NIPPAK PESCA: Miçangas na pescaria!

Outono parece chegar para valer e a previsão é do tempo esfriar a partir desta semana. Assim esta isca curinga pode ser o ideal para sua pescaria!!!

 

Mauro Yoshiaki Novalo

 

01a_miçangas-2

 

Muitos preferem o outono por não ser tão quente e ter noites mais frias, boas para o sono. Mas este ano o início de estação não foi assim, apresentando altas temperaturas como se estivéssemos no verão. Previsões indicam que a frente fria vai superar a barreira que estava segurando a alta temperatura e a partir desta semana, já não teremos mais de 30º. Isto vai refletir diretamente nas águas dos lagos e claro, na atividade dos peixes. Como consequência vai fazer os pescadores mudarem suas estratégias e técnicas.

Nos pesque-pagues, os peixes desde sua criação são alimentados com ração peletizada, assim foi natural o aparecimento de uma isca com as mesmas características. Uma das primeiras, a ração artificial flutuante, como o nome diz, trabalha na superfície. Confeccionada em pelo (de coelho principalmente) é oriunda dos adeptos do fly, e, apresenta ótimos resultados para quem a utiliza. Seu sucesso é principalmente pela sua matéria prima, que propicia resultado bem próximo do que procura imitar.

Existe a variação em cortiça – que pode ser feito com a rolha que vem em qualquer garrafa de vinho. E para completar o processo, temos o EVA (material usado para confeccionar chinelos, montagem de brindes, chapéus promocionais e etc).

Todos os citados são flutuantes, isto é destinados a captura de peixes que estão comendo na superfície. Em algumas situações apresentadas agora nesta estação, por exemplo vento frio na superfície, precisamos que a isca trabalhe um pouco mais abaixo da linha dágua, e a miçanga, com o auxílio de uma bóia lambari pode ser posicionada em variadas profundidades, tornando-a eficiente para esta temporada que começa.

 

 

Miçanga plástica ou similar

Utilizada no artesanato na montagem de colares e pulseiras, é hoje uma isca coringa nos pesque-pagues. Além da própria, pode ser utilizado outros materiais como: coquinho, sementes de azeitonas e outros materiais com formato parecidos.

Muitos pescadores preferem um anzol que consiga reter a miçanga, deixando-a solta. É passar a mesma pelo olho de um anzol, cujo formato da ponta mantenha-a presa. O modelo dirigido para pesca do robalo – wide gap – é uma boa indicação para ter como exemplo. Com um pedaço de linha monofilamento você dá o nó e deixa pronto para incorporar ao chicote.

 

02a_wide-gap

 

Há uma alternativa para deixar sempre livre a ponta do anzol proporcionando uma melhor fisgada.

Material:

miçanga, destas utilizadas na confecção de colares (tamanho varia de acordo com o anzol a ser utilizado) principalmente nas cores café com leite, marrom ou caramelo

anzol tipo shinu nº 3 (se você vai atrás dos redondos pode aumentar o tamanho)

cola adesiva de secagem rápida

serra de cortar tubo de pvc

base de madeira ou plástica (caixinha plástica ou uma base qualquer de madeira, pois se a cola escorrer e a miçanga grudar na base, é facilmente descolado)

 

PROCESSO 1

Segurar com firmeza a miçanga e com a serra fazer um corte com profundidade suficiente para abrigar a haste do anzol. Pingar uma gota de cola no corte feito na miçanga

Encostar a costa da haste do anzol no corte da miçanga, repousando-os na base plástica ou de madeira, de forma que o anzol fique em pé, para terminar o processo de colagem. Aguardar pelo menos 2h e verificar se o anzol está firme no lugar. Por garantia pingar outra gota de cola e aguardar mais 2h antes de utilizar.

 

PROCESSO 2

Pode-se também aquecer o anzol tipo chinu (tamanho compatível com a isca) e encaixar na miçanga. Óbvio que só vale para artefatos plásticos que derretam com calor.

Amassar as farpas dos anzóis antes de fazer as iscas pode evitar acidentes mais graves durante a pescaria (na briga com o peixe, se manter sempre a linha esticada não dá chance para ele escapar)

Cores: café com leite, marrom, preta, vermelha, verde variando até bolinhas de futebol e outros modelos. Quanto mais variedade melhor! É testar para saber o adequado para o momento, pois durante o transcorrer do dia pode ser preciso trocar novamente.

Na hora de pescar, para posicionar a isca no local desejado vai precisar de uma boia de arremesso ou cevadeira e, claro de montar o chicote específico para esta modalidade.

 

03a_boia-de-arremesso

 

CHICOTE

Montar um rabicho com mais ou menos 70 cm de linha monofilamento e usar uma bóia tipo lambari para regular a altura da isca em relação a superfície. Normalmente começar com 10 cm em relação a isca e, aumentar conforme o caso (o que vai posicionar a isca mais abaixo da superfície). A medida pode variar conforme o comprimento da vara utilizada isto é, mais longa maior o rabicho.

Se for pescar com cevadeira é unir este chicote numa ponta do girador da mesma, caso contrário use bóia comum ou de arremesso, com tamanho e peso suficiente para levar a isca ao local desejado.

Utilizar monofilamento transparente ou que camufle na água, e no espaço entre a bóia lambari e a isca, linha de menor resistência que o utilizado no chicote, pois no caso de enrosco ou peixe muito grande, vai funcionar como fusível e quebrar sempre neste ponto, fazendo o pescador perder somente a isca. Se os peixes alvos forem espécimes com dente e muito pesados, utilize de anzol mais forte e faça uso de um pequeno empate de aço, mas sempre lembrando de deixar o pedaço de linha mais finaa. Observar e eliminar qualquer nó cego no rabicho, que pode causar rompimento da linha.

Sempre usar óculos para proteção dos olhos, de preferência polarizados que eliminam o reflexo dos raios solares nágua.

 

04_chicote3

 

EQUIPAMENTO

Fly: conjunto de numeração 4 a 6 atendem bem a situação, mas se forem espécimes grandes é usar 8 para não cansar em demasia o peixe.

Bait: Vara de ação rápida proporciona mais eficácia nas fisgadas, dando menos tempo para o peixe perceber o engodo. O comprimento e libragem vai da preferência do pescador.

– Carretilha ou molinete compatível com a vara, que comporte pelo menos 100m de linha monofilamento 0,25mm ou 0,30mm ou multifilamento de libragem proporcional.

Imprescíndivel cevar o local com ração flutuante para atrair os peixes para a superfície e, se for o caso, a bóia cevadeira facilita muito para o pescador.

Claro que você também pode utilizar varinhas lisas ou telescópicas, a diferença é que se entrar um redondo ou uma espécie de grande porte, você vai ter de suar muito para tirá-lo dágua.

Fique sempre com a vara na mão pois se a bóia lambari afundar, precisa fisgar imediatamente. Pode-se trocar a bóia por outra isca flutuante, assim pescar na superfície e logo abaixo.

 

PEIXES

Como os peixes estão acostumados com ração como alimentação, poderá capturar qualquer espécie com estas imitações, desde é claro que elas estejam ativas comendo na superfície ou pouco abaixo dela.

Tilápias são ariscas e às vezes refugam ao perceber linhas grossas e principalmente bóias grandes. O ideal é usar chicotes com linhas 0,20mm. Prefira anzóis mais finos (mas fortes) e caso refuguem, diminua o tamanho das iscas.

Carpas, pintados, redondos e dourados pela sua truculência ou dentição, melhor é ter um pequeno empate para conter a violência das pancadas destas espécies e usar de anzóis tipo chinu mais robustos sempre com tamanho proporcional a isca. Em compensação as matrinxãs percebem os empates e, para elas é utilizar de líder mais grosso (monofilamento 0,30mm).

Pode usar as miçangas conjugadas com iscas flutuantes, formando as famosas “antenas”, “cachos de uva” e etc mas aí é assunto para matéria futura.

 

05_291104b

 

Ótimas pescarias!!!

 

 

NIPPAK PESCA

NIPPAK PESCA

Texto:Mauro Yoshiaki Novalo
Revisão: Aldo Shiguti
Publicidade
nippak@nippak.com.br
Tel. (11) 3208-4863
NIPPAK PESCA

Últimos posts por NIPPAK PESCA (exibir todos)

     

     


     

     

    Apoio

     

     

    Catauá Queijos     wwwcataua.com.br

    EBF Pesca    www.ebfpesca.com.br

    Gafanhotos Team   www.gafanhotosteam.com.br

    Karandá     www.karanda.com.br

    Maré Iscas    www.mareiscas.com.br

    Moro e Deconto   www.morodeconto.com.br

    Mustad    www.mustad.com.br

     

     


     

     

    CURTAS

     

    cataua-qCatauá – queijo da Mantiqueira

    logoMais que um produto artesanal com denominação de origem, saudável e saboroso, o Queijo CATAUÁ resgata hábitos seculares de uma civilização rural que ainda sobrevive nas encostas da Serra da Mantiqueira. Com personalidade, o Catauá preserva características das antigas fazendas mineiras. Uma pequena e rústica produção queijeira que, em sintonia com a natureza, em um processo totalmente manual, leva ao consumidor sabor e história. Um queijo único que acompanha o café, um bom vinho ou como ingrediente para os mais diversos quitutes. Informações no site: www.cataua.com.br e email: queijodamantiqueira@gmail.com e Instagram: @queijocataua

     

     


     

     

    CAPA DUPLA PARA CARABINA ARTICULADA P-080 – EBF PÉSCA

    CAPACARABINA-(Copy)

    logoebfUtilizado para acomodar a carabina articulada ou espingarda. Confeccionado em nylon super resistente, tem espaço interno com dois compartimentos, forrado e revestido com espuma flutuante. Possui bolso frontal e sistema para uso de cadeado. Tamanho de 80 cm. Preço sob consulta. EBF PESCA – Especialista em Acessórios de Pesca www.ebfpesca.com.br

     

     


     

     

    spiner varejeiraSpinner Varejeira – MORO DECONTO

    Logo-Mororesized_Logo DecontoPara este outono é utilizar este spinner, excelente para a pesca de lambaris, tilápias, saicangas e outros predadores. Pela sua leveza recomendamos no bait usar vara leve com bóia de arremesso Deconto nº 1 e, no Fly vara 5-6. Especificações: isca afundante com peso de 0,5g e tamanho de corpo = 1 cm. Você encontra no site www.morodeconto.com.br – visite, veja e compre!  www.morodeconto.com.br – email:contato@morodeconto.com.br ou fone (41)3244 5353

     

     


     

     

    Camisas Gafanhotos Team

    A0009_azul

    PARA JORNAL LOGOS COM LETRASQualidade, conforto, segurança, proteção, leveza e liberdade nos movimentos. Peças 100% sublimadas, 100% poliéster, confeccionadas com tecido de tecnologia TrueLife Dry (que simula a transpiração e transporta o suor para as camadas mais externas do tecido), TrueLife Bio (que simula o sistema imunológico a fim de prevenir o surgimento de bactérias que se proliferam na umidade e no calor) e TrueLife UV (que simula a ação da melanina, a fim de proteger a pele contra os raios UV. Tamanhos P, M, G, GG, XG, XGG, EGG, GG1, GG2 e GG3. Personalize e vista sua equipe de aventuras. Veja os produtos, modelos e cores no site www.gafanhotosteam.com.br contato no email contato@gafanhotosteam.com.br fone (47) 3395 0295 ou WhatsApp (47) 9166 8529

     

     


     

     

    Produtos Karandá – Força Pantaneira

    C1

    KARANDAFundada em janeiro de 2002, a Empresa é fruto da ousadia e do espírito empreendedor dos seus proprietários. Anteriormente revendia produtos acabados como chapéus de palha, sentindo o mercado promissor que se descortinava a sua frente, começa a investir e passa também a produzir o seu próprio chapéu, apostando na qualidade do produto oferecido e na inovação. Fiel à sua missão de “surpreender os seus clientes com produtos inovadores e garantir a excelência dos produtos e serviços prestados” a empresa conta hoje com um vasto mix de produtos: chapéus produzidos com fibra, palha, tecido, couro e material reciclado como lona de caminhão, artigos para cutelaria e selaria em geral. Hoje a marca Karandá está consolidada em todo o Brasil, levando o sonho de uma família que com transparência, honestidade, valorização do potencial humano e respeito ao seu cliente, tem a cada dia conquistado seu espaço no mercado. Informações no site www.karanda.com.br – fone (67) 3292 1175 – email: contato@karanda.com.br facebook/  contatoKaranda e instagram: karanda_oficial

     

     


     

     

    pampoCamarão articulado – Maré Iscas

    mareO camarão articulado da Maré tem as seguintes características: não derrete ao sol, flexível e com imitação de ovas. Idealizado para capturas de peixes em água salgada, salobra (mangues) ou água doce como: robalo, corvina, pampo, xaréu, badejo, olho de cão, garoupa, guaivira, peixe-galo, dourado, pescada, linguado, pirauna, caranha, cioba, xerelete, tarpon, ubarana, tucunaré e outros. Em 22 cores diferentes e 3 tamanhos. Procure nas melhores lojas de pesca. Informações no site www.mareiscas.com.br e www.facebook.com/iscas.mare

     

     

    NIPPAK PESCA

    NIPPAK PESCA

    Texto:Mauro Yoshiaki Novalo
    Revisão: Aldo Shiguti
    Publicidade
    nippak@nippak.com.br
    Tel. (11) 3208-4863
    NIPPAK PESCA

    Últimos posts por NIPPAK PESCA (exibir todos)

       

       

       

      Related Post

      TÊNIS DE MESA: Grupo Kenzen inova mais uma vez O Grupo Kenzen sempre inovando, realizou o torneio de tênis de mesa por equipes no último final de semana, dia 26 de julho, em sua sede, na Vila Ré (z...
      TÊNIS DE MESA: Liga Nipo-Brasileira bate recorde d... No último dia 1º foi realizada a 13ª etapa da Liga Nipo-Brasileira de Tênis de Mesa, na excelente estrutura da ACEAS Nikkey, cidade de Suzano. Com est...
      ATLETISMO: Sudoeste fica em primeiro na 79ª Compet... No ano em que é comemora seu 65º aniversário de fundação, a Associação Cultural e Esportiva Piratininga realizou, no Estádio Ícaro de Castro Melo, no ...
      NIPPAK PESCA: Curtas Compressor de ar Maruechii (Piscicultura Chang)     Para aquaristas ou para quem precisa de areação emergencial na falta de energ...

      Faça seu comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *