SÃO PAULO: Aurélio Nomura consegue emplacar obras de revitalização do Parque da Independência

Após muito trabalho e uma agenda intensa com autoridades, o vereador Aurélio Nomura (PSDB), líder do governo na Câmara Municipal de São Paulo, conseguiu emplacar as obras de revitalização do Parque da Independência, na zona Sul de São Paulo. O anúncio foi feito pelo prefeito João Doria (PSDB), na última semana.

 

Aurélio Nomura consegue a revitalização do Parque da Independência. Foto: Erika Porto

 

O custo da revitalização é estimado em R$ 800 mil, totalmente financiados pela iniciativa privada, sem custos para o governo municipal. Haverá reparos na fonte, no playground, na área de piquenique, nos sanitários e nas áreas do entorno da Casa do Grito. Também serão executadas ações de jardinagem e instaladas lixeiras no local.

“Estamos nos aproximando dos 200 anos da Independência do Brasil. Temos uma celebração importante e a prefeitura vai cumprir a sua obrigação de recuperar o Parque da Independência. Os jardins, o piso, a iluminação, as câmeras de segurança e também os chafarizes”, disse Doria.

 

Aurélio Nomura com o prefeito João Doria. Foto: Erika Porto

 

As melhorias terão início em cerca de um mês e os custos serão pagos pelo escritório de advocacia Braga Nascimento e por empresas de construção civil. O prefeito ressalta a importância para a capital de parcerias com as empresas e se coloca à disposição de outros representantes da iniciativa privada que desejarem contribuir com a cidade.

Para Nomura esta é mais uma conquista importante para o bairro do Ipiranga. “Estamos fazendo um trabalho muito importante na região do Ipiranga, recentemente anunciamos a canalização do Riacho do Ipiranga e do Córrego do Mirassol, agora é a vez da revitalização do Parque da Independência que ficou abandonado durante anos”, destacou o parlamentar.

 

Parque da Independência, na zona Sul de São Paulo, recebe cerca de 7 mil visitantes aos domingos. Foto: Erika Porto

 

História – O Parque da Independência tem 161.300 metros quadrados e recebe por volta de 7 mil visitantes aos domingos. É considerado marco histórico municipal, pois foi naquele lugar que Dom Pedro I proclamou a independência, em 1822.

Foi fundado em 1989 e é tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio  Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat), pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Além da Casa do Grito, dele fazem parte o Monumento da Independência, a Cripta Imperial, o Museu do Ipiranga e, nos limites do parque, o Museu de Zoologia da USP.

Related Post

Taiko Show neste sábado 24/03/2012 na Liberdade É neste sábado, dia 24, a partir das 19h30, que convidamos a todos a vivenciarem um momento único, de um encontro único, que jamais se repete, pois um...
BENEFICENTE: 13º Jantar Show das 4 Entidades acont... Como acontece anualmente desde 2004, quatro entidades assistenciais nipo-brasileiras – Sociedade Beneficente Casa da Esperança – Kibô-no-Iê, Assistênc...
COMUNIDADE: Naguisa visita dona Ana Sachiko Wada, ... Se por acaso, o Papai Noel resolvesse terceirizar a parte de entrega de presentes, com certeza dona Ana Sachiko Wada seria uma das escolhidas. Depois ...
SHOW: Poemas de Haicai ao som de Rock, Banda Hai K...   Pense em um rock dançante, poético e com bastante atitude. Agora imagine tudo isso interpretado por uma banda formada por três garotas e doi...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *