Pedra Fundamental é lançada no maior Parque Ecológico de Atibaia

 

No próximo dia 20 às 11 horas será lançada a Pedra Fundamental no Parque Ecológico localizado no bairro dos Pires em Atibaia.

Em uma área de 580 mil metros, a Associação Hortolândia de Atibaia irá desenvolver projetos educacionais, culturais, agrícolas e isso trará grandes incentivos ao turismo e a economia local. São diversas áreas envolvidas para valorizar o crescimento municipal.

O empreendimento tem foco no conceito sustentabilidade. O projeto prevê ecoturismo, captação de água de chuva para reaproveitamento, centro de tratamento de esgoto, áreas experimentais agrícolas, dentre outras. A visitação estará aberta em todas as áreas do Parque estimulando interesses diversos, vislumbrando a natureza e incentivando a qualidade de vida e o bem-estar do ser humano.

A intenção também é aumentar os turismos rural e urbano, apresentar exposições culturais e educacionais, além de convenções e palestras de âmbito relevante para a sociedade de modo geral.

O Parque Ecológico tem como estratégia elevar, ainda mais, o crescimento do município e do maior evento realizado pela Associação Hortolândia de Atibaia, a Festa de Flores e Morangos de Atibaia. Com este local, é previsto intensa movimentação no mercado, com geração de novos empregos, desenvolvendo a economia local, que hoje tem um orçamento de R$ 232,6 milhões.

Todos esses projetos iniciarão oficialmente no dia deste evento.A Pedra Fundamental simboliza o começo efetivo de uma edificação e é um dia que inspira muita alegria, segurança no trabalho e para os visitantes, sustentabilidade e responsabilidade. Características marcantes da gestão do presidente Nobuyuki Hiranaka na Associação junto aos governantes e a sociedade do município e da região.

Atibaia foi a cidade escolhida para a construção deste Parque porque acolheu os imigrantes japoneses, que hoje são cerca de 1.500 famílias. Eles fizeram a história da agricultura local e para a divulgação das flores, frutas e hortifrutigranjeiros que produzem, iniciaram a Festa de Flores e Morangos de Atibaia. Esse evento também é marcado pela aproximação dos povos e culturas e com isso, os brasileiros passaram a integrar este mundo de tecnologia e informação. Essa união é respeitada e vangloriada por todos que trabalham e a finalidade do senhor Hiranaka é que a este Parque seja miscigenado e cultive cultura, educação e entretenimento distintos. “Quero total interação entre a sociedade, poderes público e privado”, declarou.

Related Post

PALESTRA: Ciate realiza palestras preparatórias gr... O Ciate (Centro de Informação e Apoio ao Trabalhador no Exterior) informa suas próximas palestras preparatórias para quem pretende trabalhar no Japão....
Karaokê: Liga Centro-Oeste realiza seletiva para o... A Liga Centro-Oeste da Canção Japonesa, presidida por Pedro Mizutani, realizou a 13ª Seletiva para o Abrac (Associação Brasileira de Canção), com a pa...
RAÍZES: 17ª Festa do Imigrante celebra cultura e d... Nos dias 27 de maio e 03 de junho, São Paulo vai celebrar a cultura e as tradições das diferentes comunidades imigrantes que representam a mistura de ...
SUSTENTABILIDADE: Projeto leva engenheiro nikkei a... Em sua segunda faculdade, o nikkei Jorge Saito, de 64 anos, é estudante do curso de Comércio Exterior da Faculdade de Tecnologia (Fatec) de Itapetinin...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *