POLÍTICA: Presidente do PMDB de Sinop, Jorge Yanai, luta por mais representatividade

 

O ex-suplente de senador e médico Jorge Yanai foi eleito, no último dia 25, o novo presidente do Diretório do PMDB de Sinop (MT). A chapa foi formada ainda pelo deputado estadual Baiano Filho e pelo atual prefeito de Sinop, Juarez Costa – que foi seu adversário em 2008 – como um dos delegados.

 

Objetivo é mostrar a importância de Sinop para o Estado de Mato Grosso e para o resto do país (foto: Geraldo Magela)

 

Isso quer dizer que durante os próximos dois anos o nikkei irá comandar o partido na quarta maior cidade de MT. “Para mim é motivo de muito orgulho, pois o PMDB é o maior partido do país. Temos o vice-presidente da República, que é o Michel Temer, e estamos afinados com o governador do Estado, Silval Barbosa, e o prefeito, Juarez Costa. Todo esse alinhamento tem ajudado Sinop a se fortalecer economicamente”, disse Yanai, lembrando que o município conta hoje com cerca de 150 mil habitantes – com expectativas de ultrapassar 200 mil nos próximos anos – e é considerado atualmente o principal pólo econômico e universitário da região.

Yanai enumera os motivos que contribuíram para o progresso de Sinop. Em julho, foi inaugurado o escritório da Embrapa [Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária] Agrossilvipastoril, o primeiro Centro de Pesquisa da empresa em MT.

A unidade instalada em Sinop tem 8.500 metros quadrados de área construída e conta com 24 laboratórios multiusuários, além de salas de reuniões e um auditório com capacidade para 120 pessoas. “Trata-se da maior estrutura da Embrapa depois de Brasília”, orgulha-se Yanai, que entrou para a história da comunidade nipo-brasileira e do país ao se tornar, entre maio e agosto de 2010, o primeiro nikkei a assumir uma cadeira no Senado Federal – então pelo Democratas.

Outro setor que cresceu muito, explica Yanai, é o da educação. “Temos duas universidades públicas, a Universidade Federal de Mato Grosso e a Universidade do Estado de Mato Grosso, sendo que pelo Campus Universitário da UFMT circulam entre 12 e 15 mil universitários de todo o país”, explica o ex-senador, antecipando que para o próximo ano existe a expectativa para o primeiro vestibular da Faculdade de Medicina.

Para Yanai, a importância de Sinop para o Estado de Mato Grosso não pode ser medida apenas não campo da educação. “Contamos também com uma unidade do Sesi e estão previstas a construção de uma unidade do Sesc (Serviço Social do Comércio) e a instalação do Exército. Com isso, o comércio também progrediu bastante”, conta.

“Desta forma, Sinop passa a ser o centro de toda a região por ser um centro de excelência não só em educação, mas também em prestação de serviços”, comemora Yanai, lembrando que o “carro-chefe” continua sendo o setor de agronegócios.

“Por tudo isso, Sinop é hoje uma referência e, se algum dia ocorrer uma divisão do Estado – o que não deve acontecer tão cedo – Sinop se tornará uma capital de Estado pela estrutura que tem”, destaca Yanai, acrescentando que uma das deficiências de Sinop é o transporte de cargas.

“Somos hoje o coração do país, mas com extrema dificuldade para escoar sua produção.

Temos que produzir mais que outras localidades para sermos competitivos e compensar nossa dificuldade com o transporte. Melhorando o acesso rodoviário e investindo em hidrovias e ferrovias, Sinop será o melhor lugar para se produzir e ganhar dinheiro porque está perto de tudo”, diz o ex-senador, explicando que “os três modais se complementam”. “Temos a Ferronorte que vai interligar porto Velho (RO) e Santarém (PA), passando por Cuiabá (MT) até o porto de Santos. O grande salto, no entanto, será dado com a viabilização da hidrovia Teles Pires-Juruena-Tapajós, que deve reduzir em 60% o custo com o frete. Hoje, temos que descer até o porto de Paranaguá ou subir até Santos”.

E é justamente essa visão otimista e uma estrutura “já montada” em Sinop que Yanai pretende mostrar não só para o estado de Mato Grosso como também para o resto do país”.

 

Yanai entrou para a história como o primeiro senador nikkei (foto: divulgação)

 

 

Futuro – “A ideia é valorizar o partido e também mostrar que Sinop já está acontecendo com todos esses benefícios. Pelo impacto e peso no campo do desenvolvimento e econômico, Sinop tem que ter peso. E como líder do PMDB pretendemos impor essa representatividade junto aos governos estadual e federal”, afirma Yanai, lembrando que o PMDB de MT conta atualmente com um titular – Carlos Bezerra – e um suplente – Professor Victorio Galli -, na Câmara dos Deputados, e três deputados na Assembleia Legislativa.

Para Yanai, a visibilidade pode ser importante para suas pretensões. “Não falo por mim, mas o PMDB tem todas as condições de ter representantes seja como senador, como vice-governador e até mesmo como governador. Falo isso com autoridade de quem há 33 anos mora em Sinop. Ou seja, a cidade foi fundada em 1974 e eu cheguei aqui em 1979. Então, posso me considerar um dos pioneiros, com história, e com uma boa liderança no Estado, que tem poucos habitantes”, destaca Jorge Yanai.

(Aldo Shiguti) 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

HOMENAGEM: Ato solene na Assembleia paulista homen... No último dia 9, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo homenageou as vítimas das bombas atômicas lançadas pelos Estados Unidos nas cidades d...
REGISTRO/ESPECIAL: Conheça a história do Tooro Nag... Há cerca de 60 anos, um viajante japonês passou pela região de Registro e hospedou-se numa pensão de Seta Barras. Certa manhã, desceu ao rio para lava...
ESPETÁCULO: Fukuda Cello Ensemble se apresenta no ... Um dos grupos de formação do Instituto Fukuda, a Fukuda Cello Ensemble (FCE) apresenta neste domingo (28), às 11 horas, concerto no Auditório Masp Uni...
ELEIÇÕES 2016/OPINIÃO: A importância da escolha ac... Jurista Kiyoshi Harada   Estamos a poucos dias das eleições que irão escolher os Vereadores da Câmara Municipal da maior cidade da América La...

One Comment

  1. Excelente reportagem. Escrita boa, sem erros, texto limpo.
    Com relação a política penso que o PMDB mesmo com alguns represententes que não estejam a altura de ser filiados é um dos melhores do país na atualidade.

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *