POLÍTICA: ‘A política nacional precisa ser moralizada’, diz Nishimori

O deputado federal Luiz Nishimori (PR-PR) esteve presente na votação onde foi aprovada a cassação do mandato do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Dos 513 deputados que compõe a casa, 470 estiveram presentes e votaram a questão, com um resultado de 450 a favor da cassação, 9 abstenções e 10 contra.

 

O deputado Luiz Nishimori, que votou pela cassação de Cunha. Foto: divulgação

O deputado Luiz Nishimori, que votou pela cassação de Cunha. Foto: divulgação

 

Segundo Nishimori, o Brasil é um País rico em recursos e possui um grande potencial, mas para se desenvolver precisa de ordem, “precisamos valorizar o que precisa ser valorizado, melhorar o que precisa ser melhorado, mas também precisamos mudar o que precisa ser mudado, me posicionei de maneira coerente desde o início no impeachment da ex- presidente Dilma, e agora votei a favor da cassação do deputado Eduardo Cunha’”.

Ainda segundo Nishimori a política precisa de mudanças, “a política brasileira precisa ser moralizada, pode parecer que estamos dando pequenos passos, mas o impeachment da ex-presidente Dilma e agora a cassação do Eduardo Cunha, já são atitudes que estão mudando a história da política brasileira, precisamos moralizar e dar credibilidade as nossas ações”, concluiu.

 

 

Related Post

YUI – TRIO DE INSTRUMENTOS TRADICIONAIS DO JAPÃO... Classificação: Livre Duração: 90 minutos Capacidade: 622 lugares Onde: Centro Cultural São Paulo – CCSP – Sala Adoniram Barbosa (Rua Vergueiro 10...
Wakaba, de Curitiba, representará o Brasil no Camp... O grupo Wakaba Taikô, da Associação Cultural e Beneficente Nipo-Brasileira de Curitiba, vai representar o Brasil no “14º Campeonato de Taikô Junior” q...
AMAZONAS: Governador José Melo recepciona novo côn... O governador do Amazonas (AM), José Melo (Pros) recebeu, no último dia 17, na Sede do Governo, o novo cônsul geral do Japão em Manaus, Shuji Goto, que...
EXPOSIÇÃO: Exposição revela a relação do poeta Gui...   A Casa Guilherme de Almeida apresenta, até o dia 27 de julho, a exposição Guilherme de Almeida e a Cultura Japonesa. Serão apresentados ob...

One Comment

  1. Faltou a redação informar que “sua excelência” é investigado pelo Supremo Tribunal Federal por estelionato majorado, formação de quadrilha e crimes contra a fé pública. A “capivara” é extensa: ele caiu na rede lançada pela Polícia Federal na Operação Gafanhotos, conduzida pela PF no Paraná, que apura denúncias de peculato, estelionato e sonegação fiscal.

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *