NOITE DO SUSHI: Organizadores celebram sucesso

Com casa superlotada, o Pesqueiro Parque Maeda, um complexo localizado em Itu (SP) recebeu  muitos convidados que se encantaram com o Jantar Dançante “A Noite do Sushi” realizado dia 3 de setembro. Muitas caravanas e carros particulares chegavam e uma grande fila ser formou na entrada, para participar da grande festa da cultura japonesa. Tudo regado por uma gastronomia já conhecida e o diretor presidente do Parque, André Maeda, não economizou.

 

Noite do Sushi realizado no Pesqueiro Maeda, em Itu, recebeu muitos artistas e convidados. Foto: Celia Kataoka

Noite do Sushi realizado no Pesqueiro Maeda, em Itu, recebeu muitos artistas e convidados. Foto: Celia Kataoka

 

Maeda, visivelmente feliz, confessou querer mais um evento desse porte para divulgar a cultura japonesa. “Estou acostumado com grandes eventos e possuo uma grande equipe que dá um suporte profissional muito especial” É que no outro salão ocorria simultaneamente, um outro jantar dançante com igual número de convidados,  frequentadores animados ao som de uma banda contratada pelo Maeda.

 

Evento uniu taikô, dança e o karaokê. Foto: Celia Kataoka

Evento uniu taikô, dança e o karaokê. Foto: Celia Kataoka

 

A idéia da programação foi de Massami Yano, juntamente com Alexandra  Yoko Koga, Fabio Toma  e Angelaisa Gote. “Porque não mostrar a dança japonesa e o taikô, junto com o Karaokê”, disse Massami. E assim formaram  o grupo” Kansha”, com o objetivo de animar a festa. Para somar e elevar o nível da programação, vieram os grandes campeões Sergio Tanigawa, Rafael Yassunaga, Paula Hirama, Carmen Fugita, Sergio Kuwahara, Yuji Hiroishi.

 

Grupo de dança. Foto: Celia Kataoka

Grupo de dança. Foto: Celia Kataoka

 

A festa ficou ainda melhor com a apresentação do  grupo de dança de Indaiatuba e do Nipo Campinas Mitsuba Wadaiko, Mitsuba Yosakoi Soran e o Mitsuba Kids, coordenado por Angelaisa Gote, Patrícia Hayashi e Gabriela Sonoda de Campinas, além da surpresa com a performance de Angelo Gote e sua”dançarina”. Com som de Atsushi Abe, a noite foi especial  também com o tecladista Serginho e  com a dançarina Arita Hiromi, que encantou com a dança tradicional japonesa.

Com 85 anos de idade, Angelo Gote abrilhantou o jantar, dançando com  uma dançarina, uma  boneca  de pano presa em seus pés” e com os braços no pescoço. Ao som de várias músicas, o movimento dava a impressão de ser uma mulher de verdade, com trejeitos e rebolados comandados por Angelo de  forma  hilária divertindo todos os presentes.

 

Grupo de dança. Foto: Celia Kataoka

Grupo de dança. Foto: Celia Kataoka

 

Angelo começou com 75 anos e não parou mais. De três a quatro vezes, Angelo faz dança de salão e bom odori.  E hoje, com 85 anos não tem nenhum problema de saúde, vive transmitindo muita alegria a todos e serve de inspiração para muita gente. Angelaisa Gote, tem muito orgulho de seu pai, “ele é uma lição de vida muito bem vivida e sempre transmitindo alegria e me disse certa vez, para eu fazer tudo com muito amor que dá certo.”

(Celia Kataoka, especial para o Jornal Nippak)

 

 

 

Related Post

SANTO ANDRÉ: Culinária é destaque da 8ª Festa Tana... Com o objetivo de divulgar a cultura japonesa aos não descendentes de japoneses e também às novas gerações, a Sociedade Cultural do ABC (Bunka Kyokai)...
CULTURA: Oficinas de arte japonesa no Espaço Crian...   A Fundação Japão colabora com oficinas de arte japonesa no Espaço Criança Esperança de São Paulo. Dentre os países homenageados na semana de...
ARTES: Artistas e Poetas se reúnem na mostra “Imag... Exposição reúne trabalhos de 60 artistas (Foto: divulgação) A exposição “Imagem & Haicai” prossegue até o próximo dia 30, na Biblioteca Latino...
TEATRO: Espetáculo apresenta peças focadas exclusi... Gênero artístico reconhecido pela Unesco em 2001 como Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade, o Kyoguen – ao lado do Nô – é considerada a manife...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *