POLÍTICA: Encontro com candidatos quer ‘despertar a cidadania’ e ‘estimular’ a comunidade nikkei

 

A Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (Bunkyo) e a Associação Brasileira de Ex-Bolsistas do Gaimusho convidam o público em geral para participar do “Encontro com candidatos aos cargos de Deputados Federais e Deputados Estaduais”, que será realizado no dia 20 de setembro, no Pequeno Auditório do Bunkyo, no bairro da Liberdade.

 

Kiyoshi Harada e Nagato Hara durante a coletiva (foto: Aldo Shiguti)

Kiyoshi Harada e Nagato Hara durante a coletiva (foto: Aldo Shiguti)

 

O primeiro passo foi dado no dia 15 de agosto, quando ficou constituída os membros da Comissão Organizadora, que terá como presidente Kihatiro Kita, mandatário do Bunjkyo e como coordenador geral o jurista Kiyoshi Harada, que preside o Conselho Deliberativo da entidade. Nagato Hara foi nomeado secretário geral. Também integram a comissão: o vice-presidente Jorge Kuma Sototuka (presidente do Gaimusho) e os membros Eduardo Goo Nakashima, Roberto Nishio, Armando Kihara, Jorge Yamashita, Carlos Kendi Fukuhara, Raimundo Uezono, Anacleto Hanashiro e Oscar Tetsuo Urushibata. O evento deve reunir 16 candidatos, sendo oito para o cargo de deputado estadual e outros oitopara deputado federal.

Com início às 8h30 e término previsto para às 13 horas, o Encontro será dividido em duas etapas. A primeira, das 8h30 às 10h30, reunirá oito candidatos ao cargo de deputado estadual, sendo que os atuais – Jooji Hato (PMDB) e Hélio Nishimoto (PSDB) são convidados natos. Os outros seis, de uma lista de 32 candidatos – de acordo com levantamento da própria Comissão –, serão definidos por sorteio.

A segunda etapa, com início às 11 horas, estendendo até às 13 horas. São convidados natos os deputados Junji Abe (PSD), Keiko Ota (PSB) e Walter Ihoshi (PSD). Os outros cinco serão sorteados de uma lista de 34 nomes apurados pela Comissão.

Tanto a primeira como a segunda etapa terão três módulos cada. No primeiro, os candidatos farão perguntas entre si; no segundo, as perguntas serão abertas para o público e no terceiro, as perguntas serão elaboradas pelos jornalistas.

As perguntas devem estar relacionadas com um dois oito temas estabelecidos pela Comissão – Educação, Saúde, Segurança Pública, Infraestrutura, Habitação, Ética na Política, Participação dos Nikkeis na Política e Meio Ambiente –, e devem ter duração de um minuto. No caso do público, as perguntas serão feitas por escrito. Os candidatos terão até três minutos para responder cada pergunta. No caso do primeiro módulo, com pergunta de candidato para candidato, caso o candidato que fez a pergunta para outro candidato (a ser definido através de sorteio feito na hora) se sinta “ofendido”, poderá solicitar direito a resposta e caberá a Mesa decidir se ele terá ou não direito a réplica.

Ao final do terceiro módulo de cada etapa, caberá ao coordenador geral fazer as considerações finais num prazo de 10 minutos.

Segundo Harada, o objetivo do Encontro, o terceiro deste tipo organizado pelo Bunkyo,  é “despertar a cidadania e estimular os membros da comunidade nipo-brasileira a participar do processo de escolha dos candidatos mais preparados para o exercício da representação popular”.

 

Membros da Comissão Organizadora do encontro com candidatos (foto: Aldo Shiguti)

Membros da Comissão Organizadora do encontro com candidatos (foto: Aldo Shiguti)

 

 

Subraça – “Questionando e ouvindo os candidatos, cada cidadão participante terá a oportunidade de ajudar a eleger aqueles que ostentarem qualidades indispensáveis de probidade, conhecimento e competência para o exercício do mandato popular”, destaca Harada, explicando que “sabemos da estreita relação da comunidade nipo-brasileira com os políticos nikkeis, mas também sabemos que a comunidade demonstra pouco interesse no processo de escolha desses políticos, o que é mais importante”.

Apesar disso, Harada explica que, culturalmente, a comunidade nipo-brasileira tem por tradição uma participação maior e mais efetiva na política do que os nikkeis de outros países da América Latina e até mesmo dos Estados Unidos. “Na Argentina, por exemplo, eles são totalmente avessos e não querem nem ouvir falar de política. No Brasil temos bastante participação na política, o que resulta em nikkeis mais bem preparados para ocupar os mais variados postos na sociedade brasileira. O que falta é um engajamento maior no processo de escolha”, conta Harada, lembrando que “há 15 ou 20 anos venho batendo na mesma tecla”.

“Sem a participação na política não somos nada. É a participação na política que abre as portas para mundo, é a representação nas três esferas – municipal, estadual e federal – que cria um clima de respeitabilidade. Sem essa participação seríamos vistos de cimapara baixo, como subraças”, afirma Harada.

(Aldo Shiguti)

 

SERVIÇO

Encontro com candidatos aos cargos de Deputados Estaduais e Deputados Federais

Quando: Dia 20 de setembro, a partir das 8h30

Onde: Pequeno Auditório do Bunkyo (Rua São Joaquim, 381)

Informações pelo telefone: 11/3208-1755

 

 

 

 

 

 

=========================================================================

 

 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

COMUNIDADE: Bunkyo celebra chegada do Ano Novo O Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) realizará a tradicional Cerimônia de Comemoração do Ano Novo no dia 6 de j...
MOVIMENTO JOVEM: 17º Movi-Mente reúne cerca de 120...   Durante nove dias, 120 jovens, a partir de 14 anos e de várias localidades do Brasil, Peru e Paraguai, participaram das atividades do 17º Movi...
EXPOSIÇÃO: Arte em Forma de Amor” terá obras...   O Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) sediará, no próximo dia 3, a terceira edição da exposição beneficente “Arte em Forma de Amor”, a part...
KENDÔ: Brasil busca manter hegemonia no 4º Campeon... A seleção brasileira de kendô inicia amanhã (14), em Mérida, no México, sua participação do 4º Campeonato Latino-Americano de Kendô, que prossegue até...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *