OSASCO: 8º Japan Matsuri confirma expectativas da Acenbo

A oitava edição do Japan Matsuri, realizada nos dias 10 e 11 pela Acenbo – Associação Cultural e Nipo-Brasileira de Osasco – em sua sede esportiva, no Jardim Umuarama, terminou com um saldo positivo. “Este ano, o evento teve como tema o ‘Voluntariado’ e mobilizou cerca de 600 pessoas, incluindo membros da Comissão Organizadora e diretores. O mais importante é que, no final, todos estavam com um sorriso no rosto. Isso não tem preço que pague”, disse o presidente da Acenbo, Sussumu Araki, na tarde desta segunda-feira ao Jornal Nippak.

 

8ª edição do Japan Matsuri confirma expectativas da Acenbo. Foto: Aldo Shiguti

 

Segundo ele, a edição deste ano confirmou as expectativas iniciais, que era receber um público estimado entre 15 e 20 mil visitantes nos dois dias de programação. “No sábado já tinha bastante gente, mas no domingo o movimento ficou ainda mais intenso em relação ao ano passado”, explicou Araki.

 

Autoridades, convidados e organizadores participam do tradicional ritual Kagami Biraki. Foto: Aldo Shiguti

 

Presente na cerimônia de abertura, o cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae – que, conforme antecipou com exclusividade o Jornal Nippak está embarcando de volta para o Japão no dia 9 de julho após estadia de dois anos no Brasil – parabenizou a Acenbo pela realização de mais um festival e lembrou que, “a comunidade japonesa em Osasco ao longo da história vem contribuindo para o desenvolvimento da sociedade local e também se empenhou muito em prol da preservação e divulgação da cultura japonesa no município”.

 

Prefeito discursa ladeado por Takahiro Nakamae, Ana Rossi e Araki. Foto:
Aldo Shiguti

 

Intercâmbio – “Como representante do governo japonês, quero expressar meus mais profundos respeitos”, disse Nakamae, afirmando que, “estas festas são muito importantes porque contribuem para o intercâmbio não só entre a comunidade nikkei e os moradores locais mas também através da relação de irmandade entre Osasco e a cidade japonesa de Tsu, contribuindo para uma amizade entre as nações”, enfatizou o cônsul, destacando que esta “contribuição é muto importante e merece um respeito enorme”. E finalizou sua fala esperançoso que, “através da participação de todos os senhores deste festival, aprofunde o intercâmbio e entendimento mútuo de diversas culturas”.

 

Cônsul Takahiro Nakamae discursa na abertura do Japan Matsuri. Foto: Aldo Shiguti

 

“Estreando” no Festival da Cultura Japonesa de Osasco na condição de prefeito, Rogério Lins pediu uma salva de palmas aos voluntários – tema do Japan Matsuri deste ano –, que contribuem “antes, durante e depois da festa”. O chefe do executivo lembrou que, idealizado em 2007, o Japan Matsuri foi realizado em 2008 para comemorar o Centenário da Imigração Japonesa no Brasil.

 

Takahiro Nakamae e o presidente da Acenbo, Sussumu Araki. Foto: Aldo Shiguti

 

“Graças ao empenho de pessoas como o Fábio Yamato [ex-secretário municipal de Cultura e atualmente suplente de vereador] este evento se tornou grandioso, divulgando a cultura e a culinária do Japão na Acenbo”, disse Lins, explicando que a Acenbo também faz um “trabalho maravilhoso em Osasco através do esporte”. “Osasco tem 55 anos de existência, é a segunda economia do Estado e a 8ª do país, e a Acenbo já tem 66 anos”, observou o prefeito, lembrando que Osasco conta com cerca de 3 mil famílias japonesas, que contribuem para o desenvolvimento do nosso município”.

 

Sergio Yamato e Fábio Yamato: apoiadores. Foto: Aldo Shiguti

 

De pai para filho – Um dos grandes apoiadores do Japan Matsuri desde o início, Sergio Yamato disse que o evento fica mais bonito a cada ano que passa. “Fui vereador em 1977 e presidente da Acenbo em 1975. Conheço toda a história e agora passo a bola para o Fábio”, brincou Sérgio, referindo-se ao filho.

 

Tema deste ano destacou os voluntários. Foto: Aldo Shgiuti

 

“A maior preocupação que a gente tinha desde o início era justamente dar continuidade a este trabalho, de 40 anos de vida pública, mas acho que conseguimos deixar uma marca também. Apesar de não ser um evento só nosso, ficamos orgulhosos de termos contribuído com essa bonita história e felizes em constatar que o Japan Matsuri é hoje o maior evento cultural de Osasco, um evento que os cidadãos e comerciantes aguardam com ansiedade durante o ano inteiro”, disse Fábio Yamato, que, como vereador, inseriu o Japan Matsuri no Calendário Oficial de Eventos do Município.

 

Presença de público no sábado. Foto: Aldo Shiguti

 

“Fico feliz de participar ativamente para que um evento como este não se perca e se perpetue, preservando assim não só as manifestações artísticas como a música, a culinária, a dança e as artes como também os valores, como o tema deste ano, que homenageou os voluntários. Na cultura japonesa, o mais importante não é o individual mas o trabalho coletivo. Poucas pessoas, que visitam a festa sabem o trabalho que é feito nos bastidores”, destacou Fábio Yamato.

 

Entrada com o tradicional torii. Foto: Aldo Shiguti

 

Atrações – Durante dois dias, os visitantes do 8º Japan Matsuri – Festival da Cultura Japonesa de Osasco – uma realização da Acenbo e do Ministério da Cultura com apoio da Prefeitura da Cidade de Osasco, Bunkyo, Consulado Geral do Japão em São Paulo, Sacolão Saúde, Sansuy, Sakura e Colégio Haya, pouderam conferir uma série de atrações como apresentações artísticas com grupos de taiko como o Todorokidaiko e Requios Gueinou Doukoukai, de dança (como a Associação Tottori) e shows com cantores como Ricardo Nakase, Joe Hirata e Karen Ito, além de oficinas e exposições e uma ampla área de alimentação.

 

Apresentação do cantor Ricardo Nakase. Foto: facebook/Ricardo Nakase

Voluntariado foi o tema deste ano. Foto: Aldo Shiguti

Hatsue Yasui Sensei. Foto: Aldo Shiguti

Kassa Odori com Tottori Kenjinkai. Foto: Aldo Shiguti

Tainá Akemy, Evelyn Naomi, Sayuri e Natalia Satie. Foto: Aldo Shiguti

Tiago, Hideki, João e Anselmo da Associação Brasileira de Ioiô. Foto: Aldo Shiguti

A cantora Karen Ito. Foto: Aldo Shiguti

Concurso de hashi. Foto: Aldo Shiguti

Dança da Acal. Foto: Aldo Shiguti

Departamento Mirim de Atletismo da Acenbo. Foto: Aldo Shiguti

Departamento de Atletismo da Acenbo. Foto: Aldo Shiguti

Exposição de bonecos. Foto: Aldo Shiguti

O mangaká Fábio Shin, da Japan Sunset. Foto: Aldo Shiguti

Departamento de Dança da Acenbo. Foto: Aldo Shiguti

Requios Gueinou Doukoukai. Foto: Aldo Shiguti

Apresentação do Todorokidaiko. Foto: Aldo Shiguti

Grupo de dança da Acal. Foto: Aldo Shiguti

Joe Hirata agitou o público do Japan Matsuri no domingo. Foto: arquivo pessoal

Arrow
Arrow
ArrowArrow
Slider

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

    Related Post

    INTEGRAÇÃO: 21ª Festa do Imigrante oferece atraçõe... Organizada há 21 anos pelo Museu da Imigração, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, a Festa do Imigrante reúne atrações tradic...
    HOMENAGEM: Câmara Municipal de São Paulo homenagei...   No último dia 24, em plena segunda-feira à noite, o Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo ficou lotado como há muito não se via. Afin...
    KENJINKAIS: Associação Cultural Ehime celebra 60 ...   A Associação Cultural Ehime Kenjin do Brasil realizou no último dia 10, nas dependências da Associação Hokkaido de Cultura e Assistência, na...
    COMUNIDADE: LINS ENCERRA FESTEJOS DOS 100 ANOS DA... Aproveitando a festa de confraternização de fim do ano, a Abcel (Associação Beneficente Cultural e Esportiva de Lins), entidade que congrega a comunid...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *