SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: SAKÊ, BEBIDA DOS DEUSES

Nesse Carnaval, um velho amigo, morador em Guaíra, cidade fronteira com Paraguai,

trouxe-me uma garrafa dessa bebida milenar. Disse-me que era produção caseira, coisa rara, porque no Japão só é permitida produção industrial.  Ao chegar em casa, ele já estava um tanto bêbado. Perdão, essa palavra não se usa quando se bebe sakê. A designação correta é inebriado. E quem o bebe, transforma-se em cantor, seresteiro ao luar. Sakê é o melhor companheiro da solidão, na falta de pretexto ou de dor-de-cotovelo. Depois sakê elimina as preocupações e prolonga a vida.  No Japão, dizer: eu estava bebendo sakê, o perdão é praticamente certo, até em infração de trânsito.

Esse sakê caseiro que me trouxe foi feito de kuchikami – as mulheres mastigam os grãos de arroz, cospem num vasilhame de madeira e deixam fermentar. Chamam-no de bijinshu – sakê de mulheres bonitas. Depois dessa explicação, perdi a vontade de bebê-lo.

 

 

====================================================================

 shigueyuki-yoshikumi

Shigueyuki Yoshikuni

Jornalista e escritor

Membro da Academia Linense de Letras

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

PROMISSÃO: Igreja Construída pelos Imigrantes Japo... À direita o Prefeito de Promissão, Hamílton Foz (foto: Shigueyuki Yoshikuni)   Pelo menos é o que propõe a comitiva recebida pelo Prefeito...
JORGE NAGAO: “ÁGUANIA”   Paulo Massato Yoshimoto, diretor da Sabesp: "Nossa engenharia está correndo contra o relógio" (Divulgação) Do site da veja.abril.com.br ...
AKIRA SAITO: Acreditar em si mesmo   “O poder existe naquele que acredita em sua existência”   Muitas pessoas estão em suas vidas como peças coadjuvantes e sentem que o p...
JORGE NAGAO: Ilustres Patrícios A vida dos patrícios que estão no livro "Um dia, uma vida", organizada por Leão Serva, da editora Três Estrelas.     Luiza Sato, a ma...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *