SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: Sinal dos Tempos

 

Um lembrete sempre reiterado no curso de jornalismo é que leve consigo sempre uma caderneta, caneta e máquina fotográfica. Por que  você não sabe quando uma ideia interessante pode surgir ou algum fato inesperado pode acontecer na sua frente.

Não tenho obedecido a essa recomendação e por isso caminho muitas vezes em cima de ovos. Quando surge alguma ideia, por exemplo, para escrever um artigo, fico pensando nela o tempo todo para não esquecê-la até que possa anotar em algum lugar. E absorto, não escuto ninguém. Alguns até me consideram mal educado por não lhe dar a atenção devida.

Hoje amanheci com leve sensação de que alguém me consultou a respeito da validade de uma procuração outorgada há bastante tempo. O pior é que não me lembro quem foi nem a resposta dada.

Recomendaram-me andar com um gravador digital que substitui com eficiência bem superior à caderneta e até, em alguns casos, a máquina fotográfica.

Vou ter que me adaptar à modernidade, quer queira ou não. Já que a memória nem sempre é confiável.

 

 

 

 

Shigueyuki Yoshikuni

 é jornalista e reside em Lins, também colunista do jornal Correio de Lins, colaborador do Jornal da Colônia de Araçatuba e do Jornal das Nações de Àguas de Prata, e diretor de comunicação do Bunkyo de Lins)

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

AKIRA SAITO: DOUTRINA DO BEM “Se não se preservam os conceitos que definem o certo do errado, certamente está se plantando um futuro de caos”   Com a modernidade, novas f...
AKIRA SAITO: BUSHIDO 7 – MEIYO   “A Honra conduz o Homem do Bem”     Um Samurai aprendia desde cedo que o nome de sua família era algo que deveria ser respeit...
ERIKA TAMURA: O ato de escrever   E começou 2014! O ano chegou de repente para uns, e calmamente para outros. Para mim, que moro no Japão, o ano começou antes. E com ele vem ...
CANTO DO BACURI > Francisco Handa: A traição do gu... Em momentos de crise política, tempos instáveis em que os interesses das partes envolvidas, os principais interessados, têm a alma nublada pelas paixõ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *