POLÍTICA: Próxima unidade do Centro de Referência e Apoio a Vítimas receberá o nome de Ives Ota

O secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania, Aloísio de Toledo César, recebeu no dia 2 de março, a deputada federal Keiko Ota (PSB-SP) para articular ações conjuntas de atendimento a jovens excluídos. Para marcar a parceria, a próxima unidade, que será a décima, do Centro de Referência e Apoio a Vítimas receberá o nome do filho da deputada, Ives Ota, morto em 1997 aos oito anos após ser sequestrado e que se tornou ícone da luta contra violência.

 

A deputada Keiko Ota com o secretário Aloísio de Toledo César (Foto: divulgação)

A deputada Keiko Ota com o secretário Aloísio de Toledo César (Foto: divulgação)

 

Toledo César e Keiko Ota conversaram também sobre uma articulação que objetive a inserção de jovens excluídos na sociedade por meio de trabalho. A ideia será aplicada com o Programa Jovem Aprendiz, projeto para adolescentes aprenderem uma profissão. A lei federal 10.097/00 diz que todas as empresas são obrigadas a contratar no mínimo 5% e no máximo 15% de aprendizes do total do número de empregados.

“Essa ação poderá ajudar muitos menores”, enfatizou Toledo César. O programa será, sobretudo, direcionado a jovens infratores da Fundação Casa. Uma inciativa parecida foi pensada no Paraná.

“Nesse estado, uma equipe multidisciplinar que envolve pedagogos, psicólogos e assistentes sociais acompanha o jovem durante todo o processo de Jovem Aprendiz”, explicou a coordenadora do Centro de Referência e Apoio a Vítimas, Cristiane Pereira, também presente na reunião. “Os menores são inseridos no trabalho do Tribunal de Justiça e nas varas. A taxa de recuperação é alta”.

Keiko acredita que ações como essa contribuem para a diminuição da violência. “Precisamos fazer com que o jovem entenda que há recuperação para ele. Muitos não têm mais esperança”, destacou a deputada. “Precisamos ajudar esses jovens a mudarem de vida e voltarem a sonhar. Se fizermos um trabalho com amor e sonhos, nós vamos dar opção a eles além do crime e da violência”.

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

MEMAI: GASTRONOMIA | UMA EXPERIÊNCIA DE COMFORT FO...     O cuidado com a estética visual na gastronomia é um consenso nas mesas japonesas. Da comida caseira à alta gastronomia, todos ...
COMUNIDADE: Bunkyo define cronograma para o proces... Considerada a principal entidade representativa da comunidade nipo-brasileira, o Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Soc...
SÃO PAULO: PREFEITO JOÃO DORIA PODE IMPLEMENTAR LE... Após mais de dez anos de luta contra a especulação imobiliária e a favor do verde, a lei do vereador Aurélio Nomura, líder do governo na Câmara Munici...
INVESTIMENTOS: JAPONESA HOYA ABRE FÁBRICA DE LENTE... A fabricante japonesa de lentes ópticas Hoya iniciou, em Barueri, na região metropolitana de São Paulo, as operações de seu segundo laboratório no Bra...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *