SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: Culto pela chegada do outono e pelas vítimas do tsunami no Japão

 

Aspecto do culto (Foto: Shigueyuki Yoshikuni)

 

Foi realizado no dia 24, no Templo Honpa Hongwanji de Lins. Esse culto é realizado todos os anos também na chegada da primavera. Um costume de 1.400 anos. Antigamente, a celebração durava uma semana. É para dar oportunidade de todos os fieis irem ao Templo orar. Este ano, dedicaram também às vítimas do tsunami ocorrido em 11.3.2011. Após esse desastre, outra palavra tão usada como o tsunami é kizuná – solidariedade.  Nunca os parentes e amigos daquelas 20.000 vítimas precisaram tanto de solidariedade.

 

 

Na ocasião, os aniversariantes do mês foram homenageados com jantar e bolo. O presidente, Kazunori Yassunaga, fez entrega a todos os presentes de um biscui – lembrança e agradecimento pelo seu restabelecimento de uma longa doença.

 

Lembranças aos amigos do Templo (foto: Shigueyuki Yoshikuni)

 

 

 

(Shigueyuki Yoshikuni é jornalista e reside em Lins, também colunista do jornal Correio de Lins, colaborador do Jornal da Colônia de Araçatuba e do Jornal das Nações de Àguas de Prata, e diretor de comunicação do Bunkyo de Lins)

 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

BEM ESTAR: SAÚDE Quando tem saúde, tem tudo. Não satisfeitos abusam, esquecem , não valorizam, judiam, boicotam, ate chegarem aos extremos de suas limitações. Po...
ACADEMIA NIPO BRASILEIRA DE ESCRITORES A comunidade nipo brasileira se prepara para ter também sua academia de letras. A primeira reunião geral visando esse objetivo ocorrerá neste sábado, ...
JOJOSCOPE: Monte Fuji: Patrimônio Cultural do Mund...   A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) reconheceu no dia 22 de Junho, o Monte Fuji, ícone do Japão e mu...
LEGISLAÇÃO por FELÍCIA HARADA: Locação e Benfeitor... Assunto de bastante interesse e que gera conflitos na relação locador/locatário, é o referente às benfeitorias em imóvel locado. Em primeiro lugar,...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *