PASSE JR: Grupo cede e passe poderá ser utilizado até o final do ano dos Jogos Olímpicos de Tóquio

O Grupo JR (Japan Railways Group), principal grupo ferroviário do Japão, anunciou no dia 31 de março que o passe JR (Japan Rail Pass) – destinado a pessoas que visitam o Japão com visto de curta permanência (turismo, negócios e visitas a parentes, por exemplo), poderá ser utilizado como vinha sendo, a partir de junho até o final do ano da realização das Olimpíadas de Tóquio, em 2020, por cidadãos japoneses residentes a mais de 10 anos no exterior. O comunicado foi divulgado justamente quando se daria a interrupção de sua venda no exterior.

 

Grupo cede e passe JR poderá ser utilizado até o final das Olimpíadas de Tóquio. Foto: reprodução

 

Aparentemente, conforme matéria publicada no jornal Nikkey Shimbun, o JR cedeu em respeito aos imigrantes idosos que desejavam visitar a terra natal em companhia de seus familiares na oportunidade das Olimpíadas, concedendo-lhes o direito de uso do Passe JR apenas durante esse período. A interrupção do benefício provocou uma série de manifestações na comunidade nikkei não só do Brasil como também de outros países.  Assinaturas foram coletadas em site em âmbito internacional.

Em março, o movimento já tinha coletado um total de assinaturas superior à meta inicial, que era de 7500 assinaturas.

Além disso, diversas entidades representativas da comunidade nikkei – entre elas o Bunkyo (Sociedade Brasleira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) e o Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil) –  encaminharam solicitações ao Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo, em nome do ministro Keiichi Ishii, para que o Grupo JR revogasse a resolução de 11 de novembro de 2016, em que a venda dos passes aos japoneses residentes fora do Japão não teria mais continuidade a partir de 31 de março de 2017.

Em resposta, o grupo JR tornou público, em 31 de março, a decisão de que “os cupons poderão ser adquiridos mesmo fora do Japão para o período entre 1º de junho  deste ano a 31 de dezembro de 2020 desde que se apresente o [passaporte japonês] e [um documento fornecido por órgãos diplomáticos que comprovem a residência no exterior de mais de 10 anos]”.

A utilização do Passe JR volta, assim, a ser permitida aos residentes no exterior por mais de 10 anos, dentro do período estabelecido.

Entrevistado pelo Nikkey Shimbun, o presidente do Kenren, Yasuo Yamada, comemorou. “Sem dúvida nenhuma foi uma ótima notícia. Podemos voltar a utilizar o passe por mais 3 anos, mas de qualquer forma, tivemos a nossa reivindicação atendida, pelo menos, para a nossa satisfação. As pessoas no Japão respeitaram a comunidade nikkei”, disse ele, acrescentando que a entidade também havia sido comunicada.

O australiano Yukiko Fujimaki, presidente da “Associação de Japoneses Residentes no Exterior em Prol do Passe JR”, promotora da coleta de assinaturas por site, disse que “a nossa voz e a da colônia japonesa no Brasil foram ouvidas”. Levamos uma empresa japonesa de grande porte a reconhecer a existência de japoneses residentes no exterior, e só isso já é um grande progresso. Queremos que continuem a nos ouvir, a nós, diretamente envolvidos, para que não surjam injustiças na regulamentação do direito de uso”, destacou Fujimaki.

 

Passe poderá ser uitlizado entre 1º de junho deste ano e 31 de dezembro de 2020. Foto: reprodução

 

Troca – A informação quanto à natureza do [documento fornecido por órgãos diplomáticos que comprovem a residência no exterior de mais de 10 anos] em termos concretos deverá ser dada a conhecer por site do Passe JR em fins de maio, segundo previsão.

A troca no Japão do Passe JR pela passagem poderá ser realizada entre 1º de junho de 2017 e 30 de março de 2020. O preço das passagens será o de venda, entre ¥ 29.110 e ¥ 59.350. Entretanto, cuidado: essa troca não será permitida em abril e maio.

 

(do jornal Nikkey Shimbun)

Related Post

LITERATURA: Alexandre Kishimoto faz pré-lançamento...   Cinema Japonês: Ambulantes de Bastos (foto: divulgação)   No dia 13 de março, às 19h no Auditório do Centro Cultural de Hiroshim...
RIO DE JANEIRO: ASSOCIAÇÕES NIKKEIS DO RIO REALIZ... A festa de Ano Novo no Rio de Janeiro – Shinnenkai RJ, realizada pelas quatro entidades japonesas junto ao Consulado Geral do Japão – aconteceu em 8 d...
INTERCÂMBIO: Coral do Tottori Kenjinkai do Brasil ... Vinte e cinco coralistas do Tottori Kenjinkai do Brasil participaram, no dia 21 de novembro, de um Concerto de Intercâmbio no Japão com o Coral Omokag...
ESTUDO NO JAPÃO: Prosseguem as inscrições para o P... A Associação Kaigai Nikkeijin Kyokai, com sede em Yokohama, está com inscrições abertas para bolsa de estudos do projeto “Nikkei Scholarship” (Projeto...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *