RELAÇÕES BILATERAIS: Políticos nikkeis viajam ao Japão para ‘desfazer mal-estar’; William Woo critica nomeação de Lula

Praticamente três meses após o cancelamento da viagem que a presidente Dilma Rousseff (PT) faria ao Japão e ao Vietnã, um grupo de políticos e empresários brasileiros embarca nesta sexta-feira (18) para o Japão para uma missão oficial. Desta vez, a viagem será bancada pelo governo japonês através do programa “Juntos – Intercâmbio Japão América Latina e Caribe”. Inspirado no discurso feito pelo primeiro-ministro do Japão Shinzo Abe sobre a diplomacia japonesa para a América Latina e Caribe durante a sua visita a São Paulo, em agosto de 2014 – “Progredir juntos, liderar juntos e inspirar juntos” – o programa tem como objetivo aprofundar as relações entre os países e oferecer oportunidade para o intercâmbio de opiniões com autoridades do alto escalão do governo e formadores de opinião do Japão, além de apresentar o Japão atual aos participantes do programa.

 

resized_IMG-20160308-WA0001

Embaixador do Japão Kunio Umeda recepcionou grupo de parlamentares que compõem o ‘Grupo A’. Foto: Arquivo Pessoal.

 

Com 30 membros, entre políticos e empresários, a comitiva brasileira foi dividida em três grupos. Chefiado pelo deputado federal Luiz Nishimori (PR-PR), o “A” reúne os deputados federais José Rocha (PR-BA), Celso Russomanno(PRB-SP), Otávio Leite (PSDB-RJ), Edio Lopes (PMDB-RR), Maria Auxiliadora Seabra Rezende, a Professora Dorinha (DEM-TO), Sandro Alex (PPS-PR),  William Woo (PV-SP) e Marcos Reategui (PSC-AP), além do senador Hélio José (PMDB-DF) e da assessora do senador Jorge Viana (PT-AC),  Lesley Gomes Ishii.

O grupo “B” é formado por líderes de negócios e o “C” inclui, entre outros, o deputado estadual do Rio Grande do Sul, Gabriel Vieira de Souza; o vereador por São Paulo, George Hato (PMDB); o deputado estadual de Roraima, Masamy Eda; o deputado estadual do Paraná, Paulo Henrique Coletti Fernandes e o assistente Especial do Goverador Geraldo Alckmin (PSDB), Pedro Henrique Giocondo Guerra.

 

Com o príncipe – A programação inclui palestras e reuniões com líderes e políticos japoneses, entre eles o vice-ministro de Negócios Estrangeiros, Takashi Uto. O grupo também será recebido por Suas Altezas Imperiais, o príncipe Akishino e a princesa Kiko, que, entre outubro e novembro do ano passado visitaram o Brasil como parte das comemorações dos 120 Anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação-Brasil-Japão. Também estão previstos visitas ao Templo de Asakusa – ou o Santuário Meiji – e ao Memorial Nacional da Paz de Hiroshima.

O retorno está programado para o dia 29.

Segundo William Woo, além de estreitar os laços entre os dois países, a visita também terá como objetivo “diminiuir o desgaste do cancelamento de duas viagens que a presidente Dilma faria ao Japão”. A primeira foi em 2013 e o segundo cancelamento ocorreu no dia 27 de novembro do ano passado, às vésperas de seu embarque. Na ocasião, de acordo com a programação, a presidente teria, entre outros compromissos, uma audiência com o imperador Akihito.

A viagem foi cancelada sob a alegação que o governo brasileiro não poderia empenhar despesas discricionárias, como as relativas com as viagens ao Japão e ao Vietnã. Na ocasião, o cancelamento provocou mal-estar não só na comunidade nipo-brasileira como também entrte os políticos nikkeis, como o próprio William Woo e o também deputado federal Luiz Nishimori.

 

Lições – “Isso [o cancelamento] não poderia ter ocorrido. É preciso ter mais coerência porque trato é trato”, disse Nishimori, explicando que, em parte, o erro foi “minimizado” com o pedido de desculpas formais da presidente Dilma ao próprio imperador.

Para o presidente do PR no Paraná, apesar do momento delicado que o país atravessa, a viagem é de “suma importância”. “Temos muito que aprender com os japoneses. Temos que aproveitar esta oportunidade que o governo japonês está dando para copiarmos mesmo valores culturais e educacionais”, afirmou Nishimori, que em maio retornará ao Japão como chefe de mais uma Missão Econômica e de Amizade.

 

Dekasseguis – Segundo Nishimori, o programa Juntos deve se tornar anual a partir deste ano. “Neste primeiro grupo que está embarcando agora, a maioria ainda não conhece o Japão”, ressaltou. Um exemplo é o vereador George Hato, que está indo pela primeira vez para conhecer a terra de seus ancestrais.

Já William Woo pretende aproveitar a viagem para apresentar aos empresários japoneses a oportunidade de investir no Brasil. “Com a alta do dólar, investir no Brasil seria interessante”, conta Woo, que também vai solicitar ao governo japonês para que seja analisada a situação dos filhos dos dekasseguis que desejam obter a cidadania japonesa. “De qualquer forma, esses encontros são fundamentais para aprofundar o intercâmbio entre os países”, afirmou Woo.

 

Lula ministro – Além do cancelamento da viagem da presidente Dilma, os parlamentares brasileiros terão mais um assunto para tratar com os japoneses. Eles terão que explicar também a nomeação do ex-presidente Lula para o Ministério da Casa Civil, cargo que era de Jacques Wagner. Para William Woo, a nomeação de Lula é “um erro”. “Só se pensou nessa possibilidade depois que o Ministério Público de São Paulo pediu sua prisão preventiva.Com foro privilegiado, o processo sai do juiz Sergio Moro, que está fazendo um grande trabalho e vem para o STF. Ele vem aqui [para Brasília] com o intuito de salvar a Dilma do impeachment, que é o que a população quer e não vem para colaborar para melhorar a situação do país, que nesse momento precisa de medidas anti-populares”, destacou William Woo afirmando que a nomeação repercutiu “muito mal na Câmara”.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

    Related Post

    PEDRO DE TOLEDO: Centenário da Imigração Japonesa ... A Associação Japonesa de Alecrim, Prefeitura Municipal de Pedro de Toledo e a Fenivar - Federação das Entidades Nikkeys do Vale do Ribeira, entidade q...
    SOCIAL: Sessão Solene realizada no último dia 18 n... 60 ANOS DA ALIANÇA – Sessão Solene realizada no último dia 18 no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo comemorou os 60 anos da  Aliança Cultura...
    TRADIÇÃO: Associações nikkeis da Zona Norte realiz... No último dia 10, duas associações nikkeis da zona Norte, a Associação Okinawa de Casa Verde e a ACEOSM – Associação Cultural e Esportiva Okinawa Sant...
    JOJOSCOPE: Juni Hitoe: o mais nobre dos quimonos   Somente mulheres da nobreza podiam usá-lo. Isso significava na prática, imperatriz e princesa da corte, para começar. Mas também esposas de ...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *