Dr. Içami Tiba: “… como psiquiatra e educador, agradeço ao Ferreira por ser um “gaijin” que fala sobre “nihonjin”. Principalmente porque pela tradição japonesa, não se fala bem de si mesmo…” O leitor vai encontrar relatos da história da imigração japonesa, ilustrados por casos de amizade, de amor, de incompreensão, de perseverança, de determinação, de sofrimento, mas finalmente, de sucesso. Poderá ler também as trapalhadas da contra espionagem do serviço secreto americano, cujos elementos terminavam frustrados diante das tolices que inventavam. Nippak Pesca assinala que conhecer o seu passado é primordial para consolidar no presente as diretrizes do futuro!  José Carlos Ferreira, advogado aposentado, escreveu este romance para revelar fatos omitidos na História oficial. Contate o autor no email: jcferr@terra.com.br À venda pela internet nas Livrarias Asabeça, Cultura e Martins Fontes. Informações no link www.scortecci.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=4955&friurl=_-JAPONESES-IMIGRANTESE-ELES-FICARAM-RICOS-NO-BRASIL–Jose-Carlos-Ferreira-

 

 


 

 

Massa para pesca – União Pesca

 

 

 

Outono a pleno vapor e os peixes ainda ativos, é ter sempre a isca certa para aumentar ainda mais suas chances de sucesso na pescaria. Com esta massa, basta acrescentar água e estará pronto para lhe propiciar a fisgada certeira. Sabores: goiaba, doce de leite, cereais, batata, leite, pão, pêssego, queijo, mandioca, morango, erva-doce, goiaba, banana, milho verde, mel, bichinho da laranja, carnívora, amendoim, natural vermelha e natural amarela, em embalagem de 500g. Procure nas melhores lojas de pesca. Suas pescarias com sossego, tranquilidade e segurança! Informações e compras no tel: (42) 3524 4505 ou 3524 3748 site: www.uniaopesca.com.br e facebook.com/uniaopesca

 


 

 

SPOT Gen3 – Rastreador pessoal via satélite

 

rastreador2

 

 

Rastreador pessoal via satélite resistente a água, umidade, maresia, temperaturas adversas e com bateria de longa duração. Quando suas aventuras exigem segurança o SPOT Gen3 permite que sua família e amigos saibam que você está bem e envia mensagens de emergência com sua localização GPS, isto tudo apertando um único botão. Informações e compra no site www.spotcomsat.com.br (11)98343 1521 ou email: empreendedorismonautico@gmail.com  Nippak Pesca recomenda o site que tem a nossa confiança e, é qualificado para oferecer com responsabilidade equipamentos de tamanha importância.

 

 


 

 

PSICULTURA CHANG

 

 

 

Tudo em produtos para quem aquarismo e pesca. O local indicado para você encontrar o que precisa. Veja no site como comprar e, para você que é lojista condições especiais. Iscas, linhas, acessórios e equipamentos para sua pescaria. Bombas, plantas, ração e tudo o mais para o seu aquário. Em breve, tudo para aeromodelismo. Qualidade, confiança e preço. Visite, para mais informações www.pisciculturachang.com.br ou consulte fone (11) 3375 7265 email: contato@pisciculturachang.com.br

 

 

NIPPAK PESCA

NIPPAK PESCA

Texto:Mauro Yoshiaki Novalo
Revisão: Aldo Shiguti
Publicidade
nippak@nippak.com.br
Tel. (11) 3208-4863
NIPPAK PESCA

Últimos posts por NIPPAK PESCA (exibir todos)

    Related Post

    BEISEBOL: Ibiúna conquista título do Brasileiro In...   A categoria infantil de Ibiúna (SP) sagrou-se campeã do 29º Campeonato Brasileiro de Beisebol Interclubes Infantil 2012, competição realizad...
    ESPECIAL/PRÊMIO PAULISTA DE ESPORTES: Por amor ao ... A cerimônia de entrega do Prêmio Paulista de Esportes, que este ano chegou a sua 60ª edição no último dia 16, na Câmara Municipal de São Paulo, propor...
    SOFTBOL: Nikkei de Curitiba fatura título do Campe... A categoria Sub 19 do Nikkei de Curitiba conquistou o título do 28º Campeonato Brasileiro de Softbol Feminino Interclubes, competição realizada nos di...
    TÊNIS DE MESA: Quando o esporte ajuda no emprego O engenheiro e colunista do Jornal Nippak, Marcos Yamada (Foto: arquivo pessoal)   Numa empresa, é muito comum a seguinte pergunta: “Po...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *