PARÁ: Câmara de Comércio Nipo-Brasileira celebra 30 anos e concede título de honra a Simão Jatene

O governador do Pará, Simão Jatene recebeu o título de Honra ao Mérito da Câmara de Comércio e Indústria Nipo-Brasileira do Pará, pela contribuição da administração estadual para o intercâmbio e desenvolvimento comercial nos municípios paraenses com forte comunidade nikkei. A comenda foi entregue para mais 20 personalidades e entidades no último dia 11, no hotel Princesa Louçã, em Belém, durante cerimônia que marcou os 30 anos da instituição e os 120 anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Japão-Brasil.

 

e: “Brasileiros e japoneses são muito diferentes, mas essa diferença não foi capaz de nos separar” (Foto: divulgação)

e: “Brasileiros e japoneses são muito diferentes, mas essa diferença não foi capaz de nos separar” (Foto: divulgação)

 

Simão Jatene sempre reconheceu a importância da presença nipônica no Estado que, em 2015, completa 86 anos. O Pará tem uma das maiores colônias do país, grande parte localizada na região nordeste. “Agradeço pelo reconhecimento e parabenizo a Câmara de Comércio e Indústria. Ao vivermos e dividirmos um momento como este, podemos celebrar vários significados, entre eles um que particularmente me toca e emociona, que é essa capacidade de superação e empreendedorismo”, afirmou.

O governador também ressaltou as diferenças culturais que contribuem para o desenvolvimento do Estado. “Brasileiros e japoneses são muito diferentes, mas essa diferença não foi capaz de nos separar. O que nos une é a percepção de que nenhuma diferença é maior que as nossas semelhanças, e sei que foi isso que motivou a criação da Câmara. As dificuldades machucam, mas as diferenças temperam. O desejo de todos é construir com a ação coletiva uma sociedade melhor e mais rica”, enfatizou Jatene.

Para o presidente da Câmara de Comércio, Fernando Yamada, a confiança entre o governo e a população japonesa é fundamental para as relações comerciais. “Estamos homenageando as autoridades que fizeram e fazem o máximo para que a comunidade nikkei possa se desenvolver no Pará. Temos indústrias na área de mineração, pesca, distribuição, comércio e muito mais espalhadas em todo o território paraense, e que cresce cada vez mais. O importante de tudo isso é a relação de confiança. O governador confia no nosso trabalho e nós confiamos no trabalho dele em prol do crescimento do Estado”, explicou. “O governo japonês também acredita no trabalho do Governo do Pará. Prova disso são as demonstrações vindas do embaixador e do príncipe, e isso para nós é um orgulho”, acrescentou.

Entre os homenageados também estavam o presidente da Assembleia Legislativa, Márcio Miranda; o prefeito Zenaldo Coutinho; os prefeitos de Santarém Novo, Sei Ohase, São Domingos do Capim, Alberto Nakata, Igarapé-Açu, Sandra Uesugi, Tomé-Açu, Josehildo Takeda, e Santo Antônio do Tauá, Sérgio Hiura; o cônsul principal do Consulado do Japão em Belém, Misahiko Kobayashi; o embaixador do Japão no Brasil, Kunio Umeda; a diretoria executiva do Sebrae-PA e diretores da Câmara; o presidente da Associação Pan-Amazônica Nipo-Brasileira, Yuji Ikuta; o presidente da Beneficência Nipo-Brasileira da Amazônia, Gilberto Yamamoto, e os deputados federais Walter Ihoshi (SP) e Luiz Nishimori (PR).

 

O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, também foi homenageado (Foto: divulgação)

O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, também foi homenageado (Foto: divulgação)

 

Parcerias – As relações comerciais entre o Pará e o Japão se estreitam ainda mais no que diz respeito ao agronegócio, com a produção de cacau no município de Tomé-Açu, cupuaçu, açaí e outras frutas. Os derivados desses produtos já começam a circular no mercado japonês, dinâmica ressaltada e comemorada pelo príncipe japonês Akishino e a esposa, a princesa Kiko, durante visita a Belém no mês de novembro.

Em 2014, o Pará registrou o segundo maior saldo da balança comercial brasileira, com US$ 13,3 bilhões, e o Japão tem participação nesse montante. O país é hoje o segundo destino com maior volume das exportações do Estado, superando US$ 1,2 bilhão, exemplo claro de uma relação consolidada, fruto de processo histórico que se intensificou com os investimentos japoneses em diversos setores. O embaixador do Japão, Kunio Umeda, por exemplo, esteve no Pará no início do ano para encontro em que foram articuladas parcerias nas áreas de desenvolvimento econômico e educação, entre outros.

No campo da segurança, houve a visita de intercâmbio da perita da Polícia Japonesa Hisami Ohashi, especialista em Polícia Comunitária, que participou de palestras e encontros com a Polícia Militar do Pará, fortalecendo ainda mais as colaborações já existentes. Outra prova da boa relação entre o Japão e o Pará é a contribuição da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) para a melhoria do transporte metropolitano. A empresa japonesa é responsável pelo planejamento e financiamento do projeto Ação Metrópole, que integra a implantação do BRT, e atua no Estado há quase 30 anos.

A aproximação entre Pará e Japão está também no campo cultural. O país foi homenageado durante a 19ª Feira Pan-Amazônica do Livro, comemorando os 120 anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação, além de processo imigratório, especialmente no Pará, Paraná e São Paulo. Durante dez dias, o evento recebeu mais de 400 mil visitantes, comercializou quase um milhão de livros e contou com uma programação variada com oficinas, seminários, apresentações musicais, cerimônias e danças típicas do Japão, entre outros. Além disso, no último mês de outubro, a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP) também integrou as ações comemorativas, com evento que teve a participação do solista japonês Ryu Goto.

 

 

 

 

 

Related Post

COMUNIDADE: CÔNSUL TAKAHIRO NAKAMAE PLANTA MUDA DE... Na manhã do último sábado, 17, o cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae, acompanhado de Angela Tamiko Hirata, diretora executiva da Japa...
PROJETOS COMUNITÁRIOS: Governo japonês entrega eq...   O Consulado Geral do Japão em Curitiba realizou, no último dia 4, a entrega oficial do microscópio especular para modernizar o serviço do Ba...
POLÍTICA: William Woo lamenta retorno à suplência ... O deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP) deixou o cargo de secretário Estadual de Turismo, que ocupava desde 2015, e retornou à Câmara dos Deputad...
EM BUSCA DAS RAÍZES: ASSOCIAÇÃO ORGANIZA 10º GRUPO... A associação Nippon Kaigi do Brasil está à procura de voluntários para integrar a 10ª delegação de voluntários para uma missão, no mínimo, inusitada: ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *