PARAGUAI: Princesa Mako participa da festa dos 80 anos de imigração japonesa

Realizada no último dia 9, na sede da Conmebol, na cidade de Assunção, a festa dos 80 Anos da Imigração Japonesa no Paraguai contou com a participação de uma comitiva japonesa integrada pela princesa Mako, além de políticos daquele país. A princesa, que retornou nesta quarta-feira (14) para o Japão, aproveitou a estadia no Paraguai para visitar algumas colônias.

 

Comemoração contou com a participação de 900 convidados, incluindo comitivas do Brasil e do Japão. Foto: Arquivo Pessoal

Comemoração contou com a participação de 900 convidados, incluindo comitivas do Brasil e do Japão. Foto: Arquivo Pessoal

 

Do lado paraguaio estiveram presentes o presidente Horácio Cartes, além dos presidentes dos poderes Legislativo e Judiciário, 11 ministros e governadores e prefeitos de diversas cidades.

Organizado pela Federação das Associações Japonesas do Paraguai, o evento mobilizou cerca de  200 voluntários e contou com apoio do embaixador do Japão no Paraguai, Yoshihisa Ueda.

A cerimônia foi marcada por homenagens aos pioneiros e a diversas pessoas das colonias. O evento contou ainda com discursos do presidente Cartes, da princesa Mako e do presidente da Comissão Organizadora, Hiromichi Maehara, além de apresentações culturais do Paraguai.

No total, participaram cerca de 900 convidados entre autoridades paraguaias, japonesas e também de outros países, como o Brasil e líderes nikkeis do México, EUA, Peru, Chile, Bolívia e Argentina.

Do Brasil estavam presentes cerca de 15 pessoas da APN Brasil, Nippon Country Club e Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), com destaque para Noritaka Yano, Valter Sassaki, Claudio Kurita, José Taniguchi.

 

Representantes brasileiros participaram da cerimônia. Foto: Arquivo Pessoal

Representantes brasileiros participaram da cerimônia. Foto: Arquivo Pessoal

 

Segundo Claudio Kurita, “vale ressaltar a importância dos japoneses no desenvolvimento agrário e econômico desse país, além dos investimentos através de empréstimos e cooperação técnica (Jica) ao longo desses anos. São cerca de 10 mil nikkeis e hoje existem diversas indústrias japonesas no país”, disse Kurita, lembrando que “todas as colônias estavam presentes, incluindo La Colmena – onde tudo começou –, Amambay, Pirapó, Yguazu, Ciudad de Este, Encarnacion, Federico Chavez.

 

Related Post

SÃO ROQUE: 20º Sakura Matsuri acontece neste fim d... Neste fim de semana (2 e 3), quem for ao Centro Esportivo Kokushikan Daigaku, em São Roque (SP), para a 20ª edição do Sakura Matsuri – Festival das Ce...
POLÍTICA: ‘Mudei de partido respalado pela legisla...   O ministro Dias Toffoli, do Tribunal Superior Eleitoral(TSE), em decisão monocrática tomada no último dia 27 negou o pedido de Paulo Rosenma...
CARPAS: Coordenado por Yasuyuki Hirasaki,  o Grupo... CARPAS – Coordenado por Yasuyuki Hirasaki,  o Grupo Amigos da Liberdade realizou no último dia 16, no tanque do CMSE (Comando Militar do Sudeste), no ...
BENEFICÊNCIA NIPO-BRASILEIRA DA AMAZÔNIA: Inaugura... Fundada em 26 de janeiro de 1965 com a antiga denominação de Associação de Assistência aos Imigrantes da Amazônia, a Beneficência Nipo-Brasileira da A...

One Comment

  1. Que a comemoração à Imigração Japonesa no Paraguai, bem vinda e fecunda, aconteça ao longo dos anos!!

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *