SILVIA IN TOKYO: COMO SER UM PROFISSIONAL DE SUCESSO?

MESA ORGANIZADA E DOM PARA OUVIR AS PESSOAS ESTÃO ENTRE OS PRINCIPAIS REQUISITOS

 

 

Foto: takuuu / PIXTA

Foto: takuuu / PIXTA

 

Uma pesquisa realizada pela Mitsubishi UFJ Research and Consulting revelou que 47,6% dos formandos que ingressaram nas empresas em 2015 querem ser promovidos no trabalho.

Não por menos, as livrarias no Japão estão cheias de títulos como “Tendências para o sucesso”, “Manual da promoção”, “Pontos para triunfar”, entre tantos outros.

Mas não basta ler todos os livros de auto-ajuda para se tornar um especialista em promoção no trabalho. A consultora entrevistou 222 executivos, com idades entre 30 e 50 anos, para saber quais as características que destacam os homens de negócios bem sucedidos.

 

Veja o ranking:

 

  1. “O Segredo dos Milionários”, de Michael Masterson

    “O Segredo dos Milionários”, de Michael Masterson

    Têm a mesa organizada (39,6%)

  2. Têm o dom de ouvir as pessoas (38,3%)
  3. Não esquecem o nome das pessoas (29,7%)
  4. Não levam trabalho para casa (27%)
  5. Acordam cedo (23,9%)
  6. Respondem os e-mails com rapidez (23,4%)
  7. Não são perfeccionistas (22,1%)
  8. Não fazem muitas horas extras (22,1%)
  9. Usam carteiras não dobráveis (22,1%)
  10. Caminham rápido (20,7%)

Pelo visto, ter a mesa organizada e saber ouvir as pessoas são as principais características das pessoas com facilidade para serem promovidas.

Em relação aos funcionários com potencial para serem promovidos mas que no final fracassam, veja o que os veteranos responderam:

  • “Não conseguem tomar decisões drásticas por serem bonzinhos” (executivo de 59 anos)
  • “Sabem trabalhar bem, mas não têm uma boa auto-expressão” (42 anos)
  • “São tão bonzinhos que deixam para pensar em si depois” (40 anos)
  • “Fazem inimigos e não conseguem pensar no próximo” (51 anos)
  • “Se preocupam apenas com a opinião dos superiores, menosprezando os subalternos” (57 anos)

 


 

 

MAIS

HOLERITEComo funciona o holerite japonês?

Dedução dos impostos, descontos do seguro de saúde, dias trabalhados, horas extras… são muitas as informações contidas em um holerite. Leia mais.

 

cha-2O chá no mundo dos negócios

“Não se deve tomar o chá servido nas reuniões?”

Recentemente esse assunto tem despertado a atenção dos japoneses na internet. Não é por menos. A cena é comum no mundo dos negócios e um piso em falso pode ser fatal. Leia mais.

 

 

 

 

(Silvia Kikuchi)

 

 

Fonte:SILVIA-IN-TOQUIO

 

SILVIA KIKUCHI

SILVIA KIKUCHI

é jornalista há 16 anos da International Press, Ipc digital e telejornalista da IPCTV, agora lança seu próprio blog: http://silviakikuchi.jp/
SILVIA KIKUCHI

Últimos posts por SILVIA KIKUCHI (exibir todos)

    Related Post

    KARAOKÊ: UPK entrega prêmios nos taikais da Ajab e...   O presidente da UPK – União Paulista de Karaokê – Toshio Yamao, com o 1º tesoureiro da entidade, Eiji Ito, aproveitou a realização do 17º Karaokê...
    JOJOSCOPE: Washoku – indicado pela Unesco co... O ano de 2013 foi um marco para a Culinária Japonesa. Ela foi reconhecida como Patrimônio Cultural Intangível, pela Unesco, em decisão tomada no Azerb...
    SHIGUEYUKI YOSHIKUMI: O hábito não faz o monge   Esse velho ditado, hoje é pouco ouvido e citado. Mas quando os religiosos andavam com ele, eram mais respeitados. Atualmente, você não disti...
    AKIRA SAITO: APEGO OU DESAPEGO “Muito se diz, mas pouco se faz, o importante é ter equilíbrio e bom senso”   Dizemos que no Budô (Caminho Marcial) tudo é um paradoxo, e no ...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *