PERFIL: Um cidadão chamado Oswaldo Takata, da construção a solidariedade

 

O empresário e administrador Oswaldo Kazumi Takata fala com sotaque carregado e jeito simples de homem do interior, sobre suas conquistas desde o plantio de verduras, o caminhão velho até os dias de hoje. Iniciou a entrevista falando da sua infância pobre na cidade de Álvares Machado, no interior paulista. Desde os 9 anos de idade começou a trabalhar como verdureiro, plantando e vendendo verduras, legumes de porta em porta para ajudar no orçamento da família. Aos 17 anos com a saúde do pai abalada tornou-se arrimo de família, responsável pelos 8 irmãos mais novos. Desde muito jovem já pensava em novos negócios, pois achava que a vida como simples lavrador não o levaria muito longe e sua grande preocupação era o bem estar da família. Foi quando decidiram trocar a vida do interior e veio tentar a sorte na cidade grande. Chegando a São Paulo tentaram vários negócios e nenhum com muito êxito, até que só lhe restou um caminhão velho que ele não poderia imaginar o quanto mudaria sua vida.

 

Um cidadão chamado Oswaldo Takata, da construção a solidariedade (Foto: Luci Judice Yizima)

 

 

O administrador Oswaldo Takata revela que conseguiu trocar o caminhão velho por uma loja de 50 mt². “Troquei o meu velho caminhão por uma lojinha que ficava em meio à comunidade na zona Sul. Ao longo dos anos trabalhamos dia e noite, veio à recompensa, aquela pequena loja se transformara em uma grande loja no setor da construção, com 47 mil mt² e mais de mil funcionários diretos”, orgulha-se. “A Conibra passou a ser um dos maiores depósitos de material de construção da capital paulista de acordo com a Associação dos Revendedores de Materiais e Acabamento de Construção de São Paulo. Não posso esquecer jamais dos primeiros clientes daquela lojinha de 50 mt². Eram simples operários, diaristas extremamente honestos, às vezes compravam e anotavam na caderneta”, lembra Takata.

 

“Devo muito a essas pessoas humildes. Aprendi muito com eles, foram eles que nos mostraram todos os caminhos para um futuro melhor. E em retribuição e gratidão a essa comunidade abraçamos várias entidades da região dando assistência em diversas áreas, e principalmente na área da saúde”, garante. “Hoje a família dedica-se ao segmento de locação imobiliária. Também sou rotariano com muito orgulho, contribuir com a Fundação Rotária é a certeza e convicção que seu dinheiro está sendo administrado com muita eficiência por um bem maior. Os projetos humanitários promovidos pela Fundação Rotária pelo mundo, nos faz crer que estamos financiando a harmonia, compreensão, entre os homens e ajudamos a estabelecer a paz entre as nações”, destaca.

 

Sua maior alegria é a família, sua esposa Hisame Uchida Takata, seu filho engenheiro Cláudio Hiroshi Takata e sua esposa a empresária Cristiane Marie Tsuda Takata, e o mascote da família o neto Artur Kazuhiro Takata.

 

Para o paulista Takata, o trabalho é um prazer que lhe dá o direito de fazer filantropia para várias entidades. Ele tem a seguinte filosofia: “sou um privilegiado, tenho a oportunidade de retribuir um pouco daquilo que nós devemos à sociedade”, comemora. Valoriza uma boa amizade e respeito ao próximo.

 

Para finalizar, Takata diz que o Brasil é maravilhoso, o país das oportunidades, que vai crescer na crise e ou sem crise, o crescimento é sinônimo de riqueza. Em sua opinião, referente à política é imparcial, acredita que o país está numa boa fase. No entanto acrescenta, “temos um desafio pela frente, que com a ajuda de Deus, nós venceremos os perversos que contaminam o nosso país”.

 

 

(Luci Júdice Yizima)

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

INCLUSÃO DIGITAL: ‘Internet para Todos’ leva inclu... Mais de 55 milhões de brasileiros terão acesso facilitado à internet com o programa ‘Internet para Todos’, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inova...
RIO: RIO NIKKEI FESTEJA SEU 40º ANIVERSÁRIO   No último dia 15, cercado de carinho pela comunidade presente, a Associação Nikkei do Rio de Janeiro comemorou seu 40º Aniversário na sede à...
MÚSICA: Concerto celebra os 105 anos da imigração ...   Apresentação, palestra e workshop abertos ao público revelarão a arte do shakuhachi, uma flauta milenar japonesa   Os 105 anos do...
LITERATURA: Câmara do Comércio e PWC lançam Glossá...   Em mais uma ação de apoio ao desenvolvimento empresarial, em 09 de agosto, a Câmara do Comércio e Indústria Brasil-Japão em parceria com a e...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *