NIPPAK PESCA: SOBRE A GESTÃO DE RECURSOS PESQUEIROS – parte II – Final

Abordagem Biológica

Por: Sergio Luiz Tutui e Paula Maria Gênova de Castro Campanha

 

 

Qualquer população natural tem seu ponto de equilíbrio ajustado através das funções como predação e competição, além dos fatores ambientais, podendo se adaptar sem maiores problemas às variações desses fatores. Porém, a exploração comercial dessa população introduz um novo fator de predação, altamente potente, que passa a competir com os predadores naturais, reduzindo tanto a abundância da presa quanto do predador dessa população, que terá menor quantidade de alimento disponível.

Com isso, podemos definir o objetivo da Biologia Pesqueira como o de fornecer recomendações para a exploração ótima de um estoque pesqueiro, propiciando, a longo prazo, o máximo de captura possível.

Nessa definição, é importante destacar a ideia de “longo prazo”, ou seja, todas as questões referentes à sustentabilidade, discorrido nos artigos anteriores. Além disso, é apresentado um novo conceito: estoque pesqueiro.

O conceito de estoque pesqueiro é um conceito técnico das Ciências Pesqueiras e se refere a qualquer grupo de organismos que possuam as mesmas características biológicas e que são utilizados pela pesca.

O termo estoque pesqueiro é oportuno pois, a grosso modo, podemos pensar a Gestão Pesqueira como a gestão de um estoque (de uma loja, indústria, etc). Na administração de um estoque, as informações mais importantes dizem respeito a quanto sai do estoque e com que rapidez, para se ajustar o quanto se entra.

Para os estoques pesqueiros se dá da mesma forma. A saída do estoque ocorre através da mortalidade total, que é a soma da mortalidade natural e a mortalidade por pesca, enquanto que a entrada no estoque ocorre através da reprodução, com a entrada de novos indivíduos, somado ao crescimento, com o aumento de massa (peso) no estoque.

Então, para a Gestão Pesqueira clássica, são necessárias informações científicas de reprodução, crescimento e mortalidade natural para ajustar quanto se pode pescar desse estoque para manter, a longo prazo, o máximo de captura possível.

 

 

A figura ilustra o objetivo básico da avaliação de estoques. No eixo horizontal está o esforço de pesca medido, por exemplo, em número de barcos. No eixo vertical estão as capturas, isto é, a quantidade, que a frota pesqueira desembarca. Verifica-se que, até um certo nível, há um ganho na captura com o aumento do esforço de pesca, mas após aquele nível, a renovação do estoque (reprodução e crescimento) não acompanha a remoção (mortalidade) causada pela pesca e pela mortalidade natural, e um aumento adicional do nível de pesca leva a uma redução nas capturas.

O nível máximo de esforço de pesca, em longo prazo, fornece a captura mais elevada é indicado por “FMSY” e a captura correspondente é indicado por “MSY”, que significa captura máxima sustentável (MSY do inglês Maximum Sustainable Yield). Utilizamos o termo “a longo prazo” pois se pode alcançar uma alta captura em um ano com um súbito aumento do esforço de pesca, mas depois nos anos seguintes as capturas caem, porque o recurso tornou-se escasso, com menor número de reprodutores para a reposição do estoque, diminuindo, assim, a disponibilidade de pescado para os anos seguintes.

A abordagem clássica da Gestão Pesqueira não visa as capturas máximas em um único ano, mas sim, a definição de uma estratégia de pescaria que dê as mais altas capturas estáveis ano após ano.

Tendo em vista as dificuldades de se estudar as populações de importância comercial no contexto ambiental complexo (considerando todas as relações entre todas as espécies que ocupam uma determinada área), essa abordagem de estudo considera que as causas das variações da população e as formas de controlar essas causas estão relacionadas somente à população, ou seja, trata-se de cada população como um sistema fechado.

Hoje, apesar de não ser biológica e ecologicamente correta, essa abordagem é possível aplicar tal modelo em regiões de clima temperado, onde existem poucas espécies com um enorme número de indivíduos e em pescarias que capturam uma única espécie alvo. Infelizmente, em regiões tropicais, onde existe uma alta diversidade da fauna, dificilmente essa abordagem é satisfatória. A existência de muitas espécies leva a existir um complexo sistema de inter-relações entre elas e qualquer impacto em uma espécie pode refletir em todo o ecossistema, alterando seu equilíbrio. Além disso, nessas condições, dificilmente existam pescarias que capturam uma única espécie.

Um exemplo clássico que se observa em regiões tropicais, é a pesca do camarão. Na região Sudeste do Brasil uma das maiores frotas pesqueiras é a do camarão sete-barbas. Apesar de ser uma frota com alvo voltado a uma única espécie (o camarão), na sua pescaria são capturadas mais 170 espécies de peixes, crustáceos e moluscos e dessas, cerca de 60 espécies são comercializadas junto com o camarão. Como se pode ver, nesse tipo de pescaria o modelo clássico não funciona, pois deve-se levar em consideração não só as características biológicas do camarão sete-barbas, mas de todas as espécies que compõe as capturas dessa frota pesqueira e suas relações ecológicas. Sem isso, qualquer ação de gestão é condenada ao fracasso.

Devido a exemplos como esse, a partir do final da década de 1980 iniciaram trabalhos científicos para possibilitar uma visão ecológica e integrada das pescarias e propor novas formas de abordagem da gestão pesqueira, considerando não só uma única espécie, mas todo um conjunto de espécies que interagem no ambiente, independentemente de serem de interesse comercial ou não, porém que sofrem efeitos indiretos da atividade pesqueira.

Denominada como Abordagem Ecossistêmica da Pesca, essa forma de estudo das Ciências Pesqueiras é relativamente nova, mas vem se expandindo, com cada vez mais adeptos e, apesar de ser muito mais complexa, essa abordagem tem ganhado cada vez mais força e mudado a visão sobre a Gestão Pesqueira.

Conheça mais sobre o Instituto de Pesca, acessando ao site www.pesca.sp.gov.br. Criado em 8 de abril de 1969, desenvolve pesquisas sobre ecossistemas aquáticos; biologia, pesca e aquicultura de organismos marinhos e continentais e tecnologia de processamento de pescados.

 

 

 

 

 

03_tutsui

 

Sergio Luiz Tutui

Pesquisador Científico – Instituto de Pesca. Doutor em Zoologia pela UNESP. Especialista em Gestão Pesqueira pelo Instituto de Pesquisa Pesqueira da Provincia de Mie/Japão. Com trabalhos na área de Recursos Pesqueiros, Dinâmica da Atividade e Ecologia de peixes marinhos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Paula Maria Gênova de Castro Campanha

Pesquisadora Científica – Instituto de Pesca. Doutora em Ciências pela USP, com trabalhos na área de Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca, com ênfase em Dinâmica da Atividade Pesqueira Artesanal e peixes continentais.

 

 

NIPPAK PESCA

NIPPAK PESCA

Texto:Mauro Yoshiaki Novalo
Revisão: Aldo Shiguti
Publicidade
nippak@nippak.com.br
Tel. (11) 3208-4863
NIPPAK PESCA

Últimos posts por NIPPAK PESCA (exibir todos)

     

     


     

     

    CURTAS

     

     

    Cachaça Coluninha – A verdadeira Cachaça Mineira

     

     

     

    A Coluninha Golden 7 armazenada em carvalho e amburana foi agraciada com a Medalha de Ouro no Concurso Mundial de Bruxelas 2017 ! A Fazenda Tabocal, no município de Coluna-MG, é auto-suficiente na produção de cana-de-açúcar, sendo a garapa obtida após a moagem depositada em dornas de inox, protegidas por telas contendo fermento natural (extraido da própria cana de açúcar misturada com fubá ou canjiquinha de milho) totalmente isento de aditivos químicos. Após alambicagem/destilagem a cachaça Coluninha vai para tonéis de carvalho, amburana, castanheira do pará, jequitibá e jatobá, ficando armazenado por um período mínimo de 2 anos. Participou em vários festivais: ExpoCachaça, Campeão dos Campeões (pela ABM – Associação Mineira de Barman) e Cachaça Gourmet, onde foi premiada em 1°Lugar em 2011,2012 e 2014. É exportada para países da Europa, USA e Mercosul. Informações www.coluninha.com.br fone: (31) 3422 0309  e-mail: coluninha@coluninha.com.br  Beba com moderação e se for dirigir não beba!

     


    A menor lancha de fibra do Brasil – Xspeed 120

     

     

     

     

    Vantagens de uma XSPEED: preço igual ou menor que um Jet, leva até 4 passageiros, som, áreas secas para guardar pertences, espaço para cooler, é leve e fácil de transportar pesando apenas 220kg o conjunto. O custo de manutenção é baixíssimo, você pode guardar em casa numa vaga de carro eliminando custo de marina e seu consumo de combustível é de apenas 8 litros/hora. Seja equipado motor Suzuki 30HP ou Yamaha 40HP é uma lancha ágil, econômica e muito versátil. Navega perfeitamente com até 4 pessoas, absolutamente estável e segura. Também com ambos motores você puxa esqui ou Wake board, seja no mar, rio, lagoas ou represas. Informações com Carlos Sohck Ferreira email: carlos.s.ferreira@spotcomsat.com.br (11) 9.8343.1521 Conheça mais sobre o estaleiro www.muranoyachts.com.br e neste link, vídeo da XSPEED em ação https://youtu.be/bD6mNhERvAA  Visite-nos na Let´s boat 2017

     

     


     

     

    Livro – JAPONESES IMIGRANTES…  E ELES FICARAM RICOS NO BRASIL?

     

    あなたはどうして1941年に日本がアメリカ合衆国を攻撃したかを知っていますか。この本で真実の物語を読んでください。(Você sabe por que o Japão atacou os Estados Unidos em 1941? Leia neste livro a verdadeira história)

     

    jose-carlos 

     

    Apresentação do livro pelo saudoso psiquiatra e educador Dr. Içami Tiba: “… como psiquiatra e educador, agradeço ao Ferreira por ser um “gaijin” que fala sobre “nihonjin”. Principalmente porque pela tradição japonesa, não se fala bem de si mesmo…” O leitor vai encontrar relatos da história da imigração japonesa, ilustrados por casos de amizade, de amor, de incompreensão, de perseverança, de determinação, de sofrimento, mas finalmente, de sucesso. Poderá ler também as trapalhadas da contra espionagem do serviço secreto americano, cujos elementos terminavam frustrados diante das tolices que inventavam. Nippak Pesca assinala que conhecer o seu passado é primordial para consolidar no presente as diretrizes do futuro!  José Carlos Ferreira, advogado aposentado, escreveu este romance para revelar fatos omitidos na História oficial. Contate o autor no email: jcferr@terra.com.br À venda pela internet nas Livrarias Asabeça, Cultura e Martins Fontes. Informações no link www.scortecci.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=4955&friurl=_-JAPONESES-IMIGRANTESE-ELES-FICARAM-RICOS-NO-BRASIL–Jose-Carlos-Ferreira-

     

     


     

     

    Massa para pesca – União Pesca

     

     

     

    Outono a pleno vapor e os peixes ainda ativos, é ter sempre a isca certa para aumentar ainda mais suas chances de sucesso na pescaria. Com esta massa, basta acrescentar água e estará pronto para lhe propiciar a fisgada certeira. Sabores: goiaba, doce de leite, cereais, batata, leite, pão, pêssego, queijo, mandioca, morango, erva-doce, goiaba, banana, milho verde, mel, bichinho da laranja, carnívora, amendoim, natural vermelha e natural amarela, em embalagem de 500g. Procure nas melhores lojas de pesca. Suas pescarias com sossego, tranquilidade e segurança! Informações e compras no tel: (42) 3524 4505 ou 3524 3748 site: www.uniaopesca.com.br e facebook.com/uniaopesca

     


     

     

    SPOT Global Phone

    satelite-fone-2

    Telefone móvel com tecnologia 100% via satélite que mantém você conectado onde sua aventura te levar. Permite ligar em locais remotos, pequeno, leve, longa duração da bateria, bastante compacto quando não está com sua antena esticada. Muito resistente, projetado para uso em extremas condições com excelente qualidade de voz digital.

    Confira mais informações, planos e preços no site www.spotcomsat.com.br no email: empreendedorismonautico@gmail.com e fone (11)98343 1521.

    Nippak Pesca recomenda o site, que tem a nossa confiança e é qualificado para oferecer com responsabilidade, equipamentos de tamanha importância.

     

     


     

     

    PSICULTURA CHANG

     

     

     

    Tudo em produtos para quem aquarismo e pesca. O local indicado para você encontrar o que precisa. Veja no site como comprar e, para você que é lojista condições especiais. Iscas, linhas, acessórios e equipamentos para sua pescaria. Bombas, plantas, ração e tudo o mais para o seu aquário. Em breve, tudo para aeromodelismo. Qualidade, confiança e preço. Visite, para mais informações www.pisciculturachang.com.br ou consulte fone (11) 3375 7265 email: contato@pisciculturachang.com.br

     

     

    NIPPAK PESCA

    NIPPAK PESCA

    Texto:Mauro Yoshiaki Novalo
    Revisão: Aldo Shiguti
    Publicidade
    nippak@nippak.com.br
    Tel. (11) 3208-4863
    NIPPAK PESCA

    Últimos posts por NIPPAK PESCA (exibir todos)

      Related Post

      LONDRES 2012/TÊNIS DE MESA: Hugo Hoyama perde na e... Mesatenista brasileiro está fora do torneio individual, mas ainda disputa as provas por equipes O mesatenista Hugo Hoyama perdeu neste sábado (28) su...
      NIPPAK PESCA: Vida Extraterrestre Poderia ser Semelhante à Terrestre?     Por Marcelo Szpilman *   A recente descoberta (pela Nasa) do planeta Kepler-45...
      SUMÔ: Confira os resultados do 21º Campeonato Sul-... A Confederação Brasileira e a Federação Sul-Americana de Sumô realizaram nos dias 15 e 16, no Ginásio de Sumô do Complexo Esportivo Brasil-Japão, o 21...
      SOCIAL: PRÊMIO PAULISTA DE ESPORTES PRÊMIO PAULISTA DE ESPORTES – Ainda sobre a cerimônia de entrega do 61º Prêmio Paulista de Esportes, realizada no último dia 18, na Câmara Municipal d...

      Faça seu comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *