POLÍTICA: Woo reassume mandato na Câmara ‘em definitivo’

Licenciado havia quatro meses da Câmara dos Deputados, onde, como primeiro suplente do Partido Verde, assumiu no dia 9 de fevereiro na vaga do titular Roberto de Lucena – convocado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) para a Secretaria de Turismo – William Woo retomou sua cadeira nesta quarta-feira (23). Durante o período que esteve de licença, quem assumiu em seu lugar foi o presidente nacional do PV, José Luiz de França Penna. “Era um compromisso meu com o presidente para que ele representasse o partido durante a votação da Reforma Política”, explicou o parlamentar, que durante sua vacância teve seu nome cogitado para assumir a Secretaria de Relações Internacionais e, mais recentemente, a  presidência da São Paulo Turismo, empresa de turismo e eventos da cidade de São Paulo.

 

Woo retorna à Câmara dos Deputados em uma semana conturbada (Foto: divulgação)

Woo retorna à Câmara dos Deputados em uma semana conturbada (Foto: divulgação)

 

“Agora volto em definitivo”, assegurou Woo, que reassumiu também como membro da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional; Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática e da Comissão Mista de Orçamento.

Woo, que pretende voltar a apresentar novos projetos – especialmente na área de Educação –, foi o primeiro parlamentar (entre deputados federais e senadores) do mandato de 2015 a ter um projeto de lei aprovado no Congresso Nacional,  “Tem projeto de lei que demora dez anos para ser aprovado. O meu foi apresentado em agosto deste ano e já é lei”, explica Woo, referindo-se à Lei número 13.159 de 10 de agosto de 2015 que trata sobre semicondutores. O novo texto amplia os incentivos fiscais do Padis (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Semicondutores) para os mostradores de informações (displays) utilizados em telefones celulares e tablets. “Na prática, isso significa que, com a renúncia fiscal, o componente pode ser fabricado no Brasil e não mais importado como acontece”, justifica o deputado, que retorna à Casa numa semana particularmente conturbada.

 

 

Woo, que pretende voltar a apresentar novos projetos – especialmente na área de Educação (Foto: divulgação)

Woo, que pretende voltar a apresentar novos projetos – especialmente na área de Educação (Foto: divulgação)

 

“Na terça-feira (22) estava mais agitado com a votação dos vetos presidenciais”, conta Woo, lembrando que o item mais pôlemico, no entanto, o do reajuste do Judiciário, deve ficar para os próximos dias. Também nos próximos dias, os deputados devem retomar a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 433, que vincula os salários da Advocacia-Geral da União (AGU) aos vencimentos do Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com matéria publicada pelo Congresso em Foco, a proposta é uma reivindicação da categoria desde 2009, mas o governo vê a votação dela como algo que pode prejudicar o ajuste fiscal. “Precisamos corrigir essa distorção”, diz Woo, que também pretende dar prosseguimento aos trabalhos que vinha desenvolvendo ligados aos 120 Anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil-Japão.

 

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

    Related Post

    CRISE NO BRASIL: Deputados nikkeis se dividem entr... Conforme antecipou o Jornal Nippak em sua última edição, os três parlamentares nipo-brasileiros que compõem a “bancada nikkei” na Câmara dos Deputados...
    COMUNIDADE: Lançamento de ‘Intercâmbio Cultural Br... Uma cerimônia singela, porém, revestida de grande importância não só para a comunidade nikkei, mas também para a sociedade brasileira, marcou o lançam...
    SUMÔ: Governo japonês reconhece trabalho e dedicaç... Um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento do sumô nacional acaba de ser condecorado pelo governo japonês. Trata-se de Masatoshi Akagi, que c...
    ENTREVISTA CÔNSUL TAKAHIRO NAKAMAE: ‘Vou guardar c... Corre nos bastidores que, de uns tempos para cá, a comunidade nipo-brasileira “tem dado sorte com os últimos cônsules”. Kazuaki Obe – que faleceu em 2...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *