SHINNENKAI: Consulado Geral do Japão e entidades nikkeis celebram chegada do Ano Novo

No último dia 6 à noite, nas dependências do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), a tradicional Cerimônia de Comemoração do Ano Novo (Shinnenkai) realizada pelo Consulado Geral do Japão em São Paulo em parceria com as cinco principais entidades nipo-brasileiras (Bunkyo, Enkyo, Kenren, Aliança Cultural Brasil-Japão e Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil) reuniu cerca de 250 pessoas, entre elas os presidentes das entidades co-participantes, o cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae, a cônsul geral adjunto, Hitomi Sekiguchi e o deputado estadual Pedro Massanori Kikudome (PTN), o Pedro Kaká, o mais recente integrante da “bancada nikkei” na Assembleia paulista.

 

Foto: Jiro Mochizuki

 

Convidados brindam no Halll de entrada da entidade. Foto: Aldo Shiguti

 

Destaque para a participação do Coral Feminino do Bunkyo, que interpretou os hinos nacionais do Brasil e do Japão e a música de Ano Novo.

 

Coral Feminino do Bunkyo abrilhantou o evento. Foto: Aldo Shiguti

 

 

Primeira parte foi realizada no Salão Nobre. Foto: Aldo Shiguti

 

Em seu discurso, a presidente do Bunkyo disse que, após um ano de “muitos transtornos”, 2017 “parece trazer expectativa spromissoras”. Harumi Goya ressaltou, no entanto, que o sucesso só será alcançado através de “muito trabalho e união”. Segundo ela, “com estas expectativas que voltamos nossos olhos para a comunidade nikkei e o intercâmbio Brasil-Japão”.

 

Convidados durante a tradicional saudação. Foto: Aldo Shiguti

 

Osamu Matsuo, Kiyoshi Harada e Masato Ninomiya. Foto: Aldo Shiguti

 

“Em 2017 vamos intensificar os preparativos para as comemorações dos 110 Anos da Imigração Japonesa. Este ano será marcado também pela inauguração da Japan House”, explicou Goya, que ainda destacou sua participação na 57ª Convenção dos Nikkeis e Japoneses Residentes no Exterior e que a entidade também está empenhada em sensibilizar a direção da JR Group para que reconsidere a proibição aos japoneses residentes no exterior de utilizar o Japan Rail Pass a partir do próximo mês de março.

 

Yasuo Yamada comandou a saudação no Salão Nobre. Foto: Aldo Shiguti

 

Foto: Jiro Mochizuki

 

 

Japan House em maio – Takahiro Nakamae lembrou que no ano passado participou de vários eventos oficiais da comunidade nipo-brasileira no Estado de São Paulo e nas mais diversas regiões atendidas pela jurisdição deste Consulado, que abrange também os Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais (algumas cidades do Triângulo Mineiro).

 

Integrantes do Coral Feminino Bunkyo. Foto: Jiro Mochizuki

 

Cônsul Takahiro Nakamae e o deputado estadual Pedro Kaká. Foto: Jiro Mochizuki

 

Revelou que este ano também pretende percorrer o maior número de comunidades possível e espera encontrar “muitas vibrações, especialmente entre os jovens”. Segundo ele, este ano comemora-se 109 anos da chegada dos primeiros imigrantes. E, para que os 110 anos tenham o mesmo brilho das comemorações do Centenário da Imigração Japonesa, em 2008, “acredito que será de fundamental importância a união de toda a comunidade nipo-brasileira”.

 

Cônsul Takahiro Nakamae discursa durante evento. Foto: Jiro Mochizuki

 

Integrantes do Coral Feminino Bunkyo com Diretoria do Bunkyo e autoridades. Foto: Jiro Mochizuki

 

Nakamae também lembrou que este ano o Festival do Japão, maior evento da comunidade nipo-brasileira, atinge a sua 20ª edição com participações cada vez maior de empresas e do governo japonês. Ele ressaltou ainda que, após o sucesso dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, a bandeira olímpica foi passada para o Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio de 2020 que preparam uma grande festa.

 

Kihatiro Kita, Yokio Oshiro, Yasuo Yamada, cônsul Nakamae, Pedro Kaká, Harumi Goya e Milton Matsumoto. Foto: Jiro Mochizuki

 

Marcelo Hideshima, Marcia Nakano e Kihatiro Kita. Foto: Jiro Mochizuki

 

“Com isso, espera-se um intercâmbio esportivo ainda maior entre os dois países”, afirmou o cônsul, acrescentando que a Japan House, que deve ser inaugurada em maio deste ano – e não mais em março como estava previsto inicialmente –, é  um empreendimento do governo japonês para que um número maior de pessoas possam ampliar seus conhecimentos e simpatia pelo Japão.
Depois da parte solene, que aconteceu no Salão Nobre da entidade, os convidados desceram até o Hall, onde foi servido o coquetel.

 

Foto: Jiro Mochizuki

 

Foto: Jiro Mochizuki

 

Foto: Jiro Mochizuki

 

Dois incidentes marcaram o evento. O primeiro, ainda no Salão Nobre. Durante o discurso do cônsul uma das integrantes do coral passou mal devido o calor. O segundo foi no hall, já no final do evento, quando um garçom também passou mal e foi socorrido. Os dois casos não tiveram gravidade.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

    Related Post

    JAPÃO: Presidente da Honda renuncia após escândalo... A Honda Motor anunciou nesta segunda-feira (23), a renúncia de seu presidente, Takanobu Ito, informou o jornal Asahi.   Takanobu Ito conti...
    110 ANOS DA IMIGRAÇÃO: Paraná antecipa cerimônia p... Representantes da Comissão para Comemoração dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil de São Paulo e a Comissão da Solenidade e Festividades dos 11...
    EMPRESAS: Nissan e SENAI firmam parceria para curs...   Resende - A Nissan, fabricante que mais cresceu em vendas em 2012, e o SENAI de Resende criaram um curso para formar operadores de produção....
    VISTO PARA YONSEI: Para Walter Ihoshi, visita de M... Parlamentar mais atuante do lado brasileiro quando o assunto refere-se à concessão de visto de longa permanência para os yonseis – descendentes de qua...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *