PARANÁ/120 ANOS: Paraná aguarda vinda de representante da família imperial

O Estado do Paraná comemora em 2015 os 120 anos de amizade entre os dois países, o Centenário da Imigração Japonesa no Norte do Estado e os 45 anos de irmandade entre o Estado do Paraná e a Província de Hyogo. Conforme antecipou o Jornal Nippak, estão sendo agendados uma série de eventos, além das atividades regulares que acontecerão ao longo do ano e que receberão o selo dos festejos.

Segundo o deputado federal Luiz Nishimori (PR-PR), coordenador geral do Setor Político e responsável pela recepção das autoridades, o ponto alto da programação deve ser a visita de um membro da família imperial japonesa. A visita deve ocorrer provavelmente em novembro, quando serão organizadas cerimônias alusivas à entrada dos primeiros imigrantes e aos 120 anos, respectivamente, em Cambará e em Londrina.

 

O embaixador Kunio Umeda discursa durante cerimônia que abriu as comemorações no Paraná (foto: divulgação)

O embaixador Kunio Umeda discursa durante cerimônia que abriu as comemorações no Paraná (foto: divulgação)

 

 

Abertura – No último dia 12, o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), e o embaixador do Japão no Brasil, Kunio Umeda, abriram oficialmente, no Palácio Iguaçu, em Curitiba, as comemorações dos 120 anos. A solenidade foi marcada por cultura e tradição japonesa, como a quebra de um barril de saquê, apresentação dos tambores e a cerimônia do chá.  A embaixada japonesa ofereceu um coquetel.

Participaram a vice-governadora Cida Borghetti; a embaixatriz Keiko Umeda; a secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; o cônsul-geral do Japão no Paraná, Toshio Ikeda, e a consulesa Akemi Ikeda; o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano, o diretor-presidente da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica), Satoshi Murosawa e os deputados federais Hidekazu Takayama (PSC-PR) e Luiz Nishimori (PR-PR), que também preside o Grupo Parlamentar Brasil-Japão. O embaixador cumpriu agenda no Paraná também nos dias 13 e 14. “A visita foi muito positiva”, destacou Nishimori, que em abril estará embarcando para o Japão com uma comitiva formada por cerca de 30 empresários japoneses.

Em seu discurso, Beto Richa , disse que “os japoneses tiveram um papel primordial no desenvolvimento do Paraná, especialmente em economia e cultura”. “O mais admirável de tudo é o laço cultural que nos une, em todos os sentidos, desde a gastronomia, tecnologia, costumes e na economia. Esse forte laço de amizade e de solidariedade acaba sendo tão importante quanto as contribuições na própria economia”, afirmou o governador.

Já o embaixador destacou que a relação entre os dois países tem sido muito importante para o desenvolvimento das nações. “Temos um grande respeito pelos brasileiros. Queremos, com essas comemorações, simbolizar o quão profundo são os laços entre o Brasil e o Japão”, afirmou Kunio Umeda.

Paraná é o Estado que reúne a segunda maior concentração de nikkeis do país, com cerca de 10% dos 1,5 milhão de pessoas, aproximadamente. A capital paranaense abriga 32 mil descendentes de japoneses,  ficando atrás atrás apenas da cidade de São Paulo. O Norte do Paraná tem um dos maiores núcleos de japoneses e seus descendentes, com mais de cem mil pessoas. O Japão, por sua vez, acolhe a terceira maior comunidade de brasileiros no exterior com mais de 175 mil pessoas.

 

Autoridades participam do tradicional ritual de quebra do barril (foto: divulgação)

Autoridades participam do tradicional ritual de quebra do barril (foto: divulgação)

 

 

Solidariedade – Richa destacou algumas ações que contribuiram para reforçar a amizade. Ele mencionou o Jogo da Solidariedade, realizado em 2011, em Curitiba, para ajudar as vítimas do terremoto e tsunami no Japão. “Foi algo extraordinário e recebemos a gratidão dos irmãos japoneses. Em 2005, como prefeito de Curitiba, Richa integrou uma missão organizada pela Câmara de Comércio Brasil-Japão, que visitou o Japão. Ele recebeu o título de Cidadão Honorário de Himeji, cidade-irmã de Curitiba, assim como uma Medalha de Honra ao Mérito. Na gestão de Richa na prefeitura foi iniciada a construção do Parque da Imigração Japonesa.

(Aldo Shiguti, com agências)

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

SÃO PAULO: Prefeito afirma que não aumentará IPTU;... O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que não vai revisar neste ano a Planta Genérica de Valores (PGV) que serve de base para o cálculo...
MEMAI: O JAPÃO É AQUI. OU NÃO?   Torii do Parque do Centenário da Imigração Japonesa, em Mogi das Cruzes.   Por Marília Kubota   Desde que os imigrant...
LÍNGUA JAPONESA: ORATÓRIA   A Fundação Japão em São Paulo promove, neste domingo (10), o 19º Concurso Nacional de Oratória em Língua Japonesa. Finalistas de 8 regionais...
HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *