POLÍTICA: William Woo elege prioridades em seu 2º mandato na Câmara dos Deputados

Em cerimônia realizada no último dia 9, no Plenário da Câmara, o deputado federal William Woo (PV-SP) tomou posse para seu segundo mandato. Primeiro suplente do partido, ele assume a vaga do titular Roberto de Lucena (PV), empossado como secretário de Turismo do Estado de São Paulo. Em entrevista ao Jornal Nippak logo após a cerimônia de posse, Woo disse que deveria ter assumido na sexta-feira (6), mas a sessão não foi realizada por falta de quórum.

“Agora é trabalhar para conseguir uma vaga na Comissão de Relações Exteriores ou na Comissão de Segurança Pública. Uma definição só deve ocorrer depois do Carnaval, mas já iniciamos negociações com os líderes dos partidos. Em todo caso, não somos nós que escolhemos, temos que aguardar para ver com quantas vagas o PV vai ficar”, antecipou o deputado, cuja posse gerou expectativas na comunidade nipo-brasileira.

 

"Estou assumindo como se o mandato fosse permanente" (foto: divulgação)

“Estou assumindo como se o mandato fosse permanente” (foto: divulgação)

 

 

Sonho – Explica-se. O mandato estava sendo disputado também pelo presidente nacional do PV, José Luis Penna, segundo suplente do partido. Desde o início, porém, Woo deixou claro que só pediria afastamento do cargo de deputado caso fosse indicado para  algum cargo do Executivo paulista “de seu interesse”. Como isso não ocorreu, Woo acabou tomando posse. “Sempre vou ficar no aguardo de um convite pois minha na minha vida pública sempre foi em busca de cargos majoritários. Mas estou assumindo como se estivesse assumindo de forma permanente”, garantiu Woo, afirmando que seu sonho continua sendo atuar na área de Desenvolvimento Econômico.

Enquanto isso não acontece, ele pretende dar continuidade aos projetos que considera prioritários como questões que mexem  com o Estatuto da Criança e do Adolescente; do menor infrator; do desarmamento que, para ele, deve ser flexível quanto ao porte de arma residencial; e na questão da bala perdida, “pois quem provoca o tiroteio deve responder por homicídio”.

Segundo ele, as comemorações dos 120 Anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil-Japão serão uma ótima oportunidade para reeditar uma parceria que deu certo nos festejos do Centenário da Imigração Japonesa do Brasil. Trata-se da dobradinha com o deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP). “Já visitei alguns membros da comunidade nipo-brasileira daqui de Brasília e a expectativa é a melhor possível. Uma das maiores notícias para São Paulo é que o Estado receberá o Japan House, que será arcado pelo governo japonês. Na minha opinião, uma das maiores dificuldades para se levar uma ideia adiante é sua sustentabilidade e o Japan House será mantido pelo governo japonês, o que é uma oportunidade única”, destacou William Woo.

(Aldo Shiguti)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

GASTRONOMIA: Shin Koike recebe prêmio do governo j... O chef Shin Koike comanda os restaurantes Aizomê e A1 (foto: Drausio Tuzzolo) O trabalho do chef Shin Koike, dos restaurantes Aizomê e Sakagura A1...
POLÍTICA: Próxima unidade do Centro de Referência ... O secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania, Aloísio de Toledo César, recebeu no dia 2 de março, a deputada federal Keiko Ota (PSB-SP) para artic...
CONCERTO: Yoko Tokue se apresenta nesta sexta no C... A pianista japonesa Yoko Tokue (Foto: divulgação) A Associação Harmonia de Educação e Cultura e o Colégio Harmonia recebem nesta sexta-feira (29),...
BAIRRO ORIENTAL: 39ª edição do Tanabata Matsuri r... “Foi um dos melhores festivais dos últimos anos”. A frase, dita pelo presidente da Acal (Associação Cultural e Assistencial da Liberdade), Hirofumi Ie...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *