REGISTRO: Rubens Shimizu toma posse como presidente do Conselho Municipal de Turismo

Em solenidade realizada no último dia 23, na Associação Comercial (Aciar), o prefeito de Registro (SP), Gilson Fantin (PSDB), empossou os integrantes do Comtur – Conselho Municipal de Turismo de Registro. O representante do Bunkyo – Associação Cultural Nipo-Brasileira de Registro –, Rubens Shimizu, foi eleito presidente, enquanto o representante da Aciar, Renato Zacarias dos Santos, ficou como vice-presidente e Maurízia Moura, da Secretaria de Cultura e Turismo, é a secretária do Comtur.

 

O Kaigai Kogyo Kabushiki Kaisha, o KKKK, é uma das atrações turísticas de Registro (Foto: divulgação)

O Kaigai Kogyo Kabushiki Kaisha, o KKKK, é uma das atrações turísticas de Registro (Foto: divulgação)

 

O prefeito destacou a importância do Conselho para fortalecer as ações de turismo no município. “Como todos os conselhos municipais, o Comtur terá papel efetivo na elaboração das políticas públicas voltadas para o setor, ajudando a unir os diversos segmentos para integrar e fortalecer as ações voltadas ao desenvolvimento do turismo em Registro e região”, afirmou Gilson Fantin.

 

Tooro Nagashi – Uma das primeiras ações do Comtur junto com a Prefeitura será a pesquisa de demanda turística. O questionário, que já vem sendo aplicado nos hotéis, foi realizado junto aos visitantes do 61º Tooro Nagashi, realizado nos dias 1 e 2 de novembro na Praça Beira Rio. O objetivo foi ouvir dos turistas e moradores quais as principais demandas do setor, além de traçar um perfil do visitante que vem ao município.

A criação do Conselho Municipal de Turismo também é o primeiro passo para se pensar no desenvolvimento integrado das ações que visam consolidar a atividade turística como um importante motor do desenvolvimento econômico, da valorização cultural, social e da preservação ambiental, que possibilite a turistas e moradores o maior contato com sua história, seus patrimônios e riqueza cultural e natural.

Em abril, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) sancionou o Projeto de Lei Complementar 32/2012, que prevê a ampliação do número de municípios beneficiários com os recursos vinculados ao Fundo de Melhorias das Estâncias. De acordo com a medida, 140 municípios paulistas serão de interesse turístico. Isso significa que todos os munícipios – exceto as Estâncias Turísticas já existentes –  podem concorrer e se habilitar para receber recursos do Fundo de Melhoria.

Desta forma, o Estado de São Paulo passa a contar agora com 70 estâncias, 140 municípios de interesse turístico, 34 regiões turísticas e 30 circuitos organizados e segmentados, além de uma infraestrutura de referência nacional.

 

Conselho terá como presidente Rubens Shimizu (Foto: divulgação)

Conselho terá como presidente Rubens Shimizu (Foto: divulgação)

 

Critérios –No entanto, para fazer parte desse seleto grupo, os municípios deverão preencher alguns critérios, como ter potencial turístico, Conselho Municipal de Turismo, serviço médico emergencial, meios de hospedagem, serviços de alimentação, de transporte, de segurança e de informação e receptivo turísticos; plano diretor de turismo, expressivos atrativos turísticos com acessos adequados e infraestrutura básica capaz de atender às populações fixas e flutuantes no que se refere a abastecimento de água potável e coleta de resíduos sólidos.

Em entrevista ao Jornal Nippak, Rubens Shimizu disse que a luta é incluir Registro como Município de Interesse Turístico. Já existe um projeto tramitando na Assembleia Legislativa. Caso seja aprovado pelos deputados e depois sancionado pelo governador, 11% da arrecadação de impostos do município deverá ser aplicado para desenvolver o turismo na região.

Passada essa etapa, a próxima será incluir Registro como Estância Turística e assim fazer parte de  um fundo constitucional criado pelo Estado que, para esse ano de 2015, um investimento de 268 milhões de reais para as 70 Cidades Estâncias.

 

Trabalho integrado – Para Shimizu, Registro está bem credenciada. “Já contamos com atividades ligadas ao turismo, algumas delas realizadas pelo próprio Bunkyo como o  Tooro Nagashi, o Bon Odori e o Undokai, além de equipamentos como o Conjunto KKKK e as esculturas dos artistas plásticos Yutaka Toyota e da Tomie Ohtake, sem contar nosso setor hoteleiro e gastronômico, que já são muito eficientes”, destaca Shimizu, acrescentando que a ideia é fazer um trabalho integrado com as iniciativas privadas e o poder público com o objetivo de promover melhorias.

“Vamos chamar outras entidades, como escolas e associações de classe e também outros municípios, como Ilha Comprida, que já oferece passeio de barco, para conversarmos e ajustarmos nosso trabalho com o objetivo de oferecer serviços ainda mais qualificados”, conta Shimizu, lembrando que, “se formos classificados como Município de Interesse Turísitico não precisaremos mais ficar dependendo de recursos como as emendas parlamentares para a realização de eventos”.

(Aldo Shiguti)

 

 

 

Related Post

FALECIMENTO: Akira Tanaka morre em SP aos 88 anos ... Missa será domingo Faleceu nesta terça-feira (1º), em São Paulo, aos 88 anos de idade, Akira Tanaka, marido da professora de Ikebana Emília Tanaka....
MISS NIKKEY: Karina Molica representará MG no Miss... Karina Yumi Molica, de Viçosa, será a representante de Minas Gerais no Miss Nikkey Brasil 2015, que acontece no palco do 18º Festival do Japão, em São...
COMUNIDADE: Bunkyo celebra chegada do Ano Novo O Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) realizará a tradicional Cerimônia de Comemoração do Ano Novo no dia 6 de j...
OBON & BON ODORI: Nishi Hongwanji de Curitiba...   Neste domingo (5), às 11h, a Nishi Hongwanji de Curitiba realizará cerimônia de Obon (finados budista) & Bon Odori. Nesta cerimônia, as ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *