SILVIO SANO > NIPÔNICA: Acorda, Brasil!… de vez!

 

Tão logo tomei conhecimento do conteúdo vazado do escândalo da Petrobrás, ou Petrolão, indignado, apesar de não mais surpreso, desabafei em minha página do Facebook da seguinte forma:

“Atenção! Depois dessa de Paulo Roberto Costa, do caso Petrobrás, da delação premiada, é chegada a hora de se pensar realmente em contribuir ao país, ao menos, pelo voto consciente! Chega de votar por votar, de votar pela indicação de amigos ou por pressão de um grupo… até porque, em princípio, o voto é secreto. E anular o voto ou votar em branco, como forma de protesto, é tiro pela culatra, já que esse ato apenas contempla quem já está aí! Mesmo que pela primeira vez, ao menos desta vez, procure investigar e decidir, POR SI SÓ, em quem votar!. Isso vale para todos os níveis: presidente, deputados federais, estaduais, prefeitos, vereadores e, até para se acostumar, também síndicos de prédios, etc. Pense bem! Pense no país que vive… e que é seu!! Não seja cúmplice do que está assistindo… e sentindo na pele! Falei…”

Foi mesmo um simples desabafo… sincero. Tanto, que até me surpreendi, depois, com meu “Falei…” ao final… rsrs. E me surpreendi mais ao ver a quantidade de curtidas, comentários e até, veja só, compartilhamentos… ao meu post! Deve ter sido porque me extravasei conforme gostariam. Para quem não sabe, compartilhar (Facebook) significa copiar algo e colá-lo em própria página a fim de mostrá-lo aos amigos do grupo. Ou seja, nesse caso, além dos de meu grupo, mais pessoas de fora (do meu), isto é, daqueles que o compartilharam, podem também ler meu desabafo.

Por isso, pela impactância involuntária desse desabafo repercutindo dessa maneira, resolvi compartilhá-lo também com os leitores da Nipônica e por achar que está mais do que na hora de o preguiçoso, no que se refere à política, cidadão brasileiro, reagir de vez e tomar a atitude que qualquer Nação, que se preze, espera dele. O preguiçoso, por minha conta, imagino, deve ser devido aos maus políticos. Mas política não é apenas maus políticos! Politica é o que carrega uma Nação. Ou seja, se repleto de bons políticos a Nação cresce. Ao contrário, o contrário ocorre… Né, não, Brasil?!

Mas quem os coloca lá? Pois é, da mesma forma existem bons e maus eleitores. Não é preciso definir o bom. Então o que é o mau? Mau não é apenas aquele que se “vende”… ou vende seu voto, mas também esse preguiçoso que não quer “esquentar a cuca” com isso, o alienado, o que vota em branco ou anula seu voto por protesto, o que vota em cacaréco ou tiririca fazendo aflorar seu lado “sarrista”, o que vota no diferente ou no mais humilde, apenas para dar um ar de “intelectual”.

E qual se encaixa, caro leitor? A opção do voto é facultativa, mas a consumação do ato é determinante para a cumplicidade ou parceria. Né, não?! Não achei em nenhum dicionário, mas em minha concepção, eleitor bom é sinônimo de verdadeiro cidadão.

 

Vote seriamente!

Seja um eleitor bom!

Seja cidadão!

 

=====================================================================

silvio-nippak

Silvio Sano

é arquiteto, jornalista e escritor. E-mail: silvio.sano@yahoo.com

www.nikkeypedia.org.br/index.php/Silvio_Sano

=========================================================================

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

AKIRA SAITO: AVENTURA NO JAPÃO – PARTE 4   Bom, este é o último artigo que faço aqui do Japão, um país de beleza excepcional e cheio de conceitos admiráveis.     Saí de...
SILVIO SANO > NIPÔNICA: Vidência, não! Leitura da ...   Desde a semana passada até hoje fui remetido a essas duas charges que fiz (publicadas) há dez anos. Ao comentá-las com amigos ouvi deles...
BEM ESTAR: A importância do Auto-Conhecimento Devido ao véu do esquecimento, ao adentrarmos no ventre materno, a nossa consciência fica zerada. Mesmo com a retomada da consciência, não passam d...
CANTO DO BACURI > Francisco Handa: Surfista das to...     Surfista das tormentas vividas   Cada vez mais passageiro de passagem se torna o tempo sem que possamos deter ...

One Comment

  1. Kazushisan,
    Parabéns… Não só a colônia japonesa, que se criou e vive no Brasil deve pensar e repensar no momento atual. Todos nós, brasileiros e com direito a voto devem entender que o voto é importante e não se acomodar e deixar e que os outros votem por nós……. Devemos de fato assumir nossa responsabilidade de saber o que de fato queremos….. Votar com consciência e responsabilidade…. Vivenciei diversos … Sou testemunha de que o Bolsa Família apenas cria mais facilidades e não cria atividade….. Infelizmente são poucos os que de fato investem em saúde e educação. Os governos (sem excessão) só prometem mas não controlam / gerenciam educação e saúde. Infelizmnte , continuamos país do terceiro mundo. Tem muita coisa boa no mundo, por que não seguir ou copiar os bons exemplos.
    Continue com sua saga amigo,
    C.Sds.
    Paulo M. Itocazu

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *