POLÍTICA: ‘Retornei porque sou um guerreiro’, diz Jooji Hato em sua volta à Assembleia Legislativa de São Paulo

Depois de quase três meses afastado de suas funções na Assembleia Legislativa de São Paulo por conta de um AVC (Acidente Vascular Cerebral), o deputado estadual Jooji Hato (PMDB) retornou à Casa na tarde desta quarta-feira (6). Em um discurso bastante emocionado – em que chorou por diversas vezes – Jooji Hato disse que “retornei porque sou um guerreiro e quero ajudar esta Casa a conquistar projetos que possam melhorar a qualidade de vida de todos”.

 

O Deputado Estadual Jooji Hato. Foto Arquivo

 

Neste momento, o parlamentar não conteve as lágrimas. “São lágrimas de felicidade. Existem lágrimas de saudade mas as minhas são de alegria e de reconhecimento. Vim aqui trazer a minha gratidão a cada um dos meus companheiros que na minha ausência de quase três meses deram total solidariedade e oraram por mim e fez com que a luz divina me ajudasse muito, fez com que minha protetora – Nossa Senhora Aparecida – me ajudasse muito no seu manto sagrado. Fizeram um abaixo-assinado e oraram para o meu pronto restabelecimento”, disse Jooji, lembrando que sofreu dois AVCs.

Hato agradeceu o trabalho do neurologista Eduardo Mutarelli, que o operou e o tirou do coma. “Hoje, passando por uma consulta de reavaliação, ele me deu alta e meu filho, o vereador George Hato, que me acompanhou, disse ao médico, o renomado neurocirurgião se podia liberar meu pai para os serviços leves e aí o Dr. Mutarreli falou: ‘não, ele está liberado para fazer os serviços mais difíceis, que ele volte para a Assembleia e ajude a população’. Foram as palavras do Dr. Mutarelli, por quem tenho uma gratidão muito grande e por todos os médicos e paramédicos”.

Jooji agradeceu também os fisioterapeutas e fisiatras, segundo ele, uma especialidade da Medicina que tem que crescer muito. “Cada acidentado, cada baleado, cada esfaqueado, cada paciente de AVC ou AVCH (Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico), certamente tem que passar por esse especialista. E tem milhares e milhares de fisiatras que estão passando por necessidade, precisam de equipamento e eu vou ser aqui [na Assembleia], um soldado na busca de recursos para estes hospitais, a Rede de Reabilitação Lucy Montoro, liderada pela Linamara Batistela”, disse o parlamentar, afirmando que já está recuperando parte de seus movimentos e da visão – “os músculos voltaram a funcionar, mas os membros inferiores são mais difíceis de recuperar”.

A segunda interrupção foi quando Jooji Hato disse que “volto como guerreiro e quero voltar agora como um samurai da fisiatria, porque é a fisiatria que vai ajudar os policiais que foram baleados”. “Quero aproveitar a oportunidade e continuar batendo na mesma tecla, não adianta o presidente dos Estados Unidos – o homem mais poderoso do planeta – chorar e orar pelas vítimas de Las Vegas e de outros homicídios coletivos se não desarmarmos e fiscalizarmos”, destacou o deputado, que agradeceu ainda o apoio do deputado Campos Machado.

Jooji Hato finalizou seu discurso com um recado para a população. “Estamos avistando já o final do ano, o Natal o Ano Novo, desejo muita saúde porque a saúde é a maior riqueza do ser humano e tem que ser preservada a qualquer custo”, concluiu Jooji Hato sob aplausos dos deputados presentes, entre eles Barros Munhoz, Carlos Giannazi, Leci Brandão, Coronel Camilo, Coronel Telhada e o Dr Ulysses.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *