PRÊMIO PAULISTA: Vereador Aurélio Nomura destaca empenho dos homenageados e lembra luta de ‘abnegados’

 

Vereador Aurélio Nomura é um importante parceiro do Prêmio Paulista de Esportes (foto: Jiro Mochizuki)

Praticar esporte amador no Brasil não é, definitivamente, tarefa das mais fáceis. Se esse esporte, então, estiver longe dos holofotes e da mídia, só mesmo sendo um herói. Afinal, são incontáveis as adversidades. Falta de patrocínio é uma delas. Em se tratando de comunidade nipo-brasileira, os esforços são redobrados porque, muitas vezes, a atividade acaba dividindo espaço com os estudos. E aí, só mesmo os abnegados. E graças a eles é que muitas das tradições trazidas pelos pioneiros não só continuam vivas como hoje se encontram difundidas de Norte a Sul do país. Algumas, inclusive, foram responsáveis por importantes conquistas para o esporte nacional, como o judô. Outras ajudam a manter o ideal dos primeiros imigrantes, como o beisebol.

Tanta dedicação não poderia passar em branco. Pensando nisso, foi criado o Prêmio Paulista de Esportes, que este ano chega a sua 58ª edição no próximo dia 10, a partir das 19 horas, na Câmara Municipal de São Paulo.

É o terceiro ano consecutivo que a Câmara Municipal de São Paulo abrirá suas portas para a cerimônia de entrega do Prêmio Paulista de Esportes, um dos mais antigos e tradicionais eventos da comunidade nipo-brasileira.

Idealizado pelo extinto Jornal Paulista – que mais tarde se uniria com outro tradicional jornal da comunidade nipônica, o Diário Nippak, dando origem ao Nikkey Shimbun (em japonês) e Jornal Nippak (em português), que a partir da fusão encaparam a sua realização – o Prêmio Paulista de Esportes tem como objetivo prestar uma homenagem a atletas e dirigentes que mais se destacaram em suas áreas. Uma justa homenagem que conta com 58 anos de tradição e que visa valorizar e reverenciar o trabalho de atletas e dirigentes abnegados que contribuem para manter viva a história da imigração japonesa através das modalidades que praticam.

 

Reverências – Para o vereador Aurélio Nomura (PSDB), parceiro nesta empreitada, “o Prêmio Paulista de Esportes é extremamente importante”. “Recebemos essa deferência do Jornal Nippak com muito prazer pois nosso objetivo não é o de somente o de prestar uma homenagem, mas principalmente, reverenciar todos esses abnegados”, destaca Nomura, lembrando a árdua luta tanto de atletas como de dirigentes em preservar a memória dos antepassados através do esporte.

“Muitos atletas sequer tem patrocínio. Ao contrário, muitos tiram dinheiro do próprio bolso para poder competir. Ou seja, lutam contra todas as dificuldades”, diz o vereador, acrescentando que “a iniciativa do jornal também merece nossos parabéns”.

“Infelizmente, o número de homenageados é limitado, mas devemos enaltecer todos aqueles que se dedicam para manter vivas as tradições trazidas pelos imigrantes”, conta Nomura.

Este ano, além das 18 modalidades tradicionais, serão concedidos três prêmios especiais: para o dirigente peruano Gerardo Maruy Takayama, que contribuiu para o intercâmbio entre Brasil e o Peru; o presidente da Associação Harmonia de Educação e Cultura, Tadayoshi Wada, que há 19 anos promove o Torneio de Intercâmbio Brasil-Japão de Futebol Sub 15; e o ex-jogador da Seleção Japonesa, Wagner Lopes, que disputou a Copa de 1998 pela seleção nipônica.

 

Reconhecimento– Para os homenageados, o Prêmio Paulista de Esportes é um reconhecimento pelo trabalho desenvolvido. “Nossa preocupação é sempre a de promover, em primeiro lugar, o desenvolvimento humano das crianças. Dentro deste contexto, procuramos manter os valores que os nossos antepassados trouxeram”, conta Wada, explicando que a Associação Harmonia de Educação e Cultura, mantenedora do Colégio Harmonia, em São Bernardo do Campo, é considerada uma das mais tradicionais entidades nipo-brasileiras, cujo objetivo central é desenvolver atividades, ações e missões de apoio à educação e à cultura da comunidade.

“Na parte cultural, buscamos promover um intercâmbio com o Japão enviando e recebendo estagiários. Na área esportiva, há 19 anos realizamos o Torneio de Intercâmbio Brasil-Japão de Futebol Sub 15 trazendo equipes de diversas províncias do Japão, como Mie, Nara, Shiga e Sapporo.Para manter o alto nível da competição, convidamos equipes de base dos chamados grandes clubes de São Paulo, como o Corinthians. Além de participar do torneio, os jogadores japoneses participam também de clínicas de futebol com técnicos e ex-jogadores”, explica Tadayoshi Wada, afirmando que “os japoneses não se importam em perder”. “Eles querem aprender. E a evolução é patente”, conta Wada.

 

Homenageados – Este ano, serão agraciados atletas e dirigentes em 18 modalidades: Paulo Sergio Cremona (Aikidô), Marcelo Nakano Daniel (Atletismo), Andre Albanez Rienzo (Beisebol), Kazushi Sugahara (Gatebol). Mitugu Kiba (Golfe), Fumie Kobayashi (Kenko Taisso), Danilo Pedroso (Kobudo), coronel Yoshio Kiyono (Mira ao Alvo), Fernando Satori Matsumori (Softbol), Mori Nekozuka (Sumô), Alexandre Tsuyoshi Tsuchiya (Tênis de Campo), Akihiko Nishimori (Tênis de Mesa, in memorian), Sussumu Takagi (Park Golf), Yukio Utsunomiya (Mallet Golf), Wagner Tadashi Uchida (Judô), Massao Aoki (Radio Taissô), Roberto Miyajima (Kendô) e Simone Hatsumi Yonamine Mota (Karatê).

(Aldo Shiguti)

 SERVIÇO

58ª Cerimônia de Entrega do Prêmio Paulista de Esportes

Quando: Dia 10 de junho, a partir das 19 horas

Onde: Câmara Municipal de São Paulo (Viaduto Jacareí, 100 – Bela Vista)

Informações pelo tel.:

11/3340-6060 (com Maria)

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

EVENTOS: Exposição investiga influência do mundo p...       Personagens fazem parte da paisagem cotidiana dos japoneses A Fundação Japão realiza em parceria com o Sesc SP a expo...
KARAOKÊ: Festival e concorrência não abalam XXVII ... Sento Terada, presidente da Associação Karaokê de São Caetano do Sul, mais uma vez, provou que é uma pessoa de muito prestígio, a começar pelo próprio...
COMUNIDADE: 5ª edição do To-Sa Matsuri acontece ne... Com realização da Associação Cultural dos Provincianos de Kochi e organização do Departamentos de Jovens (Kochi Seinenbu-Bu) acontece neste fim de sem...
MÚSICA: No Brasil, Ichimujin mostra porque quer o ... Na segunda passagem pelo Brasil, após se apresentar no Festival do Japão de Salvador (BA), o grupo Ichimujin realizou dois shows em São Paulo, dias 30...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *