SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: Gigolô das Vacas

Quando estudante do curso técnico, noturno, meu pai deu-me a incumbência de cuidar de cinco vacas. Precisava ordenhá-las e entregar o leite para as vizinhanças. Com isso, auferia o suficiente para pagar a mensalidade da escola. Mas os colegas souberam disso e me chamavam de “Gigolô” das vacas. É bullyng ou não é?

 

 

 

 

Shigueyuki Yoshikuni

 jornalista e reside em Lins, também colunista do jornal Correio de Lins, colaborador do Jornal da Colônia de Araçatuba e do Jornal das Nações de Àguas de Prata, e diretor de comunicação do Bunkyo de Lins.

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

CULTURA: 36º Tanabata Matsuri espera 100 mil visit...   A Associação Cultural e Assistencial da Liberdade (Acal) realiza neste fim de semana (19 e 20), na Praça da Liberdade, em São Paulo, a 36ª e...
CANTO DO BACURI: Keirokai   Naquela manhã, Conceição se levantou bem cedinho, arrumou-se com o maior esmero e pediu à empregada que lhe preparasse um café ultra, hi...
SILVIO SANO: NIPONICA: PEREGRINANDO… ou MOCH...   Nesta semana em que Paulo Kaneko lança seu livro No Caminho de Shikoku, em que descreve  percurso que fez, como peregrino, em torno da 4ª ma...
AKIRA SAITO: HONRAR SEUS PRINCIPIOS “A honra está na dignidade do percurso e não somente na chegada”   Nos dias atuais, seja pelas reportagens de TV, Rádio ou Internet, ou mesmo...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *