PARAGUAI: Princesa Mako participa da festa dos 80 anos de imigração japonesa

Realizada no último dia 9, na sede da Conmebol, na cidade de Assunção, a festa dos 80 Anos da Imigração Japonesa no Paraguai contou com a participação de uma comitiva japonesa integrada pela princesa Mako, além de políticos daquele país. A princesa, que retornou nesta quarta-feira (14) para o Japão, aproveitou a estadia no Paraguai para visitar algumas colônias.

 

Comemoração contou com a participação de 900 convidados, incluindo comitivas do Brasil e do Japão. Foto: Arquivo Pessoal

Comemoração contou com a participação de 900 convidados, incluindo comitivas do Brasil e do Japão. Foto: Arquivo Pessoal

 

Do lado paraguaio estiveram presentes o presidente Horácio Cartes, além dos presidentes dos poderes Legislativo e Judiciário, 11 ministros e governadores e prefeitos de diversas cidades.

Organizado pela Federação das Associações Japonesas do Paraguai, o evento mobilizou cerca de  200 voluntários e contou com apoio do embaixador do Japão no Paraguai, Yoshihisa Ueda.

A cerimônia foi marcada por homenagens aos pioneiros e a diversas pessoas das colonias. O evento contou ainda com discursos do presidente Cartes, da princesa Mako e do presidente da Comissão Organizadora, Hiromichi Maehara, além de apresentações culturais do Paraguai.

No total, participaram cerca de 900 convidados entre autoridades paraguaias, japonesas e também de outros países, como o Brasil e líderes nikkeis do México, EUA, Peru, Chile, Bolívia e Argentina.

Do Brasil estavam presentes cerca de 15 pessoas da APN Brasil, Nippon Country Club e Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), com destaque para Noritaka Yano, Valter Sassaki, Claudio Kurita, José Taniguchi.

 

Representantes brasileiros participaram da cerimônia. Foto: Arquivo Pessoal

Representantes brasileiros participaram da cerimônia. Foto: Arquivo Pessoal

 

Segundo Claudio Kurita, “vale ressaltar a importância dos japoneses no desenvolvimento agrário e econômico desse país, além dos investimentos através de empréstimos e cooperação técnica (Jica) ao longo desses anos. São cerca de 10 mil nikkeis e hoje existem diversas indústrias japonesas no país”, disse Kurita, lembrando que “todas as colônias estavam presentes, incluindo La Colmena – onde tudo começou –, Amambay, Pirapó, Yguazu, Ciudad de Este, Encarnacion, Federico Chavez.

 

Related Post

SILVIA IN TOKYO: CASCATAS DE FLORES DE AMEIXEIRAS ... SÃO MAIS DE 200 PÉS DE AMEIXEIRAS DE 30 VARIEDADES EM UM ESPAÇO DE 20 MIL METROS QUADRADOS     Ameixeiras do Jardim Suzuka no Mori T...
ATAQUE NA BAHIA: Governo da Bahia investiga invas... O governador Rui Costa determinou que a Secretaria da Segurança Pública (SSP) apure rigorosamente as invasões de terras ocorridas no oeste da Bahia e ...
SÃO PAULO: George Hato quer incluir faixas e semáf... O vereador George Hato (PMDB) apresentou Projeto de Lei que obriga a instalação de faixas e semáforos de segurança para travessia de pedestres próximo...
CINEMA: Apresentação do Bunkyo Cinema, que exibiu ... BUNKYO CINEMA – Realizado no último dia 9 pela Comissão de Incremento Social do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Soci...

One Comment

  1. Que a comemoração à Imigração Japonesa no Paraguai, bem vinda e fecunda, aconteça ao longo dos anos!!

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *