SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: Cachaça de nomes estrambóticos é bem vendida em Lins

Geralmente produzida no Norte, é bem procurada para presentear os amigos. Baixo calão é o que predomina e faz corar muitas mulheres não habituadas com tal vocabulário. Há uma de suposta produção japonesa que se chama “nuku”.
====================================================================

 

Shigueyuki Yoshikuni

 jornalista e reside em Lins, também colunista do jornal Correio de Lins, colaborador do Jornal da Colônia de Araçatuba e do Jornal das Nações de Àguas de Prata, e diretor de comunicação do Bunkyo de Lins.

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

JORGE NAGAO: Habemus haicaístas Originado do tanca, 31 sílabas, Matsuó Bashô para 17, no século 17. Assim nasceu o haicai. No início do século XX, o haicai chegou de navio em ...
SILVIO SANO > NIPÔNICA: Caminhada. Bom pra memória... A partir de certa idade, para o bem de nossa saúde e até para combater a vida sedentária que começa a prevalecer em nosso cotidiano, voltamos a pratic...
JORGE NAGAO: Argo A Dizer   (inspirado em "Matuto No Cinema", de Jessier Quirino, veja no Youtube,     Simplício, um aposentado de Bálsam...
AKIRA SAITO: HIERARQUIA “Estar acima ou abaixo de alguém não determina algo pejorativo, e sim, seu grau de responsabilidade” Em uma sociedade que prega constantemente a ig...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *