NIPPAK PESCA: O que fazer com a vontade daquela pescaria de final de semana e, a previsão do tempo indicando 90% de chances de chuva?

 

Não se pode ir contra a natureza! No frio até podemos visar algumas espécies acostumadas ao clima e, tudo certo. Mas frio e chuva aí é complicado demais!

 

 

Fazer o que? Boa hora para verificar toda sua tralha e, um a um tirar seus apetrechos e acessórios e analisar se está tudo em ordem. O ideal é sempre depois de uma pescaria, seja em qualquer lugar – limpar o grosso – dar um banho nos equipamentos utilizados e deixá-los pronto para a próxima. Mas mesmo assim ainda sobra alguma coisa a mais para acertar, como o molinete ou carretilha que precisa de uma manutenção mais apurada. Os anzóis das iscas, a caixa de snaps, giradores e etc.

Convém também olhar a linha que abastece seus  equipamentos, ver se estão em quantidade suficiente e, se já não está na hora de trocar.

 

 

Varas

 

Precisam ser tratadas com mais carinho, analisando se está tudo em ordem com os passadores (inclusive a proteção interna que vira e mexe se desprende). Uma boa medida é passar algodão nestes passadores para identificar possível corte. Lembrar que utilizar linha de multifilamento facilita a vida mas, pode provocar minúsculos cortes que não são percebidos a olho nu. E para cortar multifilamento tenha a tesoura apropriada para tal.

 

 

Aproveite para limpar os cabos, seja de neoprene, madeira ou cortiça lave-os e deixe secar bem. Muita gente conserva o plástico para não sujar, isto além de tornar escorregadio pode provocar o surgimento do mofo. Pintar também não é recomendável, o ideal é manter do jeito original pois foi dimensionado para ser utilizado desta forma.

Caso precise de reparos, seja para varas, molinetes ou carretilhas procure um profissional especializado, a menos que já esteja acostumado a lidar com isso. Parece tarefa fácil uma simples lubrificação mas tem itens certos para usar óleo e graxa.

 

 

Se costuma pescar em água salgada então sua manutenção tem de ser mais apurada e, em tempo menor do que para material utilizado somente em água doce.

Não esquecer as de mão (telescópicas), separando os gomos e tirando a terra ou pó para não provocar encaixes forçados, e refaça se for necessário, a ponta para ficar fácil na hora de montar outra linha.

 

 

Iscas artificiais

Veja se não estão furadas e, se os anzóis utilizados estão adequados quanto ao balanceamento das mesmas.

 

 

Preste atenção em pontos de ferrugem ou anzóis abertos. Um alicate especial para retirar as garatéias ou abrir as argolas facilita muito o trabalho no caso de precisar trocar. Sobre alicates é bom ter um de ponta (retirar o anzol na hora de liberar o peixe),  de corte e o de contenção.

 

 

Limpe também a sua caixa de iscas e, claro conserve o que usa de fato. Normalmente temos já como princípio começar a pescaria utilizando as nossas “pegadoras” e, depois partimos para testar outras mais. Significa então que você já tem em mente as efetivas e, basta colocar algumas a mais. Isto é feito próximo do dia da pescaria, na revisão do material.

 

 

Acessórios

Dependendo do local e da pescaria, vai precisar de chumbada, suporte para vara, bombas para caçar corruptos (pegar estas iscas na areia para pescaria de praia), cadeiras, guarda-sol, anzóis especiais (os utilizados para pescaria de robalos com camarão vivo), a lista é grande. E tudo isso verificado de antemão, bem antes da pescaria de fato.

Falando de chumbos, variedade é interessante para atender locais rochosos ou com fundo de areia  que precisam de específicos para facilitar a percepção da batida do peixe. Claro que pescarias de pé na areia também requerem varas adequadas (com mais de 3m de comprimento, seja em 3 partes ou telescópicas). Detalhe que ajuda muito são os chicotes com 2 a 3 anzóis dirigidos para esta modalidade.

Também dependendo da modalidade necessitamos das bóias, então é a hora de ver se tem em quantidade com variedade suficiente e, se estão em ordem.

 

 

 

 

Cuidados com a saúde

Óculos polarizados, bonés e chapéus, capas de chuvas, protetores solares para corpo e rosto, repelentes de insetos (verificar se estão dentro do prazo de validade) fazem parte da lista obrigatória para se ter a mão na bolsa de pesca. Sem esquecer da sua roupa de pesca – já foi o tempo onde simplesmente pegávamos nossas surradas roupas e estava tudo certo – hoje é preciso que sejam de material leve e de rápida secagem, se possível com proteção solar e repelente a insetos. Pescarias nos mangues nesta estação costuma ter muitos borrachudos a incomodar. Não esquecer dos pés que devem ter calçados apropriados (quem pesca nos costões das praias utilizar dos com solados próprios para não escorregar) para o local onde vai.

 

 

 

Segurança

Sempre informe a marina ou pessoas próximas sobre o seu roteiro de pesca e, a previsão de retorno, isto é fundamental para prestar socorro no caso de acidentes.

 

Ótimas pescarias!!!

 

NIPPAK PESCA
Roberto Shirata
Texto:  Mauro Yoshiaki Novalo
Revisão: Aldo Shiguti
Publicidade
shirata@nippak.com.br
Tel. (11) 3208-3977

 

 

 

 

Apoio:

MTK Fishing Adventure Outdoor    www.mtkbrasil.com.br 

Bem Bolado   www.bemboladome.com.br                     

Produtos Petersen    http://pescabrasil.net/boias.html     

TenkaraBR      www.rodsbyjorge.com.br

Moro e Deconto    www.iscasartificiais.com.br

Piscicultura Chang   www.pisciculturachang.com.br

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

SOFTBOL: Nikkei Curitiba campeã da XV Taça Brasil ...   Realizado nos dias 29 e 30 de junho, no campo do Nikkey Clube de Marília em Marília - SP, a XV Taça Brasil Interclubes de Softbol Feminino c...
SOFTBOL: Nikkei Curitiba é campeã da XI Taça Brasi...     Realizado nos dias 10 e 11 de agosto de 2013, no campo do Nippon Country Club em Arujá – SP, a XI Taça Brasil de Softbol Femin...
BEISEBOL: XVI TORNEIO INÍCIO DE BEISEBOL INTERCLUB...   Mirandópolis sagrou-se campeã do XVI Torneio Início Interclubes Pré-infantil 2013 - Troféu Honório Mukai.     Realiza...
TÊNIS DE MESA: Empresa quer profissionalizar a mod... A empresa Thethona, comandada por Henrique Narita e Adilson Toledo, quer profissionalizar o tênis de mesa nacional. Remando contra a maré, ambos reali...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *