PRÊMIO KIYOSHI YAMAMOTO: 42ª edição homenageará seis personalidades no próximo dia 19

 

A Comissão do Prêmio Kiyoshi Yamamoto do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), realizará no dia 19 de outubro, a partir das 19 horas, no Salão Nobre do Bunkyo, a cerimônia de outorga da 42ª edição do Prêmio Kiyoshi Yamamoto.

 

42ª edição do Prêmio Kiyoshi Yamamoto acontece dia 19 (foto: divulgação)

 

O evento tem como finalidade prestar homenagem e reconhecimento as personalidades indicadas por pelo menos duas entidades por sua contribuição ao desenvolvimento das atividades agrícolas no país no melhoramento de variedades de produtos agrícolas; mérito em áreas de especialidades agrícolas, por exemplo, inovação tecnológica, e importante contribuição social, educacional e cultural em todas as áreas agrícolas.

Segundo o presidente da Comissão Organizadora do 42º Prêmio Kiyoshi Yamamoto, Shiro Kondo, este ano serão homenageadas seis personalidades: Julio Nakagawa, Minoru Ito, Gilberto Ohta de Liveira, Masanori Toda, Kazoshi Shiraishi e Hiroshi Nagai (in memorian).

No ano passado, lembra Kondo, foram três. O presidente atribui o aumento a dois fatores. “Primeiro, ao número de inscritos, 18 – incluindo os que não foram premiados na edição anterior. Em segundo, pela qualidade”, explica Kondo, lembrando que a escolha dos membros da Comissão Organizadora não foi nada fácil. “Quem não conseguiu este ano, não desista porque ela estará concorrendo automaticamente no próximo ano”, antecipa Kondo.

Conheça o perfil dos homenageados deste ano:

 

JULIO NAKAGAWA: Nascido em 11 de novembro de 1934 em Jardinópolis )SP).É casado com Yoshie Nakagawa e pai de dois filhos. Trabalhou com enxada de 1946 a 62. Graduou-se na Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz) em 1966.

Indicações: Bunkyo de Botucatu, Seinen Kyokai, Casa dos Estudantes Anexo à Unesp/Botucatu, Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia

Melhoramentos/Novas Variedades: Contribuiu no melhoramento técnico dos agricultores através de programas da Jica, Jatak e Cooperativas. Contribuiu em vários programas da Jica na Bolívia e na Argentina

Inovações tecnológicas: Atuou diretamente junto aos produtores de alho associando suas pesquisas com o manejo da cultura e na adubação, dobrou a produtividade de 6 tons/ha para 12 tons/ha, cujo conhecimento foi transferido depois para produtores de Santa Juliana (MG)

Benefícios diretos ou indiretos à comunidade: Sócio-fundador e presidente da Casa dos Estudantes e sócio-fundador do Bunkyo de Botucatu.

 

MINORU ITO: Natural de Itapetininga (SP), nasceu em 3 de abril de 1940. É casado com Kaori Shimizu Ito e pai de três filhos. Engenheiro agrônomo formado pela Esalq em 1966 com especialização em Fitotecnia.

Indicações: Gifu Kenjinkai e Associação Cultural e Esportiva de Piratininga

Melhoramentos/Novas Variedades: Introduziu a produção de grama em tapete no Brsil em 1973. Na década de 90 introduziu a grama “Esmeralda” nos estádios do Maracanã, Morumbi, Vivaldo Lima (Manaus), Fonte Nova (Salvador) e Mineirão (Belo Horizonte)

Inovações Tecnológicas: Através de sua empresa, a Itograss, revolucionou o mercado de gramas em placas

Benefícios diretos ou indiretos à comunidade: Atua em diversas atividades sociais em São Paulo e em Itapetininga

Méritos: Comendaro e Grã Cruz Giuseppe Garibaldi, Troféu Destaque Profissional IBDE e Medalha de Mérito e Título de Cidadão Menemérito/Itapetininga, entre outros

 

GILBERTO OHTA DE OLIVEIRA: Nasceu em 15 de novembro de 1959, em Sete Barras (SP). Casado com Roseli de Souza Muniz de Oliveira, é pai de dois filhos. Atual secretário municipal de Desenvolvimento Rural de Sete Barras.

Indicações: Associação Desportiva Cultural Nipo-Brasileira de Sete Barras, Abjica (Associação dos Bolsistas da Jica de São Paulo)

Melhoramentos/Novas Variedades: Tem procurado desenvolver novos modelos tecnológicos

Inovações tecnológicas: Articulou e mobilizou a sociedade civil do município na perspectiva do controle social das políticas públicas do município

Benefícios diretos ou indiretos à comunidade: Participa ativamente de movimentos para a estruturação organizacional do Bairro de Sete Barras.

 

MASANORI TODA: Nasceu em 28 de novembro de 1950, em Wakayama (Japão). Veio para o Brasil em 1959 e mora atualmente em Ibiporã (PR). Casado com Kinuko Toda, tem quatro filhos.

Indicações: Cooperativa Sul de Brasil de Londrina e Emater (Ibiporã)

Melhoramentos/Novas Variedades: Implantação e divulgação para a região de Londrina do net melão (variedades Bonus, Louis e Fantasy)

Benefícios diretos ou indiretos à comunidade: Divulgou seus conhecimentos e incentivou produtores de outras regiões do Brasil

 

KAZOSHI SHIRAISHI: Nasceu em 11 de julho de 1935. Casado com dona Mitsuko Shiraishi, tem três filhos e mora em Araçatuba (SP), onde, desde jovem, trabalhou como agricultor. É o atual presidente da Federação das Associações Culturais Nipo-Brasileiras da Região Noroeste.

Indicações: EDR-Araçatuba (Secretaria da Agricultura/SP), Associação dos Produtores de Abacaxi de Guaraçaí, Associação Cultural Nipo-Brasileira de Araçatuba, Asociação Cultural Esportiva Nipo-Brasileira das Alianças, Associação Cultural e Esportiva de Mirandópolis e Associação Esportiva e Recreativa de Guararapes

Melhoramentos/Novas Variedades: Pioneiro no cultivo de quiabo na região

Inovações tecnológicas: Fez com que o cultivo de quiabo assumisse um papel importante na economia da região da Noroeste

Benefícios diretos ou indiretos à comunidade: Transmitiu sua experiência e conhecimento a todos os agricultores, fazendo com a região se tornasse a maior produtora do Estado e a segunda maior do Brasil

Méritos: Título Araçatubense (2004), Comenda Maçônica Tupy “Grande Oriente do Brasil (1996), Comenda: “Ordem do Mérito de Educação e Integração” pela Agroesp, Homenagem do MRE do Governo Japonês (2008) e Título “Gaemu Daijinsho” do Consulado Geral do Japão em São Paulo (2011)

 

HIROSHI NAGAI (em memória): Nasceu em 1935, em Tóquio, no Japão, e faleceu em 2003, no Brasil, para onde veio com 19 anos. Casado com a engenheira agrônoma Violeta, tem dois filhos. Engenheiro agrônomo

Indicações: Instituto Agronômico de Campinas (IAC) e Bunkyo de Campinas

Melhoramentos/Novas Variedades: Melhoramento genético visando a resistência de doenças de hortaliças, obtendo diversas cultivares de alface, pimentão, pimenta, quiabo e tomate

Inovações Tecnológicas: Em 1969 lançou o tomate Ângela, em 1978 o Ângela gigante e em 1985 o Santa Clara, variedades que alcançaram grande sucesso no mercado brasileiro

Benefícios diretos ou indiretos à comunidade: Contribuiu para estreitar o relacionamento com os produtores. Seu elevado e profundo conhecimento científico o levou a selecionar as melhores combinações

Méritos: Prêmio “Marcílio de Souza Dias” pela SOB e Prêmio “Frederico de Menezes Veiga”, pela Embrapa

(Aldo Shiguti)

 

Serviço

Cerimônia de Entrega do 42º Prêmio Kiyoshi Yamamoto

Quando: Dia 19 de outubro, a partir das 19 horas

Onde: Salão Nobre do Bunkyo (Rua São Joaquim, 381, Liberdade)

Adesão: R$ 60,00

A presença deve ser confirmada até o dia 15 de outubro pelo telefone: 11/3208-1755 (Bunkyo)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

COMUNIDADE: Novo cônsul geral pretende se empenhar...   Nem bem assumiu seu posto, o novo cônsul-geral do Japão em São Paulo, Noriteru Fukushima, já tem uma missão um tanto diferente. Não, não se ...
COMUNIDADE: TERUCO KAMITSUJI É ELEITA PRESIDENTE D... A vice-presidente do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Teruco Araki Kamitsuji, foi eleita presidente do Consc...
COMUNIDADE: Ihoshi homenageia os 60 anos do Cotia ... Um sessão solene realizada no último dia 28 no Congresso Nacional homenageou os 60 anos da imigração do Cotia Seinen no Brasil. Esse grupo instalado n...
COMUNIDADE / FESTIVAL DO JAPÃO: Kenren revê contas... O Kenren – Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil –, entidade responsável pela realização do Festival do Japão – que este ano cheg...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *