NIPPAK PESCA: Julho é sinônimo de férias e, folga com a molecada em dia de sol por que não ir pescar???

 

Viver na cidade grande tem os seus empecilhos mas também tem muita diversão para todos da família. E não vai ser um friozinho que vai atrapalhar seus planos não é mesmo?

 

Este mês é comum vermos muitas pipas no ar, retrata que os pequenos estão de férias escolares e é uma boa oportunidade para levá-los para um contato mais próximo à natureza. Na cidade de São Paulo, temos muitas opções para isso.

Uma vara caipira ou lisa já vai ser o suficiente para praticar. Mesmo que você não tenha o material, é possível alugá-los na maior parte destes estabelecimentos. O único senão desta temporada é que devido ao frio, espécies como os redondos dificilmente vão atacar a isca como fazem no alto verão. Mas tilápias, carpas, trutas e catfishes continuam em atividade e devem ser o alvo, pois fornecerão a alegria necessária para o dia.

Considerar que os peixes procuram uma camada dágua onde se sintam confortáveis e aí se alimentam (menos) mas continuam a atacar a isca.

 

 

Vara lisa ou caipira

Para melhor percepção da batida, utilizar o suporte (ou secretário) que manterá a vara numa posição confortável para fácil observação de qualquer movimento na linha. Se possível alinhe a ponta da vara com a outra extremidade do lago, posicionando de forma que fique nítido perceber o menor sinal de peixe na linha. O tradicional puxão, embodocando a ponta da vara é sinal claro que o peixe mordeu a isca, mas um simples deslizar da linha pode também render um graúdo.

Melhore suas chances montando pelo menos 3 equipamentos, com a isca em profundidade diferentes e, depois de saber onde estão ativos, posicione as outras para a mesma altura.

 

Isca natural

O ideal para a criançada é utilizar de massa ou minhoca, de preferência a primeira pois não causa nenhum tipo de repulsa e, normalmente provoca o ataques de todas as espécies acostumadas ao frio, claro que se direcionar para um peixe especificamente, vai ter melhor resultado. Por exemplo, tilápias pedem massa mais para o doce e, carpas batem melhor na consistência farinhenta (desmancham quando elas assopram). Você pode fazer uso de montagem também direcionadas para estas espécies. Para os catfishes é minhoca viva, pedaços de salsicha ou frios: mortadela, queijo e etc. Claro que as citadas também podem ser utilizadas para as outras espécies.

 

Montagem anzol duplo ou com mola

 

 

Uma forma de segurar melhor a massa é montar 2 anzóis, um de costas para o outro, ou então utilizar dos já com mola. Isto garante maior tempo da massa no anzol e, menos chance dos peixes levarem toda sua isca de uma única vez.

 

Bóias

 

 

Utilizar as mais sensíveis (palito ou as com barbante) que mostram ao pescador qualquer movimento na ponta do anzol.

 

Isca artificial

 

 

Se houver atividade na superfície dos lagos, pode também optar pela ração artificial. E aí tem 2 opções: imitação em cortiça, pelo ou eva (os mais difundidos em matéria flutuante) ou miçanga. Para a segunda opção, você ainda pode aumentar mais a distância entre a bóia (que a mantém próximo a suaperfície) e a isca, atuando numa profundidade maior, saindo do ataque dos pequeninos ladrões de isca.

 

 

E faça uso da ração flutuante para atrair os peixes para perto da sua isca.

 

Molinete e carretilha

Se for pescar com ração artificial, faça uso de uma bóia cevadeira ou de arremesso aumentando a área a ser explorada. Varas com comprimento adequado a estatura e, leves para não cansar o braço. As de ação média rápida tem respostas mais rápidas para a batida dos peixes na isca.

Os peixes costumam ficar acomodados em partes específicas dos lagos. Procure a entrada e saída da água dos mesmos pois propiciam mais ataques. Se estiver pescando com isca no fundo, é usar de ração de coelho ou do local para concentrar o cardume nas proximidades.

Cuidado na hora do manuseio e retirada do anzol para liberar o peixe. Sempre procure informações com o responsável sobre as regras e procedimentos do local. O uso do passaguá  é o recomendável para não causar danos desnecessários para quem pratica o pesque e solte.

 

 

Final do dia sempre esfria, então é bom levar agasalhos e, para seu conforto cadeiras de praia, sem esquecer do boné ou chapéu. Ótimas férias e boa pescaria!!!

 

 

 

Agradecimento

 

 

Pesqueiro Ranchão do Peixe – Estrada da Roseira, 8000 – Mairiporã / SP
Contato: Dona Cida( 11) 4485-3949  Lucio cel (11)7323-8923 ou email : 
llopes_tsg@ig.com.br

 

 

NIPPAK PESCA
Roberto Shirata
Texto:  Mauro Yoshiaki Novalo
Revisão: Aldo Shiguti
Publicidade
shirata@nippak.com.br
Tel. (11) 3208-3977

 

 

Apoio:

MTK Fishing Adventure Outdoor    www.mtkbrasil.com.br

Bem Bolado   www.bemboladome.com.br 

Produtos Petersen    http://pescabrasil.net/boias.html     

TenkaraBR      www.rodsbyjorge.com.br

Moro e Deconto    www.iscasartificiais.com.br

Piscicultura Chang   www.pisciculturachang.com.br

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

GOLFE: João Paulo Carlos da Silva e Giovanna Hirat...   Organizado pela Federação Paulista de Golfe, competição no Damha Golf Club valeu pontos para o Ranking Paulista Juvenil Masculino e Feminino ...
TÊNIS DE MESA: CAMPEONATO UNIVERSITÁRIO Nos países desenvolvidos como os EUA e Japão, o esporte universitário é muito valorizado. Desde janeiro de 2017, Jeff Yamada trocou o Brasil pelos ...
NIPPAK PESCA: Camisa ou camiseta? A evolução de material chegou de vez para o praticante da pesca e, são visíveis as diferenças no seu vestuário comparado a anos atrás. Mauro Novalo...
NIPPAK PESCA: Cavalinha -Scomber colias Por Marcelo Szpilman e ilustração de Antônio Woyames     Coloração: Dorso azul-metálico com diversas barras escuras verticais, ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *