SÃO PAULO: Obra de Tomie Ohtake na Avenida 23 de Maio passa por limpeza e restauro

Em parceria com Instituto Tomie Ohtake, SP Cidade Linda realizou a revitalização do monumento que homenageia os 80 anos da imigração japonesa na capital

 

O monumento projetado pela artista Tomie Ohtake para homenagear os 80 anos da imigração japonesa teve suas cores renovadas e sua iluminação restaurada. Instalada no canteiro central da Avenida 23 de Maio, a obra foi limpa pelo Programa Cidade Linda e restaurada por meio de uma parceria entre o Instituto Tomie Ohtake e a Coral, marca de tintas da empresa Akzo Nobel.

“Esse é um trabalho que estamos fazendo dentro do Programa Cidade Linda, sob a coordenação do Bruno Covas. E essa é uma obra representativa da cidade. Ela estava vandalizada, mutilada, pichada e foi recuperada em oito dias, com o trabalho coordenado pelo instituto Tomie Ohtake e realizado por uma equipe Akzo Nobel, a quem eu faço mais uma vez, um agradecimento, por ter aceito esse convite de para recuperar uma obra da cidade”, afirmou o prefeito João Doria.

Localizada na principal ligação entre as regiões Norte e Sul da cidade, na altura do Centro Cultural São Paulo (CCSP), a obra possui quatro lâminas de concreto armado com cerca de 40 metros de comprimento, 4 metros de altura e dois metros de largura cada uma.

 

Monumento da Tomie Ohtake – antes da ação da Prefeitura de São Paulo. Foto: FABIO ARANTES/SECOM

 

Monumento da Tomie Ohtake – depois da ação da Prefeitura de São Paulo. Foto: FABIO ARANTES/SECOM

 

Em 14 de janeiro, as estruturas passaram por serviços de limpeza, realizados por uma equipe de 12 pessoas com uma máquina antares (de alta pressão). A lavagem retirou os resíduos de poluição e a tinta de pichações.

Em seguida, no dia 16 de janeiro, uma equipe de restauro lixou a obra, para retirada da tinta, e aplicou uma base que prepara o concreto para a pintura.  O próximo passo foi a pintura das lâminas nas cores amarelo, laranja, verde e azul, conforme as orientações deixadas pela artista. “A pintura da parte interna das ondas já foi refeita três ou quatro vezes. A Tomie mudava as cores e decidimos manter o último projeto, que ela acreditava que deixava a escultura mais leve”, explicou Ricardo Ohtake, filho da artista e diretor do Instituto Tomie Ohtake. A última repintura da obra ocorreu há 7 anos.

A recuperação da obra integra as atividades da operação Cidade Linda, que atou na última na Avenida 23 de Maio, no trecho entre a Praça da Bandeira e a região do Parque Ibirapuera, em ambos os sentidos. As formas onduladas do monumento também foram valorizadas com a renovação da iluminação do local. Durante a ação, duas das doze luminárias do local foram trocadas.

“A recuperação é importante para a cidade, e não para a família. A população precisa respeitar as obras de arte e a arquitetura que estão nas ruas”, avaliou Ricardo Ohtake.

 

Sobre a artista

Falecida em 2015, Tomie Ohtake nasceu no Japão e viveu por quase 80 anos no Brasil. O monumento da Avenida 23 de Maio, inaugurado em 1988, comemora os 80 anos da chegada do primeiro grupo de imigrantes japoneses ao Brasil em 1908, a bordo do navio Kasato Maru. As lâminas da obra representam quatro gerações de japoneses no país.

 

REINAUGURAÇÃO DO MONUMENTO EM HOMENAGEM AOS 80 ANOS DA IMIGRAÇÃO JAPONESA – OBRA DA ARTISTA TOMIE OHTAKE

FOTOS: FABIO ARANTES/SECOM

 

 

 

Fonte: Secretaria Executiva de Comunicação/PMSP

 

 

Related Post

CIDADES: Câmara Municipal homenageia Issamu Kimura...   Para abrir as comemorações de aniversário dos 106 Anos da Imigração Japonesa no Brasil a Câmara Municipal de São Bernardo do Campo através d...
SILVIA IN TOKYO: CANTORA QUE LEVOU FACADAS SAI DO ...   CANTORA RECUPEROU A CONSCIÊNCIA CERCA DE DUAS SEMANAS APÓS O ATAQUE   Foto: www.asianjunkie.com A cantora pop Mayu Tomita, 20, que ...
MÍDIA: Toyota lança campanha comercial para Hilux ... A Toyota e sua rede de distribuidores promovem inédita ação comercial para os modelos Hilux e SW4 em todas as suas 196 concessionárias espalhadas pelo...
18º FESTIVAL DO JAPÃO: Mudanças atingem palco prin...   Depois de idas e vindas no ano passado, com possibilidade de mudança de endereço e previsão de déficit que colocou em  risco o evento de 201...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *