OSHIBANA: 16ª Exposição da professora Alice Imai acontece neste fim de semana no IACE

Acontece neste fim de semana, 11 e 12, das 9 às 18h30, no Instituto Iace, na Vila Mariana (zona Sul de São Paulo), a 16ª Exposição de Oshibana-e. Promovido pelo Ateliê Oshibana-e da professora Alice Midori Imai, ao lado de seus alunos, o evento reunirá 90 obras de oshibana-e, mais pingentes, marcadores de livros e cartões. Ao longo do evento, também acontecerá o sorteio de um quadro da professora Alice, “No Alvorecer da Caminhada”, com arrecadação revertida para o Graacc.

 

Luar de Outono, de Alice Midiri Imai. Foto: divulgação

 

Entre as obras expostas, estão as de autoria de Tieko Furuyama, assistente da Alice Midori Imai, vencedora do prêmio de bronze na categoria de Arte Craft, na Grande Exposição de Arte Bunkyo de 2016, e também de Kiyo Shima, Keiko Okura e Yoshimi Itogawa, alunos que foram selecionados neste mesmo concurso no ano passado.

Aos interessados em conhecer um pouco mais sobre a arte do oshibana e outras, como kirigami, origami e washi-e, haverá workshops de cada uma delas ao longo dos dias 11 (à tarde) e 12 (de manhã e à tarde). Já estão confirmadas, para os workshops de oshibana-e e origami do dia 11, as presenças de alunos da Escola Armando Arruda Pereira – EMEF, para que tenham a oportunidade de conhecer as artes japonesas.

 

Obra de Tieko Furuyama. Foto: divulgação

 

“Estas atividades desenvolvem a concentração e a criatividade, trazendo bem-estar e equilíbrio. Fazem com que esqueçamos os problemas e das preocupações do dia a dia e possamos até mesmo melhorar os nossos relacionamentos”, afirma a professora Alice.

Ainda para esta escola municipal, a Editora JBC, que está entre os apoiadores do evento, concedeu a doação de livros de culinária, de educação japonesa e mangás para a sua biblioteca, que beneficiará os 1129 alunos matriculados atualmente.

 

Mandala, de Keiko Okura. Foto: divulgação

 

Oshibana-e – O Oshibana-e é a arte das flores, folhas e galhos prensados. ‘Oshi’ em japonês significa prensar, apertar; ‘bana’ vem de flor; e ‘e’ significa desenho, arte.

Esta arte japonesa utiliza flores, folhas e galhos prensados para criar composições artísticas, quadros, objetos de decoração e presentes personalizados.

“Utilizamos uma técnica de prensagem, que mantém as cores naturais das plantas, desenvolvendo várias composições que trazem a natureza para os trabalhos em molduras e cartões, gerando obras de arte singulares”, revela a professora. No Japão, explica Alice, as empresas oferecem aulas de oshibana-e aos seus colaboradores, proporcionando relaxamento e concentração através da arte. “O oshibana-e desenvolve a capacidade de concentração e criatividade e não tem idade para começar aprender. Temos uma aluna de 92 anos, a sra. Kiyo, que faz quadros maravilhosos”.

 

No Alvorecer da Caminhada, Midori Imai. Foto: divulgação

 

 

XVI Exposição de Oshibana-e

Datas: 11 e 12 de novembro de 2017

Horário: das 9h às 18h30

Entrada franca

 

Workshops

Kirigami, Oshibana-e, Origami, Washi-e

Inscrição: R$ 20,00/pessoa (cada workshop) – inclui material

Dias e horários: dia 11 (9h30-10h30; 10h45-11h45) e dia 12 (9h30-10h30; 10h45-11h45; 14h-15h; 15h15-16h15; 16h30-17h30)

Local: Instituto Iace (Rua Frei Eusébio de Soledade, 84 – Vila Mariana, São Paulo (próximo à Estação do Metrô Ana Rosa). Informações: (11) 5573-8099 | e-mail: aliceimai@oshibana-e.com.br

 

 

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *