SANTA CATARINA: Cooperativa Agrícola de São Joaquim recebe comitiva da Câmara e Consulado Geral do Japão

 

Em setembro, uma comitiva formada pela presidência da Câmara do Comércio e Indústria Brasil Japão do Paraná e o Cônsul Geral do Japão para os estados do Paraná e Santa Catarina, Noboru Yamaguchi, esteve visitando a cidade de São Joaquim, interior de Santa Catarina.

 

Comitiva formada pelo presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Japão do Paraná e Cônsul Geral para os estados do Paraná e Santa Catarina visitam a cidade São Joaquim-SC

 

Na pauta, a visita a sede da Cooperativa Agrícola de São Joaquim (Sanjo) fundada em 1993 por um grupo de 34 fruticultores, em sua maioria imigrantes e descendentes de japoneses.

Contando com 80 cooperados, que juntos produzem cerca de 40 mil toneladas de maçã das variedades Fuji e Gala, além de uva, mirtilo e goiaba, a cooperativa emprega hoje cerca de 330 funcionários, comercializando não só frutas, bem como derivados como vinhos, fermentados, espumantes e sucos.

Acompanhada pelo presidente da Sanjo, Nobuyoshi Shimizu, e pelo diretor de packing, Paulo Iida, a comitiva visitou também as instalações da fábrica de vinhos da cooperativa, premiados com os rótulos Núbio Sauvignon Blanc 2011 e o Maestrale Chardonnay 2010 (Concurso Nacional de Vinhos Finos e Destilados do Brasil e Concurso Mundial de Bruxelas-Brasil (CMBB)).

 

Exemplo – A medalha de prata no concurso Vinalies Internacionales, realizado em 2010 em Paris, foi um dos pontos altos na história da vinícola. Promovido pela Associação de Enólogos da França, o concurso contou com a participação de 3199 rótulos de 39 países, que foram avaliadas por 126 degustadores e jornalistas especializados de várias nacionalidades.

A visita serviu também para formalizar o convite de sociedade entre a Câmara e a cooperativa. “A cooperativa é um exemplo concreto do idealismo e trabalho que sempre norteou as atividades da comunidade nipo-brasileira em nosso país. Seria uma honra para a instituição ter a Sanjo como parceira” disse Yoshiaki Oshiro, presidente da CCIBJ do Paraná.

Para mais, acesse: http://www.sanjo.com.br/

(Fonte: Portal da Câmara do Comércio e Indústria Brasil-Japão do Paraná)

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

LONDRINA: Nikkei comanda confeitaria de ‘tripla na... Depois de 15 anos trabalhando no Japão, Nilo Kato e a esposa, Suely, voltaram ao Brasil decididos a montar um negócio próprio, em Londrina, no Norte d...
18º FESTIVAL DO JAPÃO: Mudanças atingem palco prin...   Depois de idas e vindas no ano passado, com possibilidade de mudança de endereço e previsão de déficit que colocou em  risco o evento de 201...
GAIMUSHO KENSHUSEI: Reimei Yoshioka é homenageado ...   A Associação Brasileira dos Ex-Bolsistas do Ministério das Relações Exteriores do Japão “Gaimusho Kenshusei” realizou no último dia 12, na S...
COMUNIDADE: 5º Japan Sul realiza o seu irokai com... No último dia 25, a comissão organizadora do 5º Japan Sul realizou no salão de festas da ADC Eletropaulo, na rua Peixe Vivo, 155, na zona Sul, o seu i...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *